CADASTRAMENTO BIOMÉTRICOO prazo para recadastramento da biometria no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) está terminando, e com isso muita gente está preocupada com as consequências, já que aproximadamente 30% do público que deveria realizar o processo ainda não o fez, e o prazo termina nesta quarta-feira (31). Uma das consequências divulgadas em redes sociais e até na imprensa foi de que quem não recadastrar a biometria perderia o direito ao Bolsa Família. A informação, porém, é falsa.

O ministério do Desenvolvimento Social divulgou nota oficial onde informa que o documento fundamental para o ingresso no programa social é o CPF: “Os beneficiários do Bolsa Família que deixarem de fazer o recadastramento biométrico na Justiça Eleitoral não perderão o benefício. O documento fundamental para o ingresso no programa federal é o CPF. O título de eleitor pode ser usado, mas não é obrigatório”.