OLX DILMABrasília – Com a inflação em alta, emprego em baixa, juros na estratosfera e sem conseguir unir a base do governo na Câmara, Dilma lançou mão de um último artifício para tentar a governabilidade e pôs o Brasil à venda na OLX.

O anúncio diz: “Ótima oportunidade. País em desenvolvimento, 1500, precisando de reformas estruturais e ajuste econômico, com amplas reservas naturais e vista para o mar. U$ 45 tri.”

Mas, apesar do esforço do governo, até agora nenhuma nação se interessou em comprar a nossa. Segundo analistas, o valor de mercado do Brasil está muito abaixo do que quer o governo, e a oferta deveria ser feita em pencas de banana em vez de dólar.

Fontes do governo dizem que é praxe pôr o preço lá em cima para depois negociar e que os críticos não entendem como funciona o aplicativo. Apesar disso, muitos insistem que há um grande risco por trás da operação:

– Ser f***do como brasileiro já é ruim. Mas já pensou se a gente é comprado por um Paraguai ou uma Venezuela? – pergunta um analista.

Procurado por nossa reportagem, o presidente do Paraguai disse não ter interesse em comprar o Brasil, porque seu país tem condições de falsificar um Brasil parecido com o nosso. Já os venezuelanos não falaram nada com medo de irem presos.