sebrae
banner-130
engen22
mineraz
janeiro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 7/jan/2022 . 22:01

NOTA DE FALECIMENTO: MORRE AOS 73 ANOS ROMILDO DA VIAÇÃO ITAPETINGA

Faleceu no fim da tarde desta sexta (07),  por volta das 16h na UPA da cidade de Teixeira de Freitas, aos 73 anos, Romildo Barreto Ferreira.

Romildo foi passar o fim de ano com familiares na cidade de Teixeira de Freitas. Na manhã desta sexta, ele passou mal e foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). O quadro de saúde dele se agravou e por volta de 16h ele não resistiu e faleceu.

Romildo trabalhou muitos anos como motorista da Viação Itapetinga, onde se aposentou por tempo de serviço.

Romildo sempre foi uma pessoa alegre e piadista. Ele deixa a esposa Dora e os filhos Ronaldo, Geovana e Heverleide.

O corpo deve chegar a Itapetinga por volta das 03h da manhã e será velado na rua Hélio Costa nº 279 no Clodoaldo Costa.

“Disse-lhe Jesus: EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.”
Descanse em Paz, Romildo!

BRASIL TEM PRIMEIRA PELA VARIANTE ÔMICRON CONFIRMADA

Foi registrada nessa quinta-feira (6) a primeira morte causada pela variante ômicron da covid-19 no Brasil. O óbito foi confirmado pela secretaria municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, em Goiás.

A vítima era um homem de 68 anos que estava internado e era portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão arterial. De acordo com a nota, ele estava vacinado com as duas doses do imunizante contra um covid-19 e a dose de reforço.

Segundo informações, o homem teve contato com uma pessoa que testou positivo para a doença e infecção pela variante.

“Nós perdemos um paciente vacinado, mas que tinha problemas crônicos de saúde, que são fatores importantes de risco da covid-19. Infelizmente, ele não resistiu. Uma vida perdida em meio a salvas pela imunização”, disse o secretário de saúde da cidade, Alessando Magalhães.

Ômicron já é dominante no Brasil

Levantamento da plataforma Our World in Data mostra que nova variante do coronavírus já é responsável por mais da metade das infecções no país e que casos explodiram em duas semanas.

A variante ômicron do coronavírus já é dominante no Brasil, sendo responsável por 58,33% dos casos de covid-19 sequenciados no país, segundo levantamento da plataforma online Our World in Data.

Vinculada à Universidade de Oxford, a Our World in Data é considerada uma referência na publicação de dados sobre uma pandemia. Os dados correspondentes à parcela da ômicron em todas as sequências analisadas nas duas semanas anteriores ao dia 27 de dezembro.

Em 13 de dezembro, a ômicron era responsável por apenas 2,85% dos casos de covid-19 sequenciados nas duas semanas anteriores, segundo os dados da Our World in Data, que indica alta transmissibilidade da nova cepa.

Até esta quarta, o governo federal brasileiros registrava 170 casos confirmados da nova variante e outros 118 em investigação, mas estimava que a cepa já respondesse por cerca de um terço das doenças no país.

Uma variante foi detectada boletim em Botsuana e na África do Sul e reportada à Organização Mundial da Saúde (OMS) em 24 de novembro. Desde então, vem se espalhando a um ritmo vertiginoso. Em sua última contagem, uma Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que 128 países já confirmaram casos da ômicron.

A cepa já se tornou dominante na África do Sul, no Reino Unido, na França e nos EUA, entre outros. Na Alemanha, um ômicron provavelmente se tornará dominante em questão de dias, relativo um porta-voz do Ministério da Saúde nesta quarta-feira.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia