banner-130
atacadao-tinao-170
engen22
beijo-gelado3
expor-flor2
sorveteria-pericles
frigosol170
ecologicar
mineraz
abril 2014
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
generated by GADWP 

:: abr/2014

Bactérias podem ser chave para perda de peso, diz estudo chinês

Participantes consumiram suplementos que estimulavam certos tipos de bactérias em seus intestinos e inibiam outros

BBC

Na busca constante por soluções efetivas para o problema da obesidade, cientistas chineses estão estudando o impacto de certas bactérias sobre o peso da pessoa.

A equipe disse que alterar os tipos de bactérias encontradas nas vísceras pode trazer mais resultados do que simplesmente reduzir calorias.

Segundo estatísticas divulgadas pela Organização Mundial de Saúde, mais de 1,4 bilhão de adultos com idade a partir de 20 anos estavam acima do peso em 2008. Destes, 200 milhões de homens e 300 milhões de mulheres foram classificados como obesos. E os índices continuam crescendo – eles dobraram desde 1980.

Testes com ratos em laboratório identificaram uma associação entre bactérias e obesidade, mas experimentos com humanos ainda estão em fase inicial.

Alcachofra e tofu

Em um estudo publicado na revista científica Microbiology Ecology, cientistas em Xangai estudaram 93 pessoas obesas com Índice de Massa Corporal (IMC) médio de 32. O IMC se baseia no peso e altura de uma pessoa para determinar se ela está dentro dos padrões ideais de saúde. Um IMC de 32 kg/m2 corresponde ao que os especialistas classificam como obesidade grau 1. A categoria máxima, ou grau 3, inclui pessoas com IMC acima de 40.

Além de seguirem uma dieta saudável – rica em legumes, verduras, alcachofra e tofu – os participantes consumiram suplementos que estimulavam o crescimento de certos tipos de bactérias em seus intestinos e inibiam outros.

De tempos em tempos, eles eram medidos e pesados, preenchiam questionários detalhando o que haviam comido nas últimas 24 horas e eram submetidos a exames físicos.

Após nove semanas, os participantes tinham perdido em média 5 kg cada um. Um grupo menor de voluntários (45% deles) prosseguiu com a dieta. Ao fim de 23 semanas, tinham perdido em média 6 kg cada um.

Leia também: Pesquisa liga obesidade a maior risco de osteoporose

Um paciente com obesidade grau 3 que participou de um estudo anterior ao experimento descrito acima, perdeu 51 kg em seis meses.

Segundo o estudo, índices da proteína C reativa, associada a obstruções nas artérias e danos em vasos sanguíneos no coração, também foram reduzidos durante o experimento.

No entanto, os pesquisadores chineses admitiram que não é possível saber com certeza se todos os efeitos observados foram resultado da manipulação das bactérias no intestino dos participantes.

Interação complexa

Um dos pesquisadores envolvidos no projeto, Liping Zhao, da Shanghai Jiao Tong University, disse que índices mais altos, no intestino, de bactérias que produzem toxinas, como as enterobactérias, podem levar o organismo a desenvolver resistência à insulina, impedindo que a pessoa se sinta satisfeita após comer.

Em vez de uma cumbuca de arroz, essa pessoa precisa de cinco, dez ou até 20 cumbucas, ele explicou.

Zhao acrescentou que alterar o tipo de bactéria presente no intestino pode também ativar um gene que faz o corpo queimar gordura. “Está na hora de o público saber das evidências científicas que temos, que demonstram que bactérias têm um papel central na obesidade.”

Outros cientistas comentam, no entanto, que as milhares de espécies de bactérias que vivem no nosso organismo interagem com nossos corpos de forma complexa, e que mais estudos são necessários para que possamos entender melhor como as coisas funcionam.

O pesquisador Stephen Bloom, do Imperial College London, disse: “Existem dez vezes mais bactérias no organismo do que células”.

Não há dúvida de que alterar os tipos de bactérias nos corpos das pessoas pode trazer efeitos significativos, ele acrescentou. Por exemplo, a disenteria introduz bactérias diferentes no intestino, levando à perda de peso.

Mas Bloom disse que pessoas de países diferentes tendem a ter bactérias diferentes, o que dificulta a comparação.

E além disso, como houve uma alteração na dieta, fica difícil identificar com precisão o que levou ao emagrecimento, ele concluiu.

A diretora do órgão inglês de saúde pública Public Health England, Alison Tedstone, disse: “Acima de tudo, a obesidade tem a ver com um consumo maior de calorias do que o que se gasta. Muitas coisas interferem no tipo de bactéria que temos no nosso intestino, a mais importante delas é a nossa alimentação.”

“O estudo faz associações interessantes, a questão é, como transformá-lo em orientação válida para o público em geral?”

O conselho de Tedstone, embora não seja novidade para ninguém, é irrefutável: Siga “uma dieta saudável e equilibrada” e faça bastante atividade.

Discriminação contra portadores de HIV pode virar crime

Discriminação contra portadores de HIV pode virar crime
Ações de discriminação contra portadores do vírus HIV poderem virar crime com pena de multa e até prisão. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 51/2003 foi aprovado nesta quarta-feira (30) pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e prevê detenção de um a quatro anos e multa para quem recusar, procrastinar, cancelar ou segregar a inscrição ou impedir que permaneça como aluno o portador de HIV em creche ou estabelecimento de ensino de qualquer curso ou grau, público ou privado. Também é considerada discriminação negar emprego ou trabalho, exonerar ou demitir de cargo ou emprego, segregar no ambiente de trabalho ou escolar, recusar ou retardar atendimento de saúde e divulgar a condição de portador do HIV ou de doente de aids com o intuito de ofender-lhe a dignidade. O texto já havia sido aprovado pelo Senado, mas voltou à Casa após emenda feita pela Câmara dos Deputados – que suprimia o dispositivo que definia como crime a demissão por causa da doença. Segundo o relator da emenda, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), atualmente os portadores de HIV têm plenas condições de trabalhar em qualquer campo e viver com responsabilidade social. “Com esses argumentos, considero que a alteração feita na Câmara dos Deputados é um retrocesso na forma como a sociedade contemporânea tem encarado os portadores do HIV/Aids”, explicou. Informações da Agência Brasil.

 

Presidente do STF determina que Genoino volte para Papuda

Presidente do STF determina que Genoino volte para Papuda

Foto: Felipe Rau / Estadão Conteúdo
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, determinou nesta quarta-feira (30) que o ex-deputado federal José Genoino volte para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. Genoino cumpria prisão domiciliar temporária desde novembro do ano passado, mas um novo laudo do Hospital Universitário de Brasilia (HUB) concluiu que o estado de saúde do ex-parlamentar é estável e que, por isso, ele pode voltar ao presídio. Genoino foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão em regime semiaberto no processo do mensalão. Ele cumpria a pena em casa desde que passou mal e precisou fazer exames no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal. Informações da Agência Brasil.

PMDB presidirá CPI da Petrobras; PT fica com relatoria

PMDB presidirá CPI da Petrobras; PT fica com relatoria

Foto: Pedro França / Agência Senado
Após o anúncio da realização da CPI da Petrobras na próxima terça-feira (5), os partidos começaram a anunciar seus representantes na comissão. O PMDB presidirá o colegiado, conforme anunciou nesta quarta (30) o senador Eunício Oliveira. O congressista que assumirá o posto de presidente ainda não foi divulgado. A relatoria também já foi definida e caberá ao PT. O líder da legenda na Casa, o senador Humberto Costa, afirmou que o mais provável candidato a relator é José Pimentel. Nesta terça, o PSDB informou que os senadores Álvaro Dias e Mário Couto representarão o partido. 

Dr. Rey tira a roupa durante gravação do programa ‘The Noite’

Cirurgião é o convidado do “The Noite” desta quarta-feira (30)


Divulgação/SBT

Dr. Rey tira a roupa durante gravação do programa ‘The Noite’

 

Dr. Rey mostrou que timidez não está em sua lista de características. O cirurgião plástico participou da gravação do “The Noite”, que vai ao ar nesta quarta-feira (30), e tirou a roupa, ficando de cueca amarela.

Encabulado com a situação, Danilo Gentillifechou os olhos diante da cena. A atitude de Dr. Rey aconteceu para mostrar que sua paixão pelo Brasil reflete até em suas roupas íntimas.

Na atração, o cirurgião ainda conversa com Danilo sobre sua infância, padrões de beleza e revela onde fica o “ponto G” feminino.

Como ganhar uma discussão

Conduza o raciocínio antes de dar opinião, não confronte o oponente de maneira direta e nem pense em devolver acusações: descubra dez passos para argumentar bem

 


Getty Images

“Derrubar” o ponto de vista do outro não é o objetivo do bom argumentador

 

A maioria das pessoas acredita que argumentar é “vencer” o outro, colocando por terra suas ideias e opiniões. Mas este é um grande engano.

Segundo o professor de linguística Antônio Suárez Abreu, autor do livro “A Arte de Argumentar – Gerenciando Razão e Emoção” (Ateliê Editorial, 2008), saber argumentar é, em primeiro lugar, aprender a integrar-se ao universo do outro. “É preciso fazer com que o outro tenha condições de ver o objeto da disputa de um ponto de vista diferente daquele a que está acostumado e, ao final, tenha o desejo mudá-lo, concordando com quem argumenta”, explica.

Portanto, em uma discussão, está terminantemente proibido querer impor o seu ponto de vista a qualquer custo. Aquele que logo de cara diz “eu não concordo com você” provavelmente não vai conseguir convencer ninguém. Sendo assim, mostrar consideração pelo que o outro pensa ou sente é o melhor caminho. “Quando nosso interlocutor acredita que pensamos de maneira igual, fica mais fácil ele concordar com as teses que estamos defendendo”, afirma Ana Lúcia Tinoco Cabral, pesquisadora da área de linguística e autora do livro “A Força das Palavras – Dizer e Argumentar” (Editora Contexto, 2010).

 

Veja dez pontos para argumentar melhor em qualquer discussão ou negociação.

1. Não bata de frente

Em primeiro lugar, é importante aprender a ouvir, para detectar o que o outro pensa sobre um determinado assunto. “Ninguém consegue convencer o outro batendo de frente com seus valores ou modelos mentais. É sempre importante, antes de propor um argumento, conseguir abrir uma brecha nesses modelos”, ensina o professor Antônio Suárez Abreu.

2. Foque no que o outro tem a ganhar

Depois que você ouviu atentamente a exposição do outro, coloque o foco da sua fala no que o interlocutor tem a ganhar, e não naquilo que é objeto imediato do seu desejo. Foi assim que o analista de logística Rafael Dalecio Luiz conseguiu uma vaga em uma multinacional automobilística para a qual prestava serviço. “Eu era de uma empresa terceirizada e tinha sido transferido de São Paulo para Curitiba há um ano. Quando vi que havia vagas no cliente, percebi que era uma chance de voltar. Então, resolvi me oferecer ao cargo”, diz.

Mas quando procurou o responsável pelo processo seletivo, Rafael embasou os argumentos naquilo que a companhia teria a ganhar com a sua contratação, em vez de simplesmente dizer que gostaria de retornar à cidade natal. “Mostrei que a empresa economizaria, pois não precisaria arcar com custos de transferência, e também apresentei os resultados da minha performance na área com números, que deixam a informação mais crível”, conta ele, que conseguiu a vaga.

 


Alexandre Carvalho/ Fotoarena

O analista Rafael Dalecio Luiz na empresa onde trabalha: ele conseguiu o emprego argumentando com foco na vantagem que traria para a firma

 

3. Use os argumentos certos

Para “vencer” uma discussão, também é preciso escolher os argumentos de maneira apropriada e conduzi-los de forma lógica. De acordo com o professor de oratória Reinaldo Polito, o mais adequado é embasar sua fala em exemplos, comparações, estatísticas, pesquisas, estudos técnicos e científicos, teses e testemunhos. Desta forma, é essencial manter-se sempre bem informado sobre o que acontece à sua volta. Quando necessário, vasculhe dados que possam ser úteis para um argumento consistente.

4. Foque nas ideias principais

Um erro bastante comum no processo de “convencer” o outro é usar muitos argumentos ao mesmo tempo. Isso pode confundir a pessoa e enfraquecer o poder de persuasão. Por isso, o melhor é eleger as ideias mais consistentes e focar apenas nelas. No entanto, evite ficar repetindo o mesmo discurso a todo momento, para que a alegação não perca a força.

5. Não apresente sua opinião de cara

Uma técnica que costuma funcionar bem é não apresentar a sua opinião logo de cara. O bom orador, aquele que argumenta de forma eficaz, conduz o raciocínio para depois apresentar a tese. Daí, se o outro concordou com o pensamento todo fica mais fácil, e até inevitável, aceitar a ideia.

Nestes casos, uma boa dica é usar argumentos dedutivos, ou seja, aqueles que partem do geral para o particular. Por exemplo: Todos os habitantes da ilha são alfabetizados (informação de conhecimento geral). Alberto é um habitante da ilha. Logo, Alberto é alfabetizado (dado de caráter particular).

 


Getty Images

“Sobrepor” um ponto de vista é uma maneira eficiente de convencer seu interlocutor

 

6. Mude a importância dos valores

No livro “A Arte de Argumentar – Gerenciando Razão e Emoção”, Antônio Suárez Abreu mostra a re-hierquização de valores como um bom método para argumentar. “Você não destrói um valor do outro, apenas põe um outro acima, em termos de hierarquia”, diz. Na verdade, é uma espécie de drible. Um exemplo disso é o que fez Monteiro Lobato em seus livros infantis. Em sua época, por volta de 1920, o “modelo do pai rigoroso” imperava. Em vez de combatê-lo, o autor colocou as crianças em férias no Sítio do Picapau Amarelo, um lugar em que o pai foi substituído por uma avó carinhosa, Dona Benta, que podia ensinar sem punir.

7. Fuja da retorsão

Nao abuse da chamada retorsão, o ato de mostrar que o interlocutor pratica ações contrárias às que defende. É o caso de alguém que, confrontado por chegar atrasado, diz algo como: “Mas, você, no mês passado, também chegou atrasado três vezes”. Este argumento é o mais usado nas chamadas DRs, as temidas “discussões de relacionamento”. E é por isso que um casal raramente chega a um consenso.

8. Transmita credibilidade

De acordo com o professor de oratória Reinaldo Polito, o melhor de todos os argumentos é a credibilidade do orador. Assim, a alegação só terá o efeito desejado se existir coerência entre o discurso e a atitude de quem fala. “Por melhores que sejam as palavras, se não encontrarem respaldo no comportamento do orador, não terão crédito e não serão suficientes para convencer”, diz.

9. Fale com domínio e entusiasmo

Outro ponto importante para passar credibilidade no argumento é ser natural, espontâneo e, principalmente, demonstrar conhecimento sobre o assunto que se expõe. Também é essencial transmitir emoção. “A força da argumentação também depende da maneira como ela é exposta. Se a pessoa falar sem motivação, sem energia, sua causa poderá parecer inconsistente”, analisa o professor Reinaldo Polito.

10. Trate o outro com educação e gentileza

Seja qual for o debate, é importante sempre tratar o outro com educação e gentileza. Sem isso, nada funciona. “Por favor”, “entendo seu ponto de vista” e “obrigado por expor tão claramente aquilo que pensa” são maneiras de se mostrar comprometido com a imagem do outro.

‘Ken’ brasileiro conta que gastou R$ 383 mil em cirurgias e pretende fazer mais

O brasileiro Rodrigo Alves, de 30 anos, é conhecido por usar uma herança para dar início a uma série de cirurgias para parecer com o boneco Ken. Rodrigo, que estudou Relações Públicas na Faculdade de Comunicação de Londres, é admirador da Barbie e usa o namorado da boneca como meta para atingir a “perfeição”. Ele ganhou destaque na mídia internacional nesta quarta-feira ao contar que já gastou mais de R$ 383 mil em cirurgias plásticas para “melhorar sua aparência” ao tabloide britânico Daily Mail.

Ele diz que talvez nunca vá terminar a busca pela “perfeição” apesar de sua última cirurgia ter dado errado e ele ter quase morrido após o procedimento. A cirurgia era para implantar silicone nos bíceps, tríceps e braços e após a falha no procedimento, o líquido se espalhou pelo sistema sanguíneo de Rodrigo provocando o risco de amputação dos braços. Ele ficou internado para drenagem da substância.

“Eu estava muito depressivo. Eu só queria chorar e rezar. Com certeza foi uma lição para mim, mas eu sempre quero mais”, disse Rodrigo.

O Brasileiro contou que “odiava sua aparência” desde pequeno. “Desde quando era criança não gostava da forma como meu nariz se ‘espalhava’ pelo meu rosto quando sorria e sou uma pessoa sorridente”, disse. “Minha família perguntava: De quem você puxou esse nariz?”, conta.


‘Ken’ brasileiro já gastou R$ 30 mil apenas em preenchimentos com Botox

Foto:  Reprodução Internet

Só em preenchimentos com Botox o brasileiro já gastou R$ 30 mil, ele faz duas sessões por ano; R$ 112 mil com cirurgias para afinar o nariz; R$ 11 mil em uma lipoaspiração de mandíbula e R$ 37 mil em implantes peitorais.Gastou ainda R$ 82 mil para ter um “tanquinho falso” e desembolsou R$ 26 mil em enchimentos de braços e outros R$ 26 mil só em despesas hospitalares.

Mas a conta da beleza de Rodrigo não parou por aí, ele gastou R$ 26 mil em uma lipoaspiração a laser, R$ 22 mil na lipoaspiração das pernas e R$ 11 mil na da panturrilha.

A dieta do “namorado da Barbie” inclui um coquetel de comprimidos de colágeno, pílulas para impedir a retenção de líquidos e para estimular o crescimento de cabelos.

Guarda Municipal preso por tráfico responderá a processo administrativo

A Prefeitura de Salvador, divulgou uma nota à imprensa na tarde desta quarta-feira (30), em que informa a abertura de um processo administrativo contra o guarda municipal Guilherme Barbedo Tancredi, preso hoje (30) por tráfico de drogas.De acordo com a nota, o servidor responderá a Processo Administrativo Disciplinar (PAD) aberto pela Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção à Violência (Susprev) da Prefeitura de Salvador.

O servidor desenvolvia atividades em ações de proteção ao patrimônio público. Enquanto aguarda a conclusão do PAD, a Susprev afastou o guarda municipal de suas funções.

A prisão:

Um guarda municiapl foi preso na manhã desta quarta-feira (30), no bairro de Itapuã, em Salvador. Guilherme Tancredi foi preso em um condomínio por policiais Departamento de Narcóticos (Denarc), Na residência dele, a polícia encontrou vários quilos de maconha. Ele foi preso por tráfico de drogas.

Mãe diz como o Whatsapp acabou com a vida da filha

Vídeos da internet 

Mãe indignada fala que filha não limpa mais a casa de tanto que fica pendurada no ‘zap zap’.

Inscrições do concurso da PRF terminam nesta quarta-feira

As inscrições do concurso público para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) terminam às 23h59 desta quarta-feira (30). São oferecidas 216 vagas (18 na Bahia) para Agente Administrativo. Para concorrer, é necessário ter o diploma de conclusão de curso de nível médio (antigo segundo grau), fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. As inscrições devem ser feitas pelo site da Funcab. A taxa será de R$ 60.

O salário será de R$ 2.043,17 acrescido do valor da GDATPRF (variável de R$ 1.521,60 a R$ 1.902,00, dependendo da avaliação de desempenho do servidor), com jornada de trabalho de 40 horas semanais. São atribuições do cargo: executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da Instituição.

O número de vagas poderá ser ampliado durante o prazo de validade do concurso (de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período), desde que haja dotação orçamentária própria disponível e vagas em aberto aprovadas por lei.

VEJA O EDITAL

PRF oferece 216 vagas de nível médio em concurso

A prova objetiva está prevista para o dia 25 de maio, terá caráter eliminatório e classificatório e será constituída de questões de múltipla escolha. A prova será composta das seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Raciocínio Lógico, Noções de Direito Constitucional e Administrativo, Noções de Arquivologia e Informática e Legislação Relativa à PRF. Os aprovados na prova objetiva serão submetidos ainda à investigação social, etapa de caráter eliminatório. Os aprovados serão contratados pelo regime jurídico estatutário.

Confira a distribuição das vagas:

GO – 06 vagas gerais + 01 PcD (pessoa com deficiência)

MT – 08 vagas gerais + 01 PcD

MS – 14 vagas gerais + 01 PcD

MG – 16 vagas gerais + 01 PcD

RJ – 01 vaga geral

SP – 09 vagas gerais + 01 PcD

PR – 17 vagas gerais + 01 PcD

SC – 17 vagas gerais + 02 PcD

RS – 23 vagas gerais + 02 PcD

BA – 17 vagas gerais + 01 PcD

PE – 11 vagas gerais + 01 PcD

ES – 03 vagas gerais

AL – 03 vagas gerais

PB – 04 vagas gerais

RN – 03 vagas gerais

CE – 03 vagas gerais

PI – 09 vagas gerais + 01 PcD

MA – 04 vagas gerais + 01 PcD

PA – 05 vagas gerais + 01 PcD

SE – 04 vagas gerais

RO/AC – 03 vagas gerais

DF/SEDE – 07 vagas gerais + 01 PcD

TO – 04 vagas gerais

AM – 03 vagas gerais

AP – 03 vagas gerais

RR – 03 vagas gerais

Aumenta número de diabéticos no país; Mais de 50% da população continua com sobrepeso

Aumenta número de diabéticos no país; Mais de 50% da população continua com sobrepeso

Foto: Reprodução
O índice de pessoas com diabetes no país passou de 5,5% para 6,9%. A doença é mais comum entre as mulheres (7,2%) do que entre os homens (6,5%). Os dados foram apresentados nesta quarta-feira (30) pelo Ministério da Saúde e fazem parte da pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), feita por telefone. Já a hipertensão arterial atinge 24,1% da população adulta brasileira (26,3% das mulheres e 21,5% dos homens). Segundo o estudo, essas doenças se tornam mais frequentes com a idade. Entre 18 e 24 anos, as proporções de hipertensos e diabéticos são de 3% e 0,8%, respectivamente. Já aos 65 anos, a prevalência sobe para 60,4% e 22,1%, respectivamente Em relação ao excesso de peso, os índices praticamente não apresentaram mudanças. Em torno de 50,8% dos brasileiros estão acima do peso ideal, e, destes, 17,5% são obesos. Os homens têm mais excesso de peso do que as mulheres – 54,7% contra 47,4%. Para o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, o excesso de peso e a obesidade estão diretamente relacionados a diversas condições de doenças crônicas e que reduzir esses índices constitui um desafio para o mundo moderno. “A doença crônica leva décadas [para se manifestar] o que, muitas vezes, afasta da cabeça das pessoas o perigo”, afirmou. “O que a gente vai carregando ao longo da vida vai impactar ao longo dos 40, 50, 60 ou 70 anos”, acrescentou.

Pesquisa diz que pessimistas são mais saudáveis; será? saiba porquê

Pesquisa diz que pessimistas são mais saudáveis; será? saiba porquê

Foto: Reprodução
O fato de acreditar que algo pior vai acontecer, mesmo quando está tudo bem, pode trazer benefícios para saúde. A sugestão inusitada é de uma pesquisa da Universidade de Erlangen-Nuremberg, na Alemanha. Segundo o estudo, pessimistas vivem mais do que os otimistas inveterados. Para chegar à conclusão, foram entrevistadas 40 mil pessoas entre 1993 a 2003. No levantamento, cada voluntário relatou como imaginava a vida cinco anos depois – se seria ou não feliz. Depois do período, quem havia apostado num futuro mais feliz levou a pior. O risco de ter alguma doença ou morrer era 10% maior entre os otimistas. A explicação é que o pessimismo deixou as pessoas mais alertas e preocupadas. Dessa forma, elas cuidaram melhor da saúde e fizeram mais exercícios físicos, por exemplo. “Eles provavelmente se beneficiam por aproveitar o presente, o que está aqui agora, e ainda investem mais em saúde”, conta Frieder Lang, autor da pesquisa.

Cacique ‘Babau’ tem liminar reconhecida e está em liberdade

Cacique 'Babau' tem liminar reconhecida e está em liberdade
Está em liberdade Rosivaldo Ferreira da Silva, líder indígena conhecido como cacique Babau. A decisão em caráter liminar foi do desembargador Sebastião Reis, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Babau foi preso no dia 24 de abril, quando se entregou à Polícia Federal em Brasília, sob suspeita de ser mandante da morte de um produtor rural no sul da Bahia. De acordo com o STJ, o ministro justifica o voto com o reconhecimento de que a prisão dele não é necessária na atual fase do processo.

EUA: injeção letal falha e condenado agoniza por mais de meia hora

  • Clayton Lockett agonizou por cerca de 30 minutos antes de morrer por ataque cardíacoClayton Lockett agonizou por cerca de 30 minutos antes de morrer por ataque cardíaco

A injeção letal aplicada na noite de terça-feira (29) em um condenado à morte em Oklahoma falhou e o homem agonizou durante mais de 30 minutos antes de falecer, informaram as autoridades penitenciárias, o que provocou a suspensão da segunda execução programada para o mesmo dia.

O diretor de prisões ordenou a suspensão da execução de Clayton Lockett cerca de três minutos após a aplicação da injeção, às 18h23 local (20h23 Brasília), ao constatar seu fracasso, mas o condenado morreu de crise cardíaca “fulminante” às 19h06 (21h06).

Diante do ocorrido, o diretor decidiu adiar, por 14 dias, a execução de Charles Warner, prevista para as 20h00 (22h00) desta terça, informou à AFP Jerry Massie, porta-voz das prisões de Oklahoma.

Poucos minutos depois da injeção, o detento iniciou um estado de sofrimento, muito agitado, com o corpo trêmulo, levantando os ombros da mesa de execução, emitiu grunhidos e pronunciou palavras incompreensíveis, segundo a imprensa local, uma informação parcialmente confirmada por Jerry Massie, porta-voz do sistema penitenciária de Oklahoma.

O diretor resolveu então adiar em 14 dias a execução de Charles Warner, prevista para as 20h00 (22h00 de Brasília).

“Depois de rejeitar durante várias semanas divulgar detalhes básicos sobre os medicamentos usados nos procedimentos de injeção letal, esta noite Clayton Lockett foi torturado até a morte”, denunciou Madeline Cohen, advogada de Warner.

A última execução dupla no estado da região central dos Estados Unidos aconteceu em 1937.

Clayton Lockett foi condenado à morte no ano 2000 pelo estupro e assassinato de uma jovem que havia sequestrado e enterrado viva. Charles Warner recebeu a pena capital em 1997 pelo estupro e assassinato da filha de 11 meses de sua companheira.

Ampliar

Opositores da pena de morte vão em peso a funeral de americano executado nos EUA5 fotos

4 / 5

Martina Davis-Correia entra no carro após o enterro do irmão, Troy Davis, executado por injeção letal pelo assassinato de um policial em 1989. Caso levantou dúvidas sobre o processo e mobilizou organizações humanitárias que combatem a pena de morte Leia mais Stephen Morton/AP

Os dois conseguiram em março o adiamento das execuções por falta de anestésico para as injeções intravenosas.

Mas o estado conseguiu obter a substância, mudou o procedimento de execução e os dois condenados esgotaram todos os recursos de apelação. Os advogados desistiram, durante a tarde, de apresentar um último recurso à Suprema Corte.

A execução de Lockett cumpria um inédito protocolo de injeção letal, que nunca havia sido testado. O novo procedimento inclui três produtos: um sedativo, um anestésico e uma dose letal de cloreto de potássio.

“Devemos obter respostas completas sobre o que falhou. Deve acontecer uma investigação independente, realizada por uma terceira parte e não pelas autoridades penitenciárias”, afirmou a advogada de Warner em um comunicado.

“Também deve acontecer uma autópsia, elaborada por um técnico independente, e deve existir uma transparência total sobre as conclusões”, completou.

“O estado deve revelar todas as informações sobre os medicamentos, incluindo o grau de pureza, a eficácia, origem e os resultados de todas as análises”, disse Cohen.

“Nenhuma execução pode ser autorizada em Oklahoma sem informações sobre a falha na execução desta noite”, concluiu.

Dilma se atrapalha novamente durante discurso em Camaçari

A presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a confundir o nome da Rótula do Abacaxi, em Salvador. Durante o discurso na manha desta quarta-feira (30) em Camaçari, onde entregou 1,5 mil casas do Programa Minha Casa, Minha Vida, a líder nacional trocou o nome dado ao complexo de viadutos construídos pelo governo da Bahia, em parceria com o governo federal, batizado de Nova Rótula do Abacaxi e entregue no final de 2010.
Dilma já tinha trocado o nome do complexo em novembro do ano passado durante a inauguração da Via Expressa Todos os Santos. O tropeço da presidente durante exaltação ao trabalho do governo do Estado com o apoio do ex-secretário da Casa Civil, Rui Costa, pré-candidato ao governo da Bahia.

“Tenho certeza que o governador Jaques Wagner, com o apoio do seu secretário Rui Costa, deixam um legado para o povo baiano de imensa qualidade. Desde obra de mobilidade urbana, como a solução do Largo do Abacaxi, da via do abacaxi, da rota do abacaxi. Que virou, segundo eles, quando fui inaugurar a rota, uma rota, uma rótula diferente. A rótula do quiabo. Isso aí, o abacaxi planta, o quiabo flui”, tentou a petista desfazer a falha, após diversos presentes no palanque oficial soprar para a presidente

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
beijo-gelado1
tinao-lateral-blog-do-tarugao
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
frigosol231
ecologicar
mineraz
sorveteria-pericles
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
generated by GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia