banner-130
engen22
mineraz
gerado por GADWP 

:: Maio/2015

Em congresso do PT, Marcelo Nilo anuncia saída do PDT

marceloniloO presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Marcelo Nilo, anunciou sua saída do PDT, durante a etapa estadual do 5º Congresso Nacional do PT, realizado nesta manhã no Hotel Fiesta, em Salvador.

 “O PDT tomou novos rumos como o PSDB e por isso tomarei também o meu”, disse Nilo, que estava na briga pela presidência da legenda contra o deputado federal Félix Jr. Segundo Nilo, o anúncio do novo partido será feito na próxima semana. O PL deve ser o novo destino do presidente da Assembleia.

RECANTO DA COLINA EM CHAMAS

fogo

Projetado para ser um bairro ‘nobre’, o Recanto da Colina continua no seu eterno abandono, desde a década de 80, quando foi lançado. Como se não bastasse a falta de estrutura, seus moradores têm que conviver com as constantes queimadas, que são agravadas nesse período seco do anofogo1

Na noite da última sexta-feira, enormes chamas e um imenso fumaceiro tomaram conta do bairro, levando insegurança e desconforto aos moradores, que já vivem assombrados pelo isolamento.

Só para relembrar, o Recanto da Colina não tem esgotos nem pavimentação, a rede de telefonia é antiga e remendada, o que dificulta a utilização da internet, além de não contar com os serviços dos Correios, que não entrega correspondências no bairro sob a alegação de que “é longe”. Resumindo, é o famoso c… do mundo.

Uma vergonha,para o bairro onde mora o próprio prefeito do município.

Por Davi Ferraz

Correios abrirá concurso para nível médio; salário R$ 2.200,00

correiosO edital de concurso dos Correios deve ser divulgado em breve e as oportunidades seriam para carteiros e outros cargos de nível médio

Deve ser divulgado até o mês de junho o edital do concurso público para a contratação de trabalhadores temporários dos Correios. De acordo com o Folha Dirigida, a seleção será para carteiros e outros cargos de nível médio e deverá minimizar o grave déficit de pessoal vivido pela empresa.

Em entrevista ao site, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, afirmou que a seleção seria realizada “muito provavelmente” no segundo semestre deste ano. Para as funções de nível médio, a remuneração é de R$ 2.006,65 (para 27 dias de trabalho) ou R$ 1.893,50 (23 dias), incluindo benefícios. No caso de carteiro, o valor pode chegar a R$ 2.200,00 em função de outros adicionais.

O secretário-geral da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), José Rodrigues, disse que uma das pautas do congresso nacional da categoria, que será realizado em junho, será a cobrança por concurso imediato para efetivos, onde seriam oferecidos vagas para nível superior, com iniciais de R$4.962,05 ou R$4.848,90.

Cavalheirismo, machismo ou hábito: por que a conta vai sempre para o homem?

Um restaurante, uma mesa, um casal. O garçom e a carta de vinhos ou uma conta nas mãos. Para quem ele entrega o tal menu? Para quem vai a dolorosa? Sem pestanejar, para o homem. “É mais pelo respeito e pela tradição. É o homem que chama a mulher para sair, ele que a guia até o lugar e quase sempre é ele quem paga mesmo”, justifica o garçom Mariano da Silva.

De 2001 para cá, Mariano serviu o salão de italianos finos como o Fasanoe o Due Cuochi, de bares movimentados como o Veríssimo e agora integra a brigada do recém-inaugurado Meating e diz que as poucas exceções que presencia são “casais novos, que dividem a conta, ou uma mulher em almoço de trabalho, que leva a nota para a empresa”.

Getty Images

homem-mulher-e-a-conta-1432156351596_615x300

O testemunho do atendente poderia ser repetido à exaustão, e não somente por garçons. “Não é machismo, é o normal”, conclui Martín Seoane, um dos proprietários das casas portenhas Bárbaro e Che Bárbaro. “É assim no Brasil, na Argentina e em outros lugares do mundo”

“Na maioria dos restaurantes, mesmo no Noma, na Dinamarca (o melhor restaurante do mundo,  segundo a revista britânica “Restaurant”), a carta de vinhos e a conta vão diretamente para o homem. É o padrão. E alguns restaurantes ainda vão além: entregam o menu da mulher sem preço, somente com a descrição dos pratos. Acho curioso e educado, mas não essencial e nem machista”, avalia a chef Bruna Leite.

Getty Images

Outras fronteiras
Dona da Gourmandisme at Home, Bruna estudou na Le Cordon Bleu de Paris e teve coragem de bater na porta de René Redzepi (então eleito o melhor chef do mundo) para pedir um estágio no Noma. “Uma vez na cozinha, a mulher fica inevitavelmente em desvantagem: você precisa levantar e transportar caixas pesadas, e aí não tem jeito: tem que pedir ajuda de algum homem”, revela.

Em contrapartida, emenda: “Lá você é tratada como igual, tão capaz quanto qualquer homem. Por aqui, já há um machismo maior, e às vezes um preconceito de que mulher tem que ir pra confeitaria”, afirma a cozinheira que hoje dá aula e cozinha em eventos privados, mas que já estagiou em restaurantes como o Vito e oD.O.M..

A conta, por favor
Se entregar a conta ao homem é senso comum, o salário inferior das mulheres também se mostra um fato em pesquisas no mundo todo. Considerando isso, Ricardo Horta, sócio do Ramona, acenou com uma pegadinha em seu restaurante a “The Unfair Menu” (ou menu injusto).

Anna Bryukhanova/Getty Images

Em março passado a casa enviou às mesas contas 30% mais caras aos homens do que às mulheres, refletindo a disparidade dos salários no Brasil. “A princípio, os clientes questionaram, mas ao saber que se tratava de uma pegadinha pela conscientização, não houve quem não apoiasse. Deu super certo”, relata Horta.

Já no que tange o sexismo diretamente relacionado aos restaurantes, o empresário diz: “Creio que está enraizada na mente das pessoas uma cultura em que o homem paga a conta, abre a porta, prova o vinho, puxa a cadeira e come o prato mais gorduroso. Uma mistura de machismo, cavalheirismo e hábito mesmo”.

Nesse sentido, garçons entregam conta, drinques e pratos robustos aos homens na tentativa de acertar. “Já presenciei pessoas que se irritam com algum tipo de preconceito no serviço, mas nunca por machismo. Na hora do erro, quem fica mais constrangido é quem está servindo”, opina o chef Jorge Augusto Ferreira, da Lilóri, que, em compensação, sente-se ofendido quando está “controlando as calorias” e pede salada, mas recebe a pizza de calabresa de sua companhia. A refletir.

10 curiosidades sobre sexo que você provavelmente não sabia

mulher com a mão na boca
Lista reúne 10 curiosidades sobre a história do sexo baseadas na obra de Marcia Kedoux, chamada de “O Livro Proibido do Sexo”.

Mesmo com todo o conhecimento que a humanidade possui sobre o relacionamento humano, mais do que se sabe sobre vários assuntos pode ser sempre obtido. E se o tema é sexo, isso certamente faz sentido.

Diversas pesquisas sobre o comportamento íntimo são produzidas no mundo a todo momento.

Baseado em “O Livro Proibido do Sexo,” de Marcia Kedoux, aí vai uma lista de curiosidades sobre a história do sexo.

Veja a lista abaixo:

Para Maiores de 18 Anos

:: LEIA MAIS »

Celulares de PE, AL, PB, RN, CE e PI recebem nono dígito a partir de hoje

implementacao-do-9-digito-1432939071157_615x300

A partir deste domingo (31), os telefones celulares de Pernambuco (áreas 81 e 87),Alagoas (área 82), Paraíba (área 83), Rio Grande do Norte (área 84), Ceará(áreas 85 e 88) e Piauí (áreas 86 e 89) ganham um nono dígito.

Com a mudança, o dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números de celular, que passarão a ter o seguinte formato: 9 xxxx-xxxx. Independentemente do local de origem da chamada, no momento da discagem, o nono dígito deverá ser incluído por todos os usuários de telefone fixo e móvel que ligarem para celulares desses DDDs.

Até o dia 9 de junho, ainda será possível completar as ligações apenas com oito dígitos para adaptação da rede e dos usuários. Após esse período, uma gravação avisará os usuários sobre a necessidade do nono digito e as ligações não serão mais concluídas.

