sebrae
banner-130
engen22
mineraz

:: 21/mar/2016 . 23:00

CLAÚDIO MÁRCIO COMPLETA MAIS UM ANO DE VIDA E RECEBE FELICITAÇÕES DE SUA ESPOSA, JAIRA COUTO, DA FILHA, ELIS COUTO, DOS PAIS CLAÚDIO E DONA LAU, DOS IRMÃOS, LUIZ E PAULO ANDERSON E DAS SOBRINHAS, LAÍS E ANA CLARA

m14Hoje é um dia especial para você, hoje você comemora mais um ano de vida, mais um ano de existência e de experiências. Hoje, as luzes do céu e as bênçãos do Senhor recaem sobre você. É dia de reafirmar a sua missão, a sua fé e o seu compromisso com a vida e com o bem.m15 m10 m9

Os seus familiares e amigos enviam para você energias e pensamentos positivos. Há boas vibrações para você, há luz e amor ao seu redor.m7 m5m13 m12

Aproveite este momento mágico da vida e peça a Deus proteção, peça a Deus para lhe guiar e tomar conta dos seus caminhos, peça a Deus para segurar na sua mão enquanto você escreve a sua história. Agradecemos por tudo o que você já viveu.m11 m8 m6

Aproveite o dia de hoje, viva-o com entusiasmo, alegria e humildade. Você é especial aos olhos de Deus e aos olhos de todos aqueles que lhe amam. Que Deus derrame o seu amor sobre você.m2 m1 m3

Parabéns e muitas felicidades, Claúdio Márcio!

Bial revela segredo de brother “libanês” e Ronan é o único a acertar

libanesVeja imagens da nona semana no “BBB16”

20.mar.2016 – Laham confessa que o beijo em Munik foi atuação Leia mais Reprodução/TV Globo

Ronan foi o único brother a adivinhar qual era o segredo de Juliano Laham, ator de origem libanesa que fingiu ser um participante do “Big Brother Líbano” no “BBB16”. A revelação foi feita pelo apresentador Pedro Bial no início do programa ao vivo deste domingo (20). Por ter acertado a resposta, Ronan ganhou o direito de comer uma pizza com dois acompanhantes. O estudante de Filosofia convidou Pequi e dona Geralda para acompanhá-lo.

munikVeja imagens da nona semana no “BBB16”

No início do programa, Pedro Bial perguntou aos brothers qual era o segredo de Laham. Todos deveriam escolher uma das três opções: “ele não é um, mas dois gêmeos que se revezaram”; “ele é um ator”; ou “ele só entrou para dar um beijo em uma pessoa aí dentro”.

Munik, Geralda e Cacau acreditavam que o participante se revezava com um irmão gêmeo. Para Matheus, Juliano só entrou no programa para dar um beijo em uma pessoa específica [Munik]. Ronan foi o único a apostar que o brother era, na verdade, um ator.

Beijo técnico?

Depois de revelar o segredo de Juliano, Pedro Bial quis saber se o beijo que ele deu em Munik também fez parte da atuação.”Se você é um ator, quando beijou a Munik você estava representando?”. “Eu estava em um personagem, sim, mas teve todo um contexto, com todos na casa. Foi um pouco de tudo. Quem beijou foi o Laham”, disse o ator, deixando a resposta no ar.

Pegadinha

Na tarde de sábado, os brothers foram surpreendidos com a visita de um ator que se passou por um libanês no “BBB16”. Juliano Laham ficou no programa até a formação do oitavo paredão, na noite deste domingo.

“Eu tenho uma missão na casa, mas não posso falar”, avisou o novo brother, assim que chegou na casa. A recepção foi feita com um grande almoço árabe. Como justificativa para sua participação no “BBB16”, Laham disse que foi eliminado do “Big Brother Líbano” e, como falava um pouco de português, teve a oportunidade de entrar no programa brasileiro. Assim que chegou, o novo integrante da casa demonstrou interesse por Pequi. A sister o correspondeu e acabou se relacionando com ele, gerando um grande mal-estar com Ronan.

É da casa

Juliano Laham, 23, é filho de libaneses, mas nasceu no Brasil. Mesmo sendo fã do reality show, ele contou que nunca pensou em se inscrever, segundo informações do site oficial do programa.

Além disso, não é a primeira vez que Juliano aparece na TV Globo. Em 2014 e 2015, o modelo foi assistente de palco do programa “Esquenta” apresentado por Regina Casé.

Ex-policial morreu tentando evitar briga de casal, o suspeito foi contido por populares e amarrado de cabeça para baixo até a chegada da polícia

itinhoA Polícia Civil de Vitória da Conquista prendeu o acusado de assassinar o ex-policial Elenito Ribas. Elenito foi morto na noite desse domingo (20), no povoado de Capinal, após tentar evitar uma briga de casal.

Segundo a polícia, a vítima foi morta a facadas por um suspeito identificado como Patrick, que agredia a esposa. Patrick conseguiu fugir, mas acabou sendo capturado por populares. Após ser pego pelos moradores, Patrick foi amarrado de cabeça para baixo até a polícia chegar.

Fonte: Resenha Geral

Força-tarefa em Curitiba deve antecipar ações em resposta a intimidação

forçatarefa

A força-tarefa: a hora do contra-ataque

A força-tarefa em Curitiba deve antecipar uma série de ações ligadas à Operação Lava-Jato como forma de responder às tentativas de intimidação dos investigadores, que se intensificaram nas últimas semanas.

Fatos como a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil, as tentativas de desqualificar o juiz Sergio Moro e a entrevista do ministro Eugenio Aragão sedimentaram nos procuradores, delegados e agentes da Polícia Federal a convicção de que haverá uma tentativa de conter as apurações.

Em virtude disso, devem ser aceleradas a revelação de documentos apreendidos em fases anteriores da operação, a denúncia de investigados e até novos pedidos de busca e apreensão, condução coercitiva e prisões.

CONCURSADOS DA PC SE MOBILIZAM POR CONVOCAÇÃO

comunidade dos c. PCAprovados no último concurso da Polícia Civil da Bahia, realizado em 2013, promovem forte mobilização para que o governo os convoque. Na semana passada, o governador Rui Costa declarou que as nomeações estão impedidas porque o Estado ultrapassou o limite de 46,17% de gastos com a folha de pessoal. De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, novas contratações ficam condicionadas à redução do índice.

Nas redes sociais, os concursados cobram uma previsão do governo e lembram que Rui, em fins de janeiro, afirmou que a nomeação dos novos policiais estava encaixada no orçamento e não seria atingida pela questão do limite prudencial. À época, o governador prometeu que a convocação ocorreria logo após o último Carnaval.

Além de questionamentos individuais, publicados nas páginas do governador nas redes, os concursados criaram no Facebook a comunidade Bahia Segura, que já conta com 5.5oo membros e concentra grande parte das manifestações virtuais (confira).

Os aspirantes a futuros policiais civis também planejam novas manifestações “físicas”. Nesta quarta-feira (23), a mobilização será na Governadoria, enquanto um segundo protesto está sendo programado para o dia 21 de abril, Dia de Tiradentes. Que, não por coincidência, é o patrono da Polícia Civil.

Bandeira do Colônia: MORRE JEANE SANTOS DE JESUS, QUE ERA FUNCIONÁRIA NA ESCOLA DONA GENÍ…

faleceu nesta manhã de segunda-Feira (21), Jeane Santos de Jesus uma jovem de 32 anos moradora do distrito de Itapetinga-Ba ” Bandeira do Colônia” bastante conhecida por todos sempre alegre e humorada, trabalhava em uma escola Dona Gení situada no Bandeira do Colônia.

|Blog do Kel

Segundo algumas informações que obtivermos, Jeane tinha uma doença chamada de ” Lúpus” uma doença autoimune que pode afetar principalmente pele, articulações, rins, cérebro mas também todos os demais órgãos doenças autoimunes ocorrem quando o sistema imunológico ataca tecidos saudáveis do corpo por engano, e com decorrência através de complicações  Jeane se agravou com  uma pneumonia Aguda.10614210_507523862696172_3051134660451064077_n (1)Jeane deu entrada no Hospital e Maternidade de Itororó, onde o médico Agamenon examinou e a internou, sentindo muita falta de ar com tosse repentina  Jeane  não aguentou e venho a óbito, a jovem deixa 4 filhos.

TRE monta banco de dados de políticos baianos inelegíveis

eleiçõesMais um largo passo foi dado para manter os políticos “ficha suja” fora das eleições na Bahia. Por meio da Resolução 01/2016, assinada neste mês, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) estabeleceu a alimentação do SisConta Eleitoral, o sistema que reúne dados sobre condenações e sanções que impedem políticos de se candidatarem segundo a Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº 135/2010, que alterou a Lei Complementar nº 64/90).

A Resolução, editada a pedido da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), define, ainda, a quais órgãos – entre eles a Assembleia Legislativa, Câmara de Vereadores, os tribunais de justiça, de contas, municípios e conselhos profissionais baianos – serão expedidos ofícios para alimentar o sistema, sempre no primeiro trimestre de anos eleitorais.

O Corregedor Regional Eleitoral da Bahia, Juiz Fábio Alexsandro Costa Bastos, lembra que, além de possibilitar a elaboração da lista dos inelegíveis, o cadastro servirá para, desde já, inibir que essas eventuais candidaturas venham a ser pleiteadas. “É de extrema importância o sistema desenvolvido pelo Ministério Público, e todos esses órgãos deverão alimentar”. O Corregedor irá, juntamente com o procurador Regional Eleitoral na Bahia, Ruy Mello, oficiar pessoalmente algumas das instituições convocadas a fornecer os dados.

Com US$ 800 milhões congelados, escândalo envolvendo Petrobrás supera dinheiro ligado a ditadores e é 10 vezes maior que caso Fifa

op. lava jato

Com mais de mil contas a serem investigadas e o maior volume de dinheiro já bloqueado pelas autoridades locais, o Ministério Público da Suíça criou a maior operação anticorrupção de sua história e uma força-tarefa própria para investigar os crimes ligados à Operação Lava Jato. O esquema de desvios na Petrobrás é o maior escândalo de corrupção já identificado no sistema financeiro do país europeu, superando casos envolvendo ditadores de longa data ou o recente episódio da Fifa.

Local de depósito de um terço da fortuna mundial privada, a Suíça tem em seus bancos cerca de US$ 2,8 trilhões em ativos. Nos escritórios da procuradoria em Lausanne e em Berna, o caso envolvendo a estatal brasileira vem ocupando um espaço considerável. A complexidade das estruturas bancárias montadas para esconder o dinheiro elaborada por empresas e políticos brasileiros fez os suíços darem um tratamento inédito à investigação. Além de mais de cinco procuradores, a « Lava Jato » suíça vai contar com analistas forenses do mercado financeiros, especialistas em cooperação internacional, membros da polícia criminal e funcionários da administração federal. 

O grupo terá a função de examinar e tentar traçar a origem e destino de milhares de movimentações bancárias em mais de mil contas. Para complicar a tarefa, os ativos estão espalhados por mais de 40 bancos diferentes em Genebra, Zurique e Lugano. Para um dos procuradores envolvidos na investigação, os dados já coletados são a “caixa-preta de um dos maiores escândalos de corrupção que já foi identificado no mundo”.

Por ora, mais de US$ 800 milhões já foram bloqueados em conexão com a Lava Jato. Parte desses recursos estava vinculada a ex-diretores da Petrobrás, empresas controladas pela empreiteira Odebrecht, doleiros, intermediários de diferentes partidos brasileiros e políticos como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Esses valores congelados superam todos os demais casos já investigados pelos suíços. Até hoje, o recorde havia sido o congelamento em 1998 de US$ 650 milhões em nome de Ferdinand Marcos, das Filipinas, em preços atualizados. Nos anos 90, o ditador nigeriano Sani Abacha teve US$ 620 milhões bloqueados nos bancos suíços. O ex-ditador egípcio Hosni Mubarak, derrubado na Primavera Árabe, foi vinculado a US$ 410 milhões congelados pelas autoridades do país europeu. Mais recentemente, o escândalo de corrupção da Fifa levou à suspeita sobre cerca de 110 contas, com US$ 80 milhões bloqueados em dezembro – um décimo do que já foi descoberto relacionado à Lava Jato, como comparou uma fonte do Ministério Público em Berna.

Padrões. No caso brasileiro, os investigadores suíços identificaram alguns padrões e peculiaridades. Contas de políticos, empresas e intermediários mudaram de bancos depois de um determinado tempo e doleiros chegavam a ter os códigos para movimentar os recursos.

A rede de contas ainda faz parte do inquérito sobre os pagamentos da Odebrecht, por meio de empresas offshore. O que também fica claro é a preferência do suspeitos por “trusts”, uma estrutura legal autorizada pelas leis locais, mas que acabam sendo usadas para esconder os verdadeiros donos de contas.

Diante das descobertas, a Suíça também passou a investigar suas próprias instituições, para avaliar se não houve cooperação indevida ao abrir centenas de contas de pessoas cuja renda oficial não justificava os depósitos feitos nos bancos. Pelo menos três instituições financeiras estão sendo alvo de inquéritos, inclusive pela agência de regulação dos bancos.

Vídeo registrou execução brutal de mulheres com disparos de arma de fogo

Mulheres foram obrigadas a descer e conduzidas para as proximidades do Hotel Seabra

execução

Duas mulheres foram mortas a tiros depois de serem retiradas do carro onde estavam no bairro de Pernambués, na noite de sábado (19). De acordo com a Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 21h50, na rua Guilherme Muniz. Um vídeo com a execução brutal já foi divulgado (assista abaixo).

A primeira vítima foi atingida por tiros na cabeça, pescoço e peito. Já a segunda, foi baleada no braço esquerdo, tórax e cabeça. Nenhuma das duas foram identificadas. Outras três pessoas estariam dentro do veículo. O caso aconteceu nas proximidades do hotel Seabra.

Uma das vítimas foi identificada como Eliete da Silva Ferreira. Não há informações sobre autoria, nem sobre a motivação do crime. O caso segue sob investigação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

ASSISTA AO VÍDEO:

Colisão frontal em estrada de chão mata instantaneamente dois motoqueiros

acidente de motoUma das motos era pilotada por um menor e tinha restrição de furto no Sinesp. Acidente ocorreu na tarde deste sábado (19) em Irará.

No final da tarde deste sábado (19), por volta das 16h30min, dois motoqueiros morreram na hora após colisão frontal em uma estrada vicinal na localidade do Povoado do Santo Antonio, zona rural de Irará

Conforme informações apuradas, uma das motos era pilotada por José Luiz Valentino de Jesus de 34 anos de idade. A outra motocicleta era conduzida pelo menor de de iniciais D.M.C, de 16 anos de idade. Foi constatado que o veículo possuía restrição de furto no Sinesp.

Os motoqueiros trafegavam em alta velocidade, quando colidiram frontalmente. O impacto foi tão forte que causou a morte instantânea de ambos no local. Uma equipe médica tentou socorrer as vítimas, porém ao chegar no local, apenas constataram os dois óbitos. Uma terceira vítima, que viajava de carona de prenome Fredson, de 20 anos, sofreu lesões sérias, sendo levado ao Hospital Maternidade Dr. Deraldo Portela, naquele município. Corpos foram removidos a estrada apenas à noite, quando foi feito o levantamento cadavérico, pelo DPT de Feira de Santana.

 

Impeachment: Vem pra Rua faz levantamento sobre votos de deputados e senadores

camara dos deputados

O Movimento Vem para a Rua fez um levantamento no Congresso Nacional paras saber como votarão os 513 deputados federais e 81 senadores no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A petista precisa de 171 votos para evitar que o processo de destituição siga para o Senado.
Na Bahia, dos 39 deputados federais 12 são favoráveis e 13 contrários. Outros 14 ainda estão indecisos. Todos os três senadores são contra: Walter Pinheiro (PT), Lídice da Mata (PSB) e Otto Alencar (PSD).

Veja quem vota a favor:
Antonio Imbassahy (PSDB), Arthur  Maia (PPS), Benito Gama (PTB), Claudio Cajado (DEM), Elmar Nascimento (DEM), Irmão Lazaro (PSC), João Gualberto (PSDB), José Carlos Aleluia (DEM), Jutahy Junior (PSDB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Paulo Azi (DEM) e Uldurico Junior (PV)

Veja quem vota contra:
Afonso Florence, Luiz Caetano, Jorge Solla, Moema Gramacho, Valmir Asunção e Waldenor Pereira, todos do PT, Alice Portugal, Daniel Almeida e Davidson Magalhães, os três do PCdoB, Antonio Brito (PSD), Bacelar (PTN), Bebeto (PSB) e Roberto Britto (PP).

A maioria é de indecisos. Veja:
Cacá Leão, Mário Negromonte Jr. e Ronaldo Carletto, todos do PP, João Carlos Bacellar, José Carlos Araújo e José Rocha, os três do PR, Fernando Torres, José Nunes, Paulo Magalhães e Sérgio Britto, os quatro do PSD, Marcio Marinho e Tia Eron, ambos do PRB,  Félix Junior (PDT) e Erivelton Santana (PSC).

‘Princesinha do tráfico’ é morta com vários disparos de arma de fogo

Jovem tJeane da Silva Araújo foi morta a tiros na noite de sexta-feira (18) em um bar na cidade de Curaçá, a 92Km de Juazeiro. Ela, que é apontada pela polícia como distribuidora de drogas, foi alvejada por homens ainda não identificados.

De acordo com o site Itambé Agora, em outubro do ano passado, após investigações da equipe de inteligência da 45ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), Jeane foi abordada e, com ela, foi encontrada grande quantidade de maconha pronta para consumo e que seria comercializada.

A motivação do crime ainda é desconhecida pela polícia, mas a suspeita é de acerto de contas.

Fonte Bocão News

O criador de Tropa de Elite e Narcos vai lançar “Operação Lava-Jato”

tropa de elite

O cineasta carioca José Padilha, de 48 anos, tem se dedicado a expor a violência e o crime que permeiam a sociedade brasileira. Foi o que fez no documentário Ônibus 174 e nos dois Tropa de Elite, fenômenos de bilheteria que consagraram um anti-herói nacional, o Capitão Nascimento. Também responsável pela série Narcos, do Netflix, Padilha vive nos Estados Unidos com a mulher e o filho de 12 anos. E anda atento a outra modalidade de crime bem conhecida dos brasileiros: a corrupção. Ele anuncia que um de seus próximos trabalhos para a TV internacional será sobre a Operação Lava-Jato. Por telefone, falou do projeto e dos escândalos que o inspiraram.

Como será sua série de TV sobre a Operação Lava-Jato?

O objetivo é narrar a operação policial em si e mostrar inúmeros detalhes esclarecedores que a própria imprensa desconhece. Como se trata de um projeto bancado por dinheiro internacional, o título será em inglês. Estamos chamando a série provisoriamente de Jet Wash. Mas o escândalo oferece tantas possibilidades de título que é até difícil escolher. Poderia ser Solaris, não?

O senhor tem estudado escândalos como o mensalão e o petrolão?

Conheço os dois a fundo. Li grande parte das sentenças do STF no julgamento do mensalão. E também conheço bem o petrolão, pois comprei os direitos de um livro ainda inédito que traz entrevistas até com envolvidos que estão na cadeia – a obra será uma das bases da série. Após uma leitura atenta dos fatos, não dá para ignorar que o PT e as empreiteiras montaram uma quadrilha para lesar os cofres públicos, sim. Também não dá para fingir que a campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff não foi irrigada com dinheiro da corrupção. Sejamos francos: é bem provável que outras campanhas tenham sido irrigadas também.

O que a futura série dirá sobre a tese tão alardeada pelo PT de que a Lava-­Jato tem viés político?

Não tem viés político nenhum. É uma operação policial, ponto. Para entender o que está ocorrendo hoje no Brasil, é preciso tirar a cortina de fumaça que nubla os fatos. Existem três processos históricos distintos andando em paralelo e se retroalimentando. A combinação de mal-estar com a economia, revelações da Lava-Jato e a atuação de uma imprensa livre e combativa. Tudo isso produziu algo inédito no país: o andar de cima ficou vulnerável à aplicação da lei. É o que está acontecendo de concreto. Em torno disso, tem muita espuma: a tentativa de transformar um fenômeno de natureza policial e legal num embate político. Toda vez que alguém fala dos indícios avassaladores contra Lula, um petista diz que o PSDB também rouba. Tenta-se transformar tudo numa questão ideológica. Mas tudo é caso de polícia.

Empresa oferece vaga para viajar e beber cerveja com salário de R$ 48 mil

cerveja

Já pensou ser pago para viajar, comer e beber cerveja? Isso já é a realidade na empresa World of Beer que está com inscrições abertas. Segundo o site ‘Thrillisttrês’, a multinacional procura três estagiários para visitar cervejarias do Estados Unidos e do exterior, degustar todos os tipos da bebida e escrever sobre a aventura em um blog. Tudo isso com uma bolsa-auxílio de 12 mil dólares, cerca de R$ 48 mil, além de alimentação e hospedagem.

As inscrições podem ser feitas por americanos e pessoas de todo o mundo que tenham autorização para trabalhar no país. O prazo vai até dia 26 de março, e para concorrer a vaga você deve ir até o site fazer a inscrição, gravar um vídeo dizendo porque você é a pessoa certa para o trabalho e divulgá-lo nas redes sociais.

A empresa fará entrevistas com os interessados nos Estados Unidos. Os três estagiários serão contratados em abril, e o trabalho será realizado durante o Verão norte-americano.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia