patricia1

Uma mulher que estava grávida de nove meses foi encontrada morta, amordaçada e com as mãos e os pés amarrados, em uma lavanderia abandonada na cidade de Ponta Nova, em Minas Gerais. De acordo com a polícia, Patrícia Xavier da Silva, de 21 anos, estava desaparecida desde a última sexta-feira, quando saiu de casa para fazer o último exame antes do parto. O corpo da jovem foi encontrado com um corte no pescoço e outro na barriga. O bebê já havia sido retirado e está desaparecido.

Agentes do Corpo de Bombeiros chegaram ao local após uma denúncia anônima. De acordo com a polícia, tudo indica que a jovem foi assassinada pouco tempo antes de ser encontrada, já que o corpo não estava em estágio avançado de decomposição. No local, foram encontrados um colchão, um cobertor, um lenço, um copo de água e restos de comida. A polícia investiga se, antes de morrer, a vítima ainda foi feita refém no local.

O corpo de Patrícia foi encaminhado ao Instituto Legal e deve ser sepultado nesta quarta-feira. A Polícia Civil já solicitou imagens das câmeras de segurança do Hospital Nossa Senhora das Dores, onde a jovem foi atendida por volta de 8h. Depois disso, ela não apareceu mais. Diligências em busca do bebê foram realizadas nesta terça-feira em hospitais da região, mas nenhum deles registrou a entrada de um bebê recém-nascido sem os pais. Patrícia era casada há mais de 7 anos e esperava seu primeiro filho ao lado do marido, Leandro Carlos Gomes Dias.