Alessandro Campos, o padre sertanejo, é o único brasileiro no top 50 mundial

ALES

Padre Alessandro Campos, 33, sabe que não deve deixar o sucesso subir à cabeça –adornada com um chapéu de caubói. “Não posso perder o foco”, diz Padre Sertanejo, como o chamam por aí.

Mas sabe como é: “Quando Deus quer, ninguém segura”.

Motivos para se preocupar ele tem. Mais precisamente, 900 mil deles. É a quantidade de CDs que vendeu com seu segundo álbum, “O que É que Eu Sou sem Jesus?” (2014), o equivalente a seis “discos de diamante” (láurea mais alta para vendas no Brasil) e à frente de Ivete Sangalo e Roberto Carlos.

O feito catapultou esse católico de Guaratinguetá –distante 178 km São Paulo– à lista dos 50 álbuns mais vendidos do mundo em 2014, segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica.”O mercado fonográfico está em baixa. Hoje o artista vende 50 mil e tem disco de ouro. Nós vendemos quase 1 milhão em seis meses”, afirma Campos, que credita a bonança ao Senhor. “Trata-se de um padre que é artista, e não de um artista que é padre.”

No programa, entre cantorias sacrocaipiras e mensagens religiosas, Campos anuncia produtos. “Remédio, ômega 3, cremes, essas coisas de emagrecer. Nada que comprometa a minha imagem de padre.”
A cota publicitária na atração (R$ 9.375 por inserções de dois minutos) por ora lotou.

Ele ressalta que não faz “show de R$ 500 mil” e que boa parte de sua renda vai para três creches e a igreja que constrói em Mogi das Cruzes (SP). Mas seu projeto dos sonhos ainda não saiu do papel.

O Santuário Nacional Sertanejo tem formato de chapéu de vaqueiro, imagina ele. Tira o próprio da cabeça e detalha como seria a estrutura: uma escadaria na frente; o templo para 30 mil pessoas na parte de dentro; por fora, uma grande arena de rodeio; as duas abas virariam arquibancadas; no topo, o palco para shows.

Padre Alessandro conta sempre a mesma história para falar da vocação: aos sete anos, vestia a camisola da avó e, com groselha e bolacha Maria, brincava de celebrar missa. “Aos 23, virei um dos padres mais jovens do país.”

Conta de luz continuará com preços elevados em junho

conta de luzCom o baixo nível dos reservatórios, os brasileiros vão continuar pagando uma taxa extra na conta de luz em junho. Na sexta-feira (29), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira vermelha para os consumidores. Assim, o preço da energia elétrica terá um adicional de R$ 5,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Com isso, os brasileiros vão atravessar pelo menos metade deste ano carregando esse custo mais alto nas tarifas, que começou em janeiro. Nos primeiros três meses deste ano, segundo números já divulgados pela Aneel, os brasileiros pagaram R$ 2,4 bilhões a mais nas contas de energia apenas por causa da cobrança. Metade desse valor se refere a março, quando o valor da bandeira foi elevado com a piora no nível dos reservatórios.

Analistas do setor e consultorias de energia acreditam que a bandeira vermelha vai permanecer até dezembro, onerando ainda mais o consumidor.

ATENÇÃO RUI COSTA, ESTRADA DE MACARANI/ITAPETINGA ESTÁ ACABANDO

macaraniSem manutenção há anos, a rodovia que liga Macarani a Itapetinga começa a apresentar problemas, com buracos em vários trechos, o que dificulta o tráfego de veículos e causa acidentes e necessitam de manutenção urgente. Com a desativação do Derba na região, ficou tudo mais difícil.Estrada-Pot-2

Fonte: Macarani Urgente

Conquista: Hospital São Vicente oferece vagas de emprego; confira

santa-casaA Santa Casa de Misericórdia de Vitória da Conquista está recrutando técnico ou auxiliar de enfermagem para atuar em suas dependências. O hospital abriu o processo de seleção nesta sexta-feira (29), com prazo limitado para entrega de currículos ainda hoje.

A exigência é que o profissional tenha três anos de experiência em hospitais de alta complexidade. A seleção é para pessoas de ambos os sexos, entre 18 a 35 anos.

:: LEIA MAIS »

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
ecologicar
mineraz
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia