Ao todo, seis instituições baianas participam do segundo Sisu deste ano, com 2.900 vagas disponíveis para diversas áreas no bacharelado ou licenciatura

Desde quando saiu do ensino médio, em 2008, a estudante Camila Antunes, 23 anos, sempre soube o que queria: ser médica. Mas ela sabia também que não seria simples conseguir uma vaga em um dos cursos mais concorridos do estado. Ela vê uma nova chance de conseguir realizar o sonho com a abertura das inscrições da segunda edição do Sistema Unificado de Seleção (Sisu), na segunda-feira. 

Neste segundo semestre, Camila só terá duas universidades na Bahia para tentar uma vaga em Medicina: a Estadual do Sudoeste Baiano (Uesb) e a Federal do Oeste da Bahia (Ufob), que somam 55 vagas para o curso.

Ao todo, seis instituições baianas participam do segundo Sisu deste ano, com 2.900 vagas disponíveis para diversas áreas no bacharelado ou licenciatura. Todos os cursos têm vagas para cotas. Além de Uesb e Ufob, há vagas também nas universidades do Estado da Bahia (Uneb), Federal do Sul da Bahia (Ufesba), Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Ifbaiano). Em todo o país, o sistema vai ofertar 51.412 vagas (confira ao lado tabela com todos os cursos na Bahia).

Vale lembrar que só pode participar da seleção quem fez o Enem em 2013 e não tirou zero na redação. Cada estudante pode escolher até duas opções de curso no sistema. O prazo de inscrição é curto e vai até as 23h59 da quarta-feira.

As notas de corte dos cursos são atualizadas conforme a inscrição dos participantes em cada instituição. Foi isso que motivou Camila a mudar de opção de curso na primeira edição do Sisu, no começo do ano. Ela acabou optando por Enfermagem, depois de perceber que sua nota não a classificaria para Medicina. Dessa vez, ela volta a ter esperança.

“[Enfermagem] não é o curso dos meus sonhos e eu vou tentar Medicina em todas as universidades possíveis do país”, diz. Em todo o Brasil, os cursos de Medicina terão 1.374 vagas disponíveis, 161% a mais do que no mesmo período do ano passado, de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

Inscrição
Para se inscrever no Sisu, o candidato deve acessar o site do sistema: sisu.mec.gov.br e informar, em ordem de preferência, as duas opções em instituição, local, curso e turno. Se o estudante resolver mudar de destino e escolher outro curso ou quiser cancelar a participação, é possível fazer isso dentro do período de inscrição.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 6 de junho. A matrícula vai acontecer nos dias 9, 10, 11 e 13 de junho. Já a segunda chamada sai no dia 24 de junho e a matrícula será de 27 de junho a 2 de julho. Se ainda nesta etapa você não for convocado, pode se inscrever na lista de espera entre 24 de junho e 7 de julho. A convocação da lista de espera acontece a partir de 14 de julho.