Juiz que deu voz de prisão a funcionários da TAM é afastado

Juiz que deu voz de prisão a funcionários da TAM é afastado
Após dar voz de prisão a três funcionários da TAM que impediram seu embarque por atraso, o juiz Marcelo Testa Baldochi foi afastado por tempo indeterminado de suas funções nesta quarta-feira (17).
Ainda foi aberto um processo administrativo disciplinar (PAD) contra o magistrado, que poderá recorrer da decisão. A decisão, proposta pelo desembargador Antonio Fernandes Bayama Araujo, foi tomada durante a última sessão ordinária do ano do Tribunal de Justiça do Maranhão.
Nesta semana, Araujo foi à cidade de Imperatriz, onde se localiza aeroporto Renato Cortez Moreira, para ouvir os envolvidos. “Ficou evidenciado, no caso, o abuso de autoridade do magistrado e seu mau exemplo para todo o Poder Judiciário”, afirmou o desembargador em entrevista ao jornal O Globo.

Thammy comemora cirurgia: “ter a liberdade de tirar a camisa é ótimo”

Thammy comemora cirurgia:
Divulgação

Na semana passada, Thammy Miranda realizou uma cirurgia para retirar os seios. Já se recuperando em casa, a atriz contou que está muito feliz e realizada com a nova aparência.

Thammy não vê a hora de poder ir à praia sem camisa e sem a parte de cima do biquíni, o que poderá acontecer daqui a aproximadamente 20 dias, quando ela irá retirar a cinta modeladora que está usando para a cicatrização.

Em entrevista ao jornal Extra, Thammy diz: “ter toda a liberdade de tirar a camisa é ótimo, era o meu objetivo. Ficar sem os seios, mas sem nenhuma cicatriz, era o que eu queria. Meu médico é ótimo. Já me vi quando tomei banho e adorei”.

O procedimento realizado tem o nome de mamoplastia redutora. A atriz explica: “O meu peito já era bem pequeno, e eu fiquei sem nada. Na mamoplastia redutora, eu não preciso de uma cicatriz gigante. Eu pude só ter uma pequena cicatriz na auréola (que fica em volta do bico dos seios). É bem melhor assim”.

Apesar da empolgação, Thammy garante que não quer mais se submeter a outro procedimento estético. Além de retirar os seios, ela aproveitou e também fez uma lipoaspiração.

“Não pretendo fazer mais nenhuma cirurgia. Não vou colocar um órgão sexual masculino. Também não pretendo tirar o útero e ovário. Estou muito feliz e realizada do jeito que eu estou agora”, garante ela, que assume que teve medo ao entrar no centro cirúrgico: “Deu um medinho, lógico, você não sabe se vai morrer, né (risos)? Mas nem isso me impediu de fazer. Chega um momento da sua vida que qualquer coisa fica pequena perto da sua vontade de se realizar, de se sentir bem”.

Thammy Miranda já é chamada no masculino por amigos mais próximos, mas ela esclarece que não pretende mudar de gênero nos documentos e dá liberdade para as pessoas a chamarem como quiserem.

“Até por uma questão de as pessoas já me conhecerem há 32 anos como Thammy, eu jamais vou impor que elas me tratem da outra forma. As pessoas podem me tratar da forma que elas me enxergarem, é assim que eu prefiro. O que me incomoda, na verdade, é esse alarde todo em cima da minha cirurgia. Acho desnecessário. Parece que a cirurgia é mais importante do que todo o trabalho que você faz”, finalizou ao jornal.

Acusado de matar filho por ser ‘afeminado’, pai vai a júri popular

Caso ocorreu em fevereiro deste ano, no Rio de Janeiro

Um pai que matou o filho de 8 anos em fevereiro deste ano por ser “afeminado” irá a júri popular. O Tribunal de Justiça do Rio divulgou a decisão do juiz titular da 1ª Vara Criminal da Capital, Fábio Montenegro, nesta quarta (17).

Na época do crime, Alexandre Andre Moraes Soeiro prestou depoimento e disse à polícia que cometeu o crime pelo fato de a criança ter um “comportamento desobediente”. Contrariando a versão do pai, o juiz frisou que as agressões contra a criança ocorriam com frequência e sempre com a justificativa por parte do pai que “o filho tinha um jeito afeminado”. De acordo com laudo divulgad pela Polícia Civil, a criança apresentava sinais de espancamento e morreu em decorrência de hemorragia interna e dilaceração do fígado.

Em parte da decisão, o juiz cita as agressões. “Ocorre que o denunciado, entendendo ser o menino ‘afeminado’, porque brincava de dançar e andava por vezes ‘rebolando’, passou a espancá-lo frequentemente, com o intuito de ‘ensiná-lo a ser um homem’, sendo esta a motivação para a prática do crime”.

O Ministério Público do Rio de Janeiro disse ainda que o menino, além de ser vulnerável, apresentava sinais de desnutrição. “Em virtude dos reiterados espancamentos sofridos pela vítima, esta passou a se retrair diante do pavor que sentia, não reagindo aos constantes espancamentos do denunciado. Restando comprovados os fatos descritos na denúncia, assim como os indícios de autoria, impõe-se submeter o acusado a julgamento pelo Tribunal do Júri, pois cabe a este Colegiado a análise das provas e a decisão quanto aos crimes dolosos contra vida”, decidiu.

Sete meses antes de morrer, o menino Alex Medeiros de Moraes foi morar com o pai e a madrasta na Vila Kennedy, Zona Oeste da cidade. Em fevereiro deste ano, ele foi assassinado porque “se recusou a cortar o cabelo para ir ao colégio”, segundo declaração do acusado.

A polícia investigou o caso e dewsocbriu que Alexandre já tinha antecedentes e era conhecido pelo comportamento violento, chegando a ser conhecido como o ‘monstro de Bangu’. Ele também já foi preso por tráfico de entorpecentes.

Em março, a mãe da criança, Digna Medeiros, contou à polícia que nunca sofreu nenhum tipo de agressão do ex, mas usou as redes sociais para relatar seu sofrimento.  “Meu mundo acabou quando eu soube da morte do meu principe. Quero ver se nesse Brasil há justiça ou vai ser mas um anjinho que se foi de uma forma covarde”, escreveu.

Julgamentos de homicídios no Brasil levam mais de oito anos, revela estudo

Julgamentos de homicídios no Brasil levam mais de oito anos, revela estudo

O Brasil leva, em média, oito anos e seis meses para concluir o processo de julgamento de um homicídio, enquanto o tempo máximo não deveria passar de 316 dias para réu solto e 296 dias quando o acusado está preso. A análise consta do estudo divulgado nesta quarta-feira (17) pelo Ministério da Justiça, que analisou números de assassinatos em cinco capitais das cinco regiões brasileiras. As informações são da Agência Brasil. O levantamento, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), analisou dados de homicídios ocorridos em 2013, nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO), Porto Alegre (RS) e do Recife (PE). O resultado mostrou que, do oferecimento da denúncia pelo Ministério Público ao julgamento da causa, o trâmite do processo pode durar mais de 2,5 mil dias. Para o secretário de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, Flávio Crocce Caetano, a demora do Sistema de Justiça do país em solucionar crimes violentos contribui para o crescimento da criminalidade. Segundo ele, a sensação de impunidade leva ao aumento da quantidade dos crimes cometidos. “O número de homicídios no Brasil é alarmante. São mais de 60 mil por ano, uma média de mais de 27 homicídios para cada 100 mil habitantes. A Organização das Nações Unidas (ONU) tolera, no máximo, dez homicídios para cada 100 mil. Há várias razões para termos tantos homicídios e uma delas é a impunidade”, disse o secretário. Para Flávio Caetano, a integração das polícias Militar e Civil, o monitoramento do andamento das denúncias por parte do Ministério Público e a redução da possibilidade de recursos poderiam agilizar esses casos.

DECLARAÇÃO DE UM IRMÃO: ALEX LEÃO FAZ UMA DECLARAÇÃO EMOCIONANTE PARA ALAIN LEÃO

Alain Leão – por Alex Leão

Formatura de Alain Leão (Delegado da Polícia Federal) ao lado do seu Irmão Alex Leão

Embora seja mais fácil falar sobre alguém que muito conhecemos, no meu caso, falar sobre Alain que o conheço desde quando nasci, se torna paradoxalmente difícil.
Alain e eu sempre fomos muito unidos. Entramos na escola juntos, fomos sempre colegas de classe, nos mesmos colégios, estudávamos e brincávamos juntos, tínhamos também os mesmos amigos e dividíamos até os brinquedos. Mas Alain, sempre era o carro-chefe.

Na maioria das vezes ele programava e liderava as brincadeiras que também eram seguidas pelos nossos demais amigos de infância. Desde criança, sempre foi uma pessoa que planejava, era determinado e liderava nosso grupo de amigos, e todos tinham por ele grande admiração e confiança. Sempre foi muito responsável nunca deixando que as brincadeiras ou práticas esportivas o tirassem dos seus planos de estudos.

Por isso, sempre obtivemos ótimas notas em todas as matérias escolares, eu na realidade sempre tive um “professor” em casa sempre o escutando, rsrs… Esse senso de responsabilidade e muita determinação em vencer na vida através dos estudos sempre estiveram presentes na vida de Alain. Com esse seu jeito, deixou de ir com amigos a muitos eventos festivos, cuidando da sua saúde física e mental, mas sempre mantendo e cultivando boas amizades.

Por esses motivos, sempre foi elogiado e admirado por seus familiares e por todos que o conhecem. Apesar de tímido, consegue distrair e incentivar as pessoas que o cercam. Uma pessoa humanamente melhor, apesar de introspectiva, tem a capacidade de tentar resolver problemas das pessoas que estejam precisando de apoio moral e pessoal, o que por vezes, tira a sua concentração dos seus afazeres enquanto não se sentir em paz, com o papel de dever cumprido em relação aos amigos e familiares.

Eu creio que não exista sorte.

Existiram: escolhas e consequências, temor a DEUS, preparação, perseverança, abdicação, determinação, astucia e experiência de vida, para que os desejos sempre almejados por ele tenham sido alcançados!! Desejo a ele, o que desejo a mim mesmo, pois o considero uma extensão de minha pessoa. Espero que DEUS abençoe sempre a tua vida, os teus planos e a tua nova família!

O mais novo Delegado Federal do Brasil. Agora muito bem casado!!! FELICIDADES AO CASAL!!!
LINDOS!

Câmara aprova reajuste de ministros do STF, parlamentares e presidente

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (17) aumentos salariais para a presidente da República, ministros de Estado, parlamentares, ministros doSupremo Tribunal Federal (STF) e o procurador-geral da República (PGR), em 2015. Os projetos ainda precisam passar por votação no Senado Federal.

Pelos textos chancelados pela Câmara, o salário da presidente Dilma Rousseff e de ministros do governo será de R$ 30,9 mil, enquanto senadores, deputados, magistrados do STF e o procurador-geral receberão R$ 33,7 mil por mês. Atualmente, o presidente da República recebe o mesmo subsídio dos parlamentares (R$ 26,7 mil) e menos que ministros da Suprema Corte, cuja remuneração é de R$ 29,4 mil.

arte salários deputados senadores dilma ministros STF (Foto: Editoria de arte/G1)
Portanto, a partir do ano que vem Dilma passará a receber menos que um deputado federal. Os reajustes salariais do STF e do procurador-geral estão previstos em dois projetos de lei que seguirão para sanção presidencial depois de aprovados pelo Senado.

Os aumentos para parlamentares, presidente da República e ministros de Estado estão em dois projetos de decreto legislativo que serão promulgados pelo presidente do Congresso depois de aprovados pelo Senado.

Policiais vão às ruas de Itabuna em repúdio aos assassinatos de colegas

,

Quase 30 policiais militares já foram assassinados somente este ano na Bahia. E foi essa lamentável estatística que motivou um protesto na manhã desta quarta-feira (17), no centro de Itabuna. O movimento, que reuniu policiais civis, militares e federais, percorreu a avenida Cinquentenário.

“Eu repudio a morte de policiais”. Este foi o emblema da camiseta preta que os manifestantes usavam. Na frente da camisa, um escudo semelhante ao de Superman, numa alusão ao super-herói. Afinal, para exercer essa profissão no Brasil, só mesmo tendo “super-poderes”.

A morte de soldados ou agentes civis tem gerado uma série de discussões. Mas nenhuma vai adiante. Segundo os organizadores do evento, nada tem sido feito para, pelo menos, reduzir, o índice de violência contra a categoria.

A maioria morre como herói. No entanto, a Justiça está longe de ser feita. Inversão de valores. Esta foi a palavra encontrada pelos organizadores para descrever o que têm ocorrido com os policiais no país. “Quando criminosos morrem, são feitos inúmeros protestos. Mas quando é um policial, as pessoas não se importam”, disse um dos participantes.

A vereadora soldada Valéria Moraes participou do protesto.

FIRMINO ALVES: GERENTE DE POSTO DE COMBUSTÍVEL “NEM DO GRAVE” SOFRE ATENTADO E LEVA 4 TIROS

Nem do Grave rosto

O gerente do Posto de Combustível Firmino da cidade de Firmino Alves Magson Assunção dos Santos de 33 anos, conhecido como “Nem do Grave” foi alvejado na manhã desta quarta-feira, 17, com 4 tiros por dois homens ainda não identificados.

Segundo informações Nem cumpria seu horário de trabalho no Posto quando dois homens chegaram ao local com uma garrafa pet para comprar gasolina. Nem se virou para atender os 2 homens e sem conseguir escapar acabou sendo atingido por 4 disparos de arma de fogo. Sendo que dois tiros atingiram de raspão a cabeça de Nem e os outros dois atingiram a região das costas.

Foto: Léo Silva/Blog Itororó Já

Nem foi socorrido, encaminhado ao Hospital e Maternidade de Itororó onde recebeu atendimento, realizou exames mais específicos, foi melhor avaliado, está com uma bala alojada próximo ao pulmão e precisará passar por cirurgia.

A polícia de Itororó segue em Firmino Alves investigando o caso.

Informações do Blog Itororó Já 

DUDU COMPLETA MAIS UM ANO DE VIDA E COMEMORA COM FAMILIARES E AMIGOS

Neste sábado (13) uma grande figura de Itapetinga, completou mais um ano de vida. Estamos falando do nosso amigo, Eduardo Ubirajara o “DUDU”.

Conhecido em toda cidade, profissional na área contábil e bastante carismático, Dudu comemorou mais um ano de vida, no ITC (Itapetinga Tênis Clube).

Os amigos de Dudu sempre fazem resenha com ele, chamando o mesmo de “Padre Valmir”. Pois segundo eles, os dois se parecem muito.

No futebol, o Dudu tem muita história para contar e até hoje ainda bate um “Bolão”!

Parabéns para você, Dudu!

:: LEIA MAIS »

Sepultamento de PM morto em acidente na BR-101 gera comoção em Itamaraju

A comoção causada com a morte de três policiais militares em acidente na BR-101, próximo ao município de Itapebi, marcou o sepultamento do corpo de uma das vítimas, Antônio José Gomes de Melo, realizado no cemitério de Itamaraju, na tarde desta terça-feira (16). O agente era lotado na 43ª Companhia Independente de Polícia Militar (43ª CIPM). Segundo informações do Itamaraju Notícias, além de familiares e amigos, compareceram à cerimônia membros da Polícia Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros.

Sepultamento de PM morto em acidente na BR-101 gera comoção em Itamaraju

A colisão ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (15). O Tucson no qual estava Melo se chocou contra um caminhão. Ele e outros dois PMs – Benedito Raymundo Figueiredo do município de Prado e José Carlos dos Santos de Souza do distrito de Guarani – morreram na hora. O condutor do veículo, o PM Ermogeles Sales, e o passageiro no banco do carona, Aroldo Bispo, se feriram sem gravidade, por conta do acionamento do air-bag. Eles foram socorridos para o Hospital Municipal de Eunápolis.

dezembro 2014
D S T Q Q S S
« nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia