banner-130
atacadao-tinao-170
engen22
beijo-gelado3
expor-flor2
sorveteria-pericles
frigosol170
ecologicar
mineraz
setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
gerado por GADWP 

:: ‘Entrevistas’

DELEGADO DR. ROBERTO JR. ESCLARECE TIROTEIOS OCORRIDOS NA CIDADE EM PROGRAMA DE RÁDIO

Carlos SilvaTendo em vista tanta ocorrências e alarmes falsos espalhados pela cidade através de redes sociais, levou o Delegado titular Dr.Roberto Jr. ir até a(s) emissoras de Rádio para esclarecer a população o que de fato está acontecendo na cidade.

“O que aconteceu foi uma execução por conta do grande número de disparos, tendo-se aquele alarde aquela imagem que houve uma troca de tiro, não houve!

Alguns disparos foram registrados de fato no José Ivo, esses disparos nos não temos testemunhas,não tem vítima,ninguém foi alvejado.

Em relação a todos os disparos que ocorreram que noticiaram apenas uma pessoa foi ferida no pescoço que agente está atras, vitima essa que possivelmente é envolvida com o crime, que também não procurou a delegacia,então esse foi o único saldo, que foi uma pessoa atingida sem gravidade.Em relação a todos os tiroteios que se registraram,volto a dizer, não ocorreram todos esses tiroteios…….”Continuou o delegado titular Dr.Roberto Jr. em sua entrevista no programa Jornal da Cidade com Tarugão e Roberto Cléber + a participação de Sizinio Neto e ouvintes, na manhã desta Quinta-Feira (5).

Por Carlos Silva/www.itapetingaacontece.com Com informações da Rádio Cidade FM 94,3 MHz
 Gravação

Novo advogado da Telexfree diz que não há razão para bloqueio

Antonio Carlos Kakay, conhecido advogado, diz que não há motivo para a empresa, suspeita de ser pirâmide financeira, estar paralisada


Alan Sampaio / iG Brasília

Kakay: ‘eu me convenci de que não é pirâmide’

Os representantes da Telexfree, empresa acusada de ser uma pirâmide financeirabilionária, contrataram o advogado que defendeu o publicitário Duda Mendonça no processo do mensalão, Antonio Carlos de Alemida Castro, o Kakay, para defendê-los nas investigações criminais que enfrentam.

“Eu me convenci de que não é pirâmide”, declarou Kakay, ao iG. “O que nos resta é entrar o máximo possível na história, conhecer bem a história e mostrar que não é pirâmide e não tem por que [o negócio] estar paralisado.”

As atividades da Telexfree foram bloqueadas pela 2ª Vara Cível de Rio Branco em junho de 2013, ante a acusação do Ministério Público do Acre (MP-AC) de que a empresa montou uma pirâmide financeira disfarçada de revenda de telefonia VoIP.

Kakay, que é advogado criminal, não vai atuar nesse processo, que é civil, mas atacou a decisão da juíza Thaís Khalil, autora da ação que bloqueou as atividades da empresa.

“Acho que, na realidade, o prejuízo à economia popular [como é definido o crime de pirâmide no Brasil] é a partir da subleitura que o MP-AC fez da Ympactus [razão social da Telexfree no Brasil] e da Telexfree e a partir da decisão judicial que inviabilizou [os negócios].”

Chque apreendido na sede da Telexfree em nome de Katia Wanzeler, muilher de Carlos Wanzeler, um dos donos da empresa.

Em 9 de maio, a Justiça dos Estados Unidos – onde a Telexfree também é acusada de ser uma pirâmide financeira – determinou a prisão temporária de um dos sócios da empresa, James Matthew Merrill. O outro, o brasileiro Carlos Wanzeler, é considerado foragido pelo Departamento de Estado.

Kakay afirma que Wanzeler está no Espírito Santo, Estado onde fica a sede da empresa, e que se encontrará com ele nesta quarta-feira (21).

“Há um barulho de que ele esteja foragido. Ele saiu normalmente pelas vias normais [dos Estados Unidos] antes de ter a prisão decretada e ele é brasileiro nato”, afirma. “A gente está comunicando onde ele mora.”

O advogado também criticou a prisão de Katia Wanzeler, mulher de Carlos, detida em 14 de maio em Nova York ao tentar embarcar para o Brasil com uma passagem só de ida. Kakay questionou a informação.

“A esposa dele, que não é investigada, comprou uma passagem ida e volta, deixou o filho lá e prenderam ela no aeroporto”, afirmou o advogado.

As contas da Telexfree no Brasil receberam US$ 446 milhões (R$ 988 milhões), segundo as autoridades americanas. Em todo o País, a empresa movimentou US$ 1,2 bilhão (R$ 2,7 bilhões), de acordo com uma informação da companhia obtida pela Securities and Exchange Comission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA).

No Brasil, os donos são alvos de inquéritos da Polícia Federal e da Polícia Civil do Estado do Acre.

Decisão judicial inédita obriga Anvisa a liberar medicamento derivado da maconha

Decisão judicial inédita obriga Anvisa a liberar medicamento derivado da maconha
Uma criança com epilepsia conquistou o direito de usar um medicamento a base de Canabidiol (CBD), derivado da maconha, e abriu um precedente para o tratamento de doenças com a droga no país. A decisão liminar da Justiça Federal em Brasília, desta quinta-feira (2), determinou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entregue o remédio à família do menor. Ao usar o medicamento, Anny, de quatro anos, deixou de sofrer crises convulsivas. A família comprava o medicamento de forma clandestina, pela internet. Na compra mais recente, a Anvisa reteve o produto e cobrou explicações da família, que entrou com pedido de liberação na Justiça. A liberação pode ajudar outros pacientes no Brasil que dependam de drogas sem registro no país. Para conseguir a liberação do Canabidiol, o advogado da menina sustentou que a substância não é proibida no país. “É o primeiro caso do Brasil e abre um precedente muito importante. Tenho convicção de que pode servir de referencia para outros tratamentos”, afirmou o defensor Luiz Fernando Pereira.
Postado por KELVES AZEVEDO

Anderson Silva revela abstinência sexual de três meses antes das lutas

Lutador brasileiro foi o principal alvo das perguntas e assédio dos fãs que compareceram à gravação do Altas Horas

 


Divulgação/TV Globo

Anderson Silva participa do programa Altas Horas, da TV Globo

Convidado do programa Altas Horas, da Rede Globo, Anderson Silva foi o centro das atenções. O lutador era o principal alvo das perguntas e assédio dos fãs que compareceram ao estúdio de gravação.

Porém, em certo momento do programa, Anderson foi posto “contra a grade” e se viu em uma saia justa. Isso porque o apresentador Serginho Groisman questionou o lutador acerca de suas atividades sexuais antes dos duelos pelo UFC.

Vídeo: advogada relata estupro cometido por índio da tribo Tupinambá em Ilhéus

Uma advogada paulista que não quis ser identificada foi estuprada no dia 01 de janeiro deste ano em uma reserva indígena da cidade de Ilhéus. O acusado é um índio da tribo Tupinanbá, que segundo a vítima, usa drogas e estava armado no momento do crime. No vídeo ela relata como aconteceu a violência com todos os detalhes. Conforme publicação do Blog Vermelhinho da Bahia.

Assista ao vídeo:

Falta de desejo sexual é reclamação de 48,5% das mulheres em SP

Falta de desejo sexual é reclamação de 48,5% das mulheres em SP
Pesquisa realizada pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e pelo Centro de Referência e Especialização em Sexologia (Cresex) apontou que 48,5% das mulheres que procuram atendimento médico por conta de disfunções sexuais se queixam de falta ou diminuição do desejo sexual.
O levantamento analisou 455 pacientes do ambulatório do Hospital Estadual Pérola Byington e concluiu que, das mulheres observadas, apenas 13% tiveram os distúrbios ligados a causas orgânicas, como alterações hormonais ou problemas ligados a outras doenças. Para 18,2% das mulheres observadas, a principal dificuldade era de chegar ao orgasmo.
A dor intensa durante a relação sexual atingiu 9,2% das pacientes e o nível diferente de desejo em relação ao parceiro, 6,9%. Outras mulheres disseram sofrer com vaginismo, espasmos involuntários dos músculos que fecham a vagina, disfunção sexual generalizada e distúrbios de excitação.

Homens fingem mais orgasmo do que mulheres, diz jornal

Homens fingem mais orgasmo do que mulheres, diz jornal
Pesquisa do jornal australiano The Sunday Telegraph com mais de 1,2 mil leitores mostrou que 23% dos homens fingem o orgasmo e apenas 20,6% das mulheres admitiram fazer o mesmo.
O levantamento confirma outra pesquisa recente feita nos Estados Unidos com 1.080 homens, que aponta que um em cada quatro já simularam o clímax do prazer. O estudo australiano também apontou que o sexo masculino é mais propenso que ao feminino a fingir um “eu te amo” durante o ato sexual.
Cerca de 25% dos entrevistados confessaram mentir sobre seus sentimentos na hora H, em comparação a 6,1% das mulheres participantes. De acordo a co-diretora do Centro de Promoção da Saúde Sexual da Universidade de Indiana, Debby Herbenick, os motivos que levam os homens a fingir prazer e sentimentos são parecidos com os das mulheres. “Para ajudar o ego de seu parceiro, para não ferir os sentimentos do seu parceiro, para acabar com o sexo, para que possam ir dormir ou ir para casa”, citou. Informações são do Huffington Post.

Doenças ginecológicas podem causar Dor na Hora do Sexo? Saiba quais são as principais doenças ginecológicas

Por Rebecca Nogueira Cesar

Doenças ginecológicas
Doenças ginecológicas podem causar dor na hora do sexo,e precisam ser tratadasFoto: Danilo Borges

Doenças ginecológicas podem ser perigosas e precisam de tratamento adequado.Algumas infecções genitais causam dor durante a relação sexual. A ginecologista e obstetra Erica Mantelli dá dicas de como identificar algumas das doenças mais comuns. Confira.

Quais são as doenças ginecológicas mais comuns?
Vulvovaginites, síndrome dos ovários policísticos, endometriose, mioma uterino, doença inflamatória pélvica estão entre as principais.

Como identificar essas doenças?
Cada doença apresenta sintomas que nos orientam para o diagnóstico. As mulheres com vulvovaginites podem apresentar irritação vaginal, coceira, corrimento, ardor ao urinar e dor pélvica. A síndrome de ovários policísticos é composta por diversos sintomas, entre eles a irregularidade ou ausência da menstruação, aumento de peso, pele e cabelos mais oleosos, aumento de pelos pelo corpo e aumento da resistência à insulina. A endometriose pode cursar com dor pélvica, cólica menstrual, dor na relação sexual e infertilidade. Os miomas podem ser identificados através de exames de imagem como o ultrassom e por alterações no padrão menstrual, com aumento do sangramento, cólica e aumento do volume abdominal em alguns casos. A doença inflamatória pélvica é uma infecção mais severa, que pode apresentar além do corrimento, dor abdominal importante, febre e comprometimento do estado geral.

O corrimento é normal? Quando procurar um especialista?
Corrimento não é normal. É uma secreção decorrente a algum processo inflamatório e infeccioso da vagina e colo do útero. Se notar a presença de secreção aumentada (branca, amarelada, esverdeada ou acinzentada), odor fétido, ardor ao urinar e dor pélvica é sinal de que existe um processo infeccioso e necessita de tratamento o quanto antes.

Quais as características do corrimento que podem indicar uma doença?
A mulher pode produzir uma secreção fisiológica (normal) durante o período menstrual, devido à ação hormonal. A secreção fisiológica geralmente é clara, sem cheiro e não provoca dor pélvica ou ardor ao urinar. Qualquer secreção diferente disto, que tenha coloração mais escura, aumento da quantidade, provoque coceira na vagina e dor, deve ser investigada pois trata-se de processo infeccioso.

Quais os principais cuidados que a mulher deve ter no dia a dia?
É fundamental manter a rotina dos exames ginecológicos e consultas em dia. Na presença de qualquer alteração, jamais pratique automedicação e procure o médico o quanto antes.Dentre os principais cuidados diários está realizar higienização adequada da vagina, não usar absorventes de uso diário de rotina, durante a menstruação realizar a troca do absorvente no máximo a cada 4 horas, alimentação balanceada e prática de atividades física regular.

Como cuidar e prevenir doenças ginecológicas?
A prevenção começa com consultas regulares ao ginecologista. É muito importante a realização de exames preventivos e ser examinada pelo ginecologista. Na vigência de qualquer sintomas como coceira, ardor na região vaginal, dor pélvica, corrimento ou sangramento fora do período menstrual, procure imediatamente seu ginecologista.

Quais os cuidados antes, durante e depois do sexo?
Manter as consultas ginecológicas de rotina, realizar exames para detecção de doenças sexualmente transmissíveis, usar preservativo durante toda a relação sexual e realizar higiene adequada da região genital. As mulheres devem ter o hábito de urinar após a relação sexual, pois isso ajuda na prevenção de infecções de urina.  É importante tomar cuidado com os brinquedos e lubrificantes para apimentar a relação sexual, pois o uso indevido pode acarretar infecções e lesões vaginais. Converse sempre com seu médico e tire suas dúvidas sobre o que utilizar e o que evitar.

 

O vício chamado Facebook

A International Data Corporation (IDC), dos Estados Unidos, realizou uma pesquisa agora em 2013 em nome do Facebook e descobriu que os usuários de smartphones entre 18 a 44 anos usam o acesso as redes sociais logo que acordam.
Foi constatado que 62% de todos os entrevistados afirmam que a primeira coisa que fazem quando acordam é de imediato pegar seu smartphone, enquanto 79% usaram o aparelho celular após 15 minutos que acordaram.
O tempo de uso para ver o newfeed é em média 16 minutos por dia, 10 minutos para verificar as mensagens do inbox e assim por último, gastando mais de 5 minutos, atualização do status e/ou postar uma foto. Concluindo assim o tempo médio de gasto acessando Facebook via celular saiu a pouco mais de meia hora por dia.
63% dos entrevistados dizem que, realizam o login e logoff várias vezes ao dia no Facebook. 25% a próxima atividade é passar parte do dia jogando.

Salário de negros é 36% menor, aponta Dieese

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (13) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revela que um trabalhador negro ganha em média um salário 36,1% inferior ao recebido por um não negro.
O levantamento ‘Os negros nos mercados de trabalho metropolitanos’ tomou como base as regiões metropolitanas de Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre, Recife e São Paulo.
De acordo com o Dieese, em relação aos cargos de chefia, a diferença salarial e de oportunidades de trabalho ainda são maiores.

O estudo destaca que a desvantagem registrada entre a remuneração de negros e não negros é pouco influenciada por região, horas trabalhadas ou setor de atividade da economia. A pesquisa mostra que, nas áreas metropolitanas, os negros correspondem a 48,2% dos ocupados, e recebem em média 63,9% do que ganham os não negros.

 

Entre trabalhadores com nível superior completo, a média de rendimentos por hora é de R$ 17,39 entre os negros, e de R$ 29,03 entre os não negros.
O estudo informa que ocupações de menor prestígio são ainda ocupadas na sua maioria por negros, como pedreiros, serventes, pintores, caiadores e trabalhadores braçais na construção, faxineiros, lixeiros, serventes, camareiros e empregados domésticos.
De acordo com o Dieese, ações afirmativas como cotas raciais em empresas podem atenuar os problemas de empregabilidade dos negros.
Informações da Agência Estado

Beijar antes, durante ou depois do sexo? Estudo avalia função do beijo nos relacionamentos

 Beijar antes, durante ou depois do sexo? Estudo avalia função do beijo nos relacionamentos

Foto: Reprodução
Psicólogos experimentais da Universidade de Oxford, no Reino Unido, realizaram uma pesquisa sobre a função do beijo nos relacionamentos. O levantamento entrevistou 308 homens e 594 mulheres com idade entre 18 e 63 anos, a maioria residente na América do Norte e na Europa.
A conclusão dos pesquisadores é que o beijo pode ajudar as pessoas a avaliar potenciais parceiros e depois manter esses relacionamentos. Porém, a hipótese de que o beijo teria uma função de elevar a excitação sexual não foi sustentada pelos pesquisadores. Em relações casuais, os participantes da pesquisa apontaram o beijo como mais importante antes do sexo, menos importante durante o sexo, e ainda menos importante depois do sexo e minimamente importante “em outros momentos”.
Tipos mais exigentes na seleção de parceiros geneticamente aptos e compatíveis (como mulheres, os que se consideram altamente atraentes e os que preferem sexo casual) disseram que o beijo era importante no começo do relacionamento.
A explicação é que o beijo serviria para testar de forma rápida a adequação do parceiro. Para outros tipos como homens, os que se julgam menos atraentes e aqueles que buscam compromisso, o beijo é prioritário no começo dos relacionamentos.
No caso de homens e mulheres que buscam relações duradouras, o beijo serviria para afirmação do casal. Estas pessoas também beijam menos durante o sexo e consideram o ato de beijar importante antes do sexo e em outros momentos não relacionados ao ato sexual.
Informações do New York Times.

Maioria dos brasileiros usará 13º para pagar dívidas, diz pesquisa

Uma pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), realizada em outubro e divulgada nesta segunda-feira (11), mostra que a maioria dos consumidores brasileiros – 62%, ante 61% no ano passado – pretende utilizar os recursos do 13º salário para pagar dívidas.
Em nota enviada à imprensa, a organização credita a alta do endividamento ao ambiente de redução da atividade econômica e inflação mais elevada.

O levantamento, realizado com 612 consumidores de todas as classes sociais, apurou ainda que recuou de 16% para 14% o total de brasileiros que pretendem utilizar o 13º para a compra de presentes, o que, para a Anefac, mostra maior dificuldade e preocupação com os gastos deste ano.

De acordo com o estudo, os produtos que mais atrairão os recursos do 13º serão celulares (74%), roupas (70%) e eletroeletrônicos (68%).

Número de estupros no Brasil é maior do que o de homicídios

por Paulo Anderson Rocha

De acordo com dados apresentados pela 7ª Edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicação realizada com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Sistema Nacional de Estatísticas em Segurança Pública, o número de estupros cometidos no Brasil, em 2012, supera o número de homicídios dolosos, aqueles em que há a intenção de matar.

 

Segundo o Anuário, foram cometidos 50.617, enquanto que o número de homicídios dolosos ficou em 47.136.

 

De acordo com esses dados, a cada grupo de 100 mil habitantes, há 26,1 ocorrências de estupro e 24,3 casos de homicídios dolosos. Também é possível observar que houve um aumento no número de estupros, que, em 2012, foi, na média nacional, 18,17% maior do que as ocorrências registradas no ano anterior. Na Bahia, esse crescimento foi de 20,8%

 

 

Os estados com as maiores taxas de estupro foram Roraima, Rondônia e Santa Catarina. As menores ocorreram na Paraíba, no Rio Grande do Norte e em Minas Gerais.

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
beijo-gelado1
tinao-lateral-blog-do-tarugao
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
frigosol231
ecologicar
mineraz
sorveteria-pericles
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia