000O Palácio do Planalto teria decidido explorar ao máximo, nas redes sociais, as declarações do ex-presidente Lula a favor da reforma da Previdência com o objetivo de combater os críticos das mudanças nas regras.

Segundo a Coluna Painel, da Folha de S. Paulo, declarações de Dilma Rousseff também foram coletadas, mas o governo teria desistido de usá-las. Auxiliares de Temer teriam dito que as falas da ex-presidente são tão confusas que ficaria difícil trabalhar com elas.