banner-130
atacadao-tinao-170
engen22
beijo-gelado3
expor-flor2
sorveteria-pericles
frigosol170
ecologicar
mineraz
novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
gerado por GADWP 

:: 2/nov/2018 . 22:10

MPF PEDE AFASTAMENTO E BLOQUEIO DE R$ 12 MILHÕES DO PREFEITO DE BOM JESUS DA LAPA

09Apontado como líder de um esquema de fraude a licitações que teria desviado mais de R$ 12 milhões nos municípios de Bom Jesus da Lapa, São Félix, Serra do Ramalho e Coribe, o prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), teria ameaçado testemunhas que tentam denunciá-lo desde 2011.

O escândalo que envolve superfaturamentos e a contratação ilícita de uma empresa para transporte escolar pertencente a Ítalo Silva (PSD), prefeito de Serra do Ramalho e aliado do gestor, foi revelado nesta sexta-feira (2)pelo Bahia Notícias (lembre aqui).

De acordo com os pedidos de afastamento dos gestores do PSD, apresentados pelo Ministério Público Federal em 15 de outubro, Eures utiliza o seu assessor, Mário Abreu Filardi, e o comando da Polícia Militar (PM) de Bom Jesus da Lapa para intimidar ou tentar impedir quem fala em fiscalizá-lo ou denunciá-lo pelos supostos esquemas de desvio e concessões ilegais da prefeitura.

Nos depoimentos, Mário Filardi é descrito como articulador, perigoso, violento e “operador financeiro” do esquema que já dura, pelo menos, 5 anos nas cidades, segundo as investigações. Homem de confiança de Eures, Filardi teria recebido ordem do gestor para incendiar a casa de um homem em 2011. Na época, o atual prefeito de Bom Jesus da Lapa era deputado estadual, enquanto Mário Filardi ocupava cargo no seu gabinete na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

“Mário é uma pessoa perigosa e foi um agente de Eures para tentar incendiar minha casa”, relatou Edimar. A tentativa teria ocorrido após o depoente ter feito representação na Polícia Federal e no Ministério Público Federal, além de dar entrevista em uma rádio local sobre um “hospital fantasma” não construído em Bom Jesus da Lapa em 2011.

Ainda segundo o informante, a maioria dos moradores do município tem medo de denunciar irregularidades envolvendo Eures Ribeiro e Mário Filardi por temer ameaças de morte. “O prefeito [Eures] se considera o todo-poderoso, intocável, e pensa estar às margens da lei”, declarou uma testemunha.

O atual presidente da União dos Municípios da Bahia é colocado, pelo que se apurou, como “coronel” que utiliza o poder do cargo para operar o esquema. Em outro caso que revelaria o comportamento intimidatório de Eures, o MPF relata que ele chantageou professores que ingressaram com ação judicial questionando direitos que entendiam legítimos.

O gestor também teria tentando embaraçar a fiscalização de órgãos de controle e de políticos da cidade. O vereador Romeu Thessing (PCdoB) teria sido impedido de fiscalizar a reforma da escola Jonas Rodrigues e estaria sendo impedido de acompanhar os pregões, apontados como ilegais pelo MPF.

:: LEIA MAIS »

A BAHIA É O ESTADO COM MAIS MORTES DE JOVENS ENTRE 15 E 24 ANOS

09As mortes violentas na Bahia, aquelas causadas por homicídios, afogamentos, suicídios, acidentes de trânsito, atingem mais os homens com idades entre 15 e 24 anos. Em 2017, de acordo com o Instituto Nacional de Geografia e Estatísticas (IBGE), foram registradas 3.430 vítimas adolescentes e jovens do sexo masculino no estado, que se manteve líder no ranking nacional.

O número ainda é maior do que o obtido pelo IBGE em 2016, com variação positiva de 1,1%, o que corresponde a um acréscimo de 36 mortes deste tipo. Com isso, a Bahia se distancia ainda mais de São Paulo, estado mais populoso do país, que tem redução nos casos de mortes violentas de homens jovens desde 2015.

Em 2017, o estado do Sudeste teve 3.067 registros, cerca de 10% a menos do que as ocorrências no maior estado nordestino. O número de mortes em São Paulo em 2016 também conseguiu ser menor do que o registrado na Bahia em 2017: foram 3.208.

O IBGE ainda apontou que, em 2017, na Bahia, 8 em cada 10 casos de mortes de homens entre 15 e 24 anos foram em razão de causas externas (84,7%), o maior percentual do país.

Nesse mesmo período de 10 anos, enquanto 10 dos 27 estados brasileiros conseguiram reduzir essa estatística, a Bahia não só caminhou no sentido contrário. Enquanto as mortes de homens jovens e adolescentes nessa faixa etária somaram 1.501 registros em 2007, dez anos depois, as ocorrências aumentaram 128,5%, um aumento absoluto de 1.929 óbitos.

:: LEIA MAIS »

ALEX OLIVEIRA COMPLETA MAIS UM ANO DE VIDA E RECEBE FELICITAÇÕES DA NAMORADA LANE, DE JOÃO MARCELO E DOS FILHOS, GUSTAVO E TAMYLES, FAMILIARES E AMIGOS

A10Hoje é um dia especial para você, hoje você comemora mais um ano de vida, mais um ano de existência e de experiências.a15 a9a8 Hoje, as luzes do céu e as bênçãos do Senhor recaem sobre você. É dia de reafirmar a sua missão, a sua fé e o seu compromisso com a vida e com o bem.09A9A6
Os seus familiares e amigos enviam para você energias e pensamentos positivos. Há boas vibrações para você, há luz e amor ao seu redor.A7A4
Aproveite este momento mágico da vida e peça a Deus proteção, peça a Deus para lhe guiar e tomar conta dos seus caminhos, peça a Deus para segurar na sua mão enquanto você escreve a sua história.09A
Agradecemos por tudo o que você já viveu. Aproveite o dia de hoje, viva-o com entusiasmo, alegria e humildade.A13A14

Você é especial aos olhos de Deus e aos olhos de todos aqueles que lhe amam. Que Deus derrame o seu amor sobre você.A4A1
Parabéns e muitas felicidades, Lekinho!

Futuro ministro da Defesa diz que inteligência descobriu plano de atentado contra Bolsonaro

O general Augusto Heleno, antes de reunião no Palácio do Planalto Foto: Evaristo Sá/AFP/31-10-2018

O general da reserva Augusto Heleno, futuro ministro da Defesa, disse ao GLOBO que o serviço de inteligência do país descobriu indícios de um plano, que qualificou como “terrorista”, contra o presidente eleito Jair Bolsonaro. O general fez o comentário em resposta a rumores que começaram a circular em Brasília nos últimos dias sobre o assunto.

A informação de que foi plotado um planejamento de um ato terrorista contra o presidente (Bolsonaro) é verdade. Isso já foi confirmado por autoridades da área de inteligência — disse.

O general não disse, no entanto, quem poderia ter sido o autor do plano e nem quais as providências tomadas em relação ao caso. No início da semana, a PF ampliou de 35 para 55 o número de policiais para reforçar a segurança do presidente eleito. A polícia negou que a medida esteja relacionada a eventual aumento de risco contra Bolsonaro.

A explicação é que o reforço na segurança já estava previsto desde a primeira fase da campanha. O sistema de proteção seria ampliado mesmo se o vencedor tivesse sido o candidato Fernando Haddad.

As informações sobre o suposto plano de ataque contra Bolsonaro foram discutidas em reuniões na Polícia Federal e na Agência Brasileira de Inteligência. Uma destas reuniões aconteceu nesta quinta-feira. Os analistas entenderam que os dados disponíveis não indicam ameaças concretas.

Na entrevista, concedida ontem, o general Heleno também elogiou a escolha do juiz Sergio Moro para comandar o Ministério da Justiça.

RK

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
beijo-gelado1
tinao-lateral-blog-do-tarugao
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
frigosol231
ecologicar
mineraz
sorveteria-pericles
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia