banner-130
engen22
mineraz
gerado por GADWP 

:: ‘Novelas’

Atrizes de Os Dez Mandamentos são vistas aos beijos em festa, diz colunista

atriz

Parece que a amizade de duas atrizes da TV Record, que atuam na novela “Os Dez Mandamentos”, ganhou um pouco mais de cor na última semana. De acordo com o colunista do jornal O Dia, Léo Dias, Samara Felippo e Giselle Itié foram vistas aos beijos em uma festa que aconteceu no bairro da Pompeia, em São Paulo.

Ainda de acordo com a publicação, várias pessoas comentaram os amassos entre as “amigas”. Nas redes sociais, as duas demonstram total intimidade e constantemente aparecem juntos em festas e também afazeres simples, como comprinhas básicas.

Policial Rudson Souza recebe alta, 75 dias após acidente com arma de fogo

RUDfoto: divulgação Polícia Militar

Após 75 dias internados, o policial militar Rudson Souza recebeu alta do hospital. O soldado deixou a unidade de saúde, às 14 horas, desta sexta-feira (11), e foi acompanhado por colegas da Polícia Militar.

IMG_2348Os militares e amigos aguardaram a saída de Rudson na porta do Hospital Samur. O policial deixou a unidade com todos os movimentos do corpo preservados, mas continuará o tratamento em casa, onde terá acompanhamento médico necessário, incluindo sessões de oxigenoterapia hiperbárica e fisioterapia.rudson

Na sua despedida do hospital, Rudson agradeceu à toda equipe médica e todas as orações que foram direcionadas a ele. O policial foi atingido por um disparo acidental, enquanto utilizava o banheiro de uma padaria, no bairro Esplanada do Parque.

Vendo sucesso de “Os Dez Mandamentos”, nova novela da Globo vai falar de Jesus Cristo

beneditoO sucesso nítido de “Os Dez Mandamentos” tem chamado a atenção de todas as concorrentes da Record. Prova disso é a nova sinopse de novela que a TV Globo recebeu.Redeglobo

Segundo informa o colunista Flávio Ricco, “E Se Ele Voltar?” é o título provisório, com toda chance de virar definitivo, do novo trabalho do Benedito Ruy Barbosa para a emissora. A sinopse foi entregue e já existem seis capítulos escritos.

Ainda de acordo com a publicação, a trama pretende se desenvolver em um mundo de pessoas, cerca de 40 personagens, que vivem a expectativa ou a possibilidade de Jesus Cristo voltar.

Beatriz ameaça fazer mais uma vítima em Babilônia; saiba

gloria

Susana (Yanna Lavagne), a amante do prefeito Aderbal (Marcos Palmeira), será ameaçada de morte por Beatriz (Gloria Pires) em Babilônia, novela das nove da Globo. Ela resolverá provocar o político aparecendo de penetra em uma festa black tie em homenagem à construtora Souza Rangel. O prefeito ficará apavorado com a jovem rodeando sua família. Consuelo (Arlete Salles) perceberá que a moça é caso do filho e dará uma prensa nela no banheiro feminino. Beatriz, que já matou dois na novela, ouvirá a conversa e se oferecerá para tirar a periguete de lá sem escândalo.

Só que a arquiteta fará mais do que expulsar a morena da festa. Ela mandará Susana sair da vida de Aderbal para não acabar em um saco plástico no fundo de um rio. A amante do prefeito ficará apavorada e aceitará desaparecer sem deixar rastros. Apesar disso, Beatriz se manterá dizendo que é uma mulher fiel e continuará enrolando o corrupto. Sem a amante, ele ficará mais atiçado com a rejeição da empresária e decidido a conquistá-la.

Antes de ser aterrorizada por Beatriz, Susana vai ser desmascarada por Consuelo. A perua se lembrará da jovem em Jatobá e dos inúmeros casos que ela teve com homens solteiros e casados. “Minha filha, eu tenho olhos pra ver, e instinto pra me garantir. Burra, aqui, só você, que vem numa festa onde está na cara que não foi convidada. Faça o favor de se retirar, agora”, dirá Consuelo. Ela não será atendida e ficará uma fera com Aderbal.

Ele também dará um ultimato na amante, mas Susana o ignorará. É aí que Beatriz vai se oferecer para resolver o problema. “Desculpem me intrometer, mas a situação é clara. Se aquela moça é indesejada, eu mesma posso resolver o imbróglio. Se vocês concordarem”, vai sugerir a empresária.

Intimidadora

Beatriz entrará no banheiro atrás de Susana, pedirá para ter uma conversa a sós com a periguete e trancará a porta. “Eu sou Beatriz. Esta festa é em homenagem à minha empresa. E você não é minha convidada.

:: LEIA MAIS »

Crise: Adriana Esteves e Gabriel Braga Nunes pedem para deixar Babilônia

ADRIANA ESTEVES

Atores estão muito insatisfeitos

É grave a crise. Além de ‘Babilônia’ não estar agradando aos telespectadores da Globo, agora os atores também estão insatisfeitos com a novela. Segundo o jornal O Dia, Adriana Esteves, a Inês da trama, já sinalizou para a direção que não está gostando de como a novela está andando.

O problema é o pouco tempo que eles têm para memorizar as cenas. Os roteiros de gravações estão saindo em cima da hora.

:: LEIA MAIS »

Vídeo de homem alimentando cobra mortal sem nenhum equipamento de proteção se torna viral na internet

Um homem gravou um vídeo onde aparece alimentando suas cobras mortais usando apenas uma barra de ferro e nenhuma proteção.

O homem, conhecido como Viperman, é uma figura cultuada no mundo dos que criam cobras, e aparece neste vídeo onde alimenta uma de suas crias de estimação, Elvis, uma cobra rei, com um rato preso à ponta de um ferro em sua casa, nos EUA.

O réptil, agitado, tenta mordê-lo, mas surpreendentemente isso não parece perturbá-lo, pois é possível ouvi-lo rindo e conversando com a serpente como se ela fosse um cãozinho.

cobras venenosas

Viperman, um homem conhecido entre as pessoas que criam cobras, aparece em um vídeo que se tornou viral onde alimenta sua cobra rei em casa, sem uso de proteção.

O vídeo se tronou viral e foi visto mais de 500.000 vezes no YouTube logo após ser publicado.

O homem já teve mais de cem cobras desde a década de 1970 e é um especialista em cobras venenosas.

Embora ele alegue ter sido mordido várias vezes, só precisou tomar soro anti-veneno uma vez.

Em sua página no Facebook, onde Elvis aparece frequentemente junto de outras cobras, Viperman possui um público fiel entre os entusiastas de répteis.

Se você tem medo de cobras, certamente não deve ver este vídeo.

Aguinaldo Silva diz: “Matei o Comendador para causar, sambar e lacrar”

josealfredo-aguinaldosilva-imperioJá se foram 10 dias após o final controverso de “Império“, na Globo. Muitos não gostaram do fim do Comendador José Alfredo (Alexandre Nero), enquanto outros acharam que foi audacioso.

Em seu blog, Aguinaldo Silva revelou o motivo de ter matado o herói de tantos telespectadores.

“Matei o Comendador pra causar, sambar e lacrar, foi isso. Pra que a morte dele fizesse a discussão em torno dessa morte continuar, mesmo quando a novela de outro já estreou e a minha devia ter sido esquecida.

Sim, entre fazer o Abominável Homem de Preto terminar com uma de suas queridas – Alfredisis ou Malfred? – num final convencional, e matá-lo e assim me manter fiel à proposta inicial da novela, que era discutir a sucessão dentro de um Império, preferi ficar com a segunda opção e dar ao meu personagem o final épico, que ele merecia.

Eu matei José Alfredo Medeiros para que ele se tornasse imortal, foi isso. E assim tornei o Comendador de Shit, o Lord da Buchada de Bode – como diria o vilão Silviano – inesquecível”, relata.

Na trama, José Alfredo levou um tiro nas costas do filho José Pedro (Caio Blat) depois de salvar a vida de Cristina (Leandra Leal) de um sequestro.

O protagonista morreu e, após tantos pedidos dos telespectadores, ele reapareceu na cena final da trama, como espírito, na foto da família Medeiros de Mendonça e Albuquerque.

“Babilônia” perde um terço do público na 1ª semana

beijolesbicoA nova novela das 21h30 da Globo, “Babilônia”, mal estreou mas já tem um recorde negativo nas costas. A novela de Gilberto Braga simplesmente perdeu mais de um terço (33%) de ibope apenas na primeira semana de exibição.

Embora alguns (poucos) críticos tenham saudado o capítulo inicial como “audacioso” (teve beijo lésbico-idoso), “veloz”, “empolgante”, não é isso que o público tem sentido.

Dos 33 pontos da estreia na última segunda, a principal novela da Globo em horário nobre bateu na noite deste sábado (21) na casa dos 22 pontos (dado prévio do ibope, o consolidado só ficará pronto amanhã por volta das 12h.

Comparando-se apenas dados prévios, trata-se de uma perda de mais de 33% de público em uma semana.

E não se pode dizer que a queda foi fortuita, pois ela vem ocorrendo ao longo de toda a semana.

Um dia após a estreia, a trama perdeu mais de 5 pontos na Grande São Paulo (cada ponto é = 67 mil domicílios).

:: LEIA MAIS »

“Babilônia” estreia com ritmo alucinante, armações e morte

babilôniaO grande chamariz de “Babilônia” desde o princípio foi a quantidade de vilões. Não uma simples história de amor – e sim a falta dele. Uma história de ódio, com sede de vingança, com atropelos à moral e a qualquer outra coisa que possa ser sinônimo disso.

A nova novela das 21h da Globo estreou nesta segunda (16) com a promessa de fazer os telespectadores despertarem sentimentos adversos diante de duas vilãs que certamente vão dar o que falar nos próximos meses: Beatriz (Glória Pires) e Inês (Adriana Esteves). Uma, casada por conveniência uma vez e em busca do segundo matrimônio nessa mesma linha, enquanto a outra tenta chantagear a “amiga” após vê-la num amasso com o motorista, subordinado de seu novo marido Evandro (Cássio Gabus Mendes). Tudo para comprar um apartamento que fique longe de uma vista para a favela.

Foi marcada pelo bom ritmo, até mesmo acelerado, já que Beatriz conseguiu com enorme velocidade seduzir Cristóvão (Val Perré) e arrancar uma grande quantidade de informações, assim como conquistar a confiança e carinho do viúvo Evandro, aquele que logo será seu marido.

Sem contar que, sem paciência para ameaças, Beatriz disparou contra seu affair Cristóvão e o matou friamente sem um pingo sequer de consciência, apesar dele atravessar um momento difícil com a mulher doente e a filha grávida. Tudo isso num intervalo de tempo pequeno. Surreal? É claro. No entanto, ninguém vai se lembrar disso daqui alguns meses, não é?

Lembranças

É inevitável não comparar Inês com Carminha. Na memória dos telespectadores, ela ainda vai permanecer por mais algum tempo e não há como não lembrar da célebre vilã de “Avenida Brasil”, de 2012, em “Babilônia”.

Outra lembrança bastante curiosa é a de Homero, que é vivido por Tuca Andrada. Rapaz íntegro e honesto, quer crescer da sua maneira na empresa de Evandro, mas a mulher prefere um atalho, nem que para use a ferramenta da chantagem. Apaziguador e sereno, lembra e muito o Caíque de “Da Cor do Pecado”, de 2004, onde fazia o amante de Bárbara (Giovanna Antonelli).

Comum

Sem grande alarde, “Babilônia” exibiu sem qualquer cerimônia um beijo lésbico entre as personagens Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg que vivem juntas há 30 anos na trama. O que já virou motivo de corte em “América” (2005) e censura em outras tramas…

Passou batido

Numa das cenas nas praias do Rio de Janeiro, Inês deu dinheiro a um rapaz para atropelar uma mulher e ela abocanhar um convite de uma festa que sua antiga amiga Beatriz estaria. Acontece que esse dinheiro era uma cédula de R$ 20, modelo lançado entre 2007 e 2008. E aquele era o ano de 2006.

Lado do bem

Com todo esse ódio e um querendo passar a perna no outro bolando planos, pouco sobrou pra Regina (Camila Pitanga), que terminou o primeiro capítulo grávida, mas ofuscado pelas maldades e tirania das vilãs. Mas valeu a apresentação e, como sempre, a atriz dará conta do recado.

Perspectivas

Num primeiro momento, o que se espera é uma trama mais densa que “Império” com um universo mais carregado de maldade propriamente dita e muitas reviravoltas. Personagens e situações conflitantes para isso não vão faltar.

Com a concorrência de “Carrossel”, que passou a ser reprisada pelo SBT e terá longa vida no ar, se continuar com essa audiência (deu 12 pontos), ”Babilônia” terá uma disputa um pouco mais dura.

A trama de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga marcou 31 pontos na prévia do Ibope. Os números são da Grande SP e equivalem a 198 mil telespectadores.

Conheça os cinco vilões sem escrúpulos de “Babilônia”

Conheça os cinco vilões sem escrúpulos de “Babilônia”

vilões de babilôniaToda novela que se preze tem que ter bons vilões. “Babilônia”, que estreia nesta segunda-feira (16) na Globo, promete exatamente isso: uma trama repleta de vilões sem escrúpulos ou um pingo de consciência, o que desperta a ira dos telespectadores.

O folhetim é de autoria de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. E Gilberto é um mestre na arte de criar vilões.

Quem nunca ouviu falar de Odete Roitman na novela “Vale Tudo”, de 1988? E de Laura, em “Celebridade”, interpretada por Cláudia Abreu em 2003?

A TV NaTelinha mostra agora pra você os cinco vilões que prometem agitar “Babilônia”.

Assista:

Sete personagens que mudaram para pior e três acertos em “Império”

  • IMPERIO FAMILIA

    Foto tradicional da família Medeiros é a cena final de “Império”

Ao chegar ao final, depois de ser esticada para 203 capítulos, “Império” deixa um gosto de frustração no ar. A novela de Aguinaldo Silva apresentou vários motivos para merecer um crédito de confiança do espectador, mas largou no meio do caminho inúmeros bons assuntos que levantou.

Uma maneira de entender o que “Império” poderia ter sido, mas não foi, é analisando a trajetória de alguns personagens importantes. Reviravoltas são normais em novelas, mas é curioso observar que, na história de Aguinaldo Silva, elas afetaram especialmente os personagens polêmicos, que pretendiam discutir temas “difíceis”.

 Na reta final, como já escrevi, “Império” parece ter virado outra novela. O autor resolveu, sem maiores explicações, uma série de conflitos e situações difíceis, além de ter dado uma solução rocambolesca à trama policial que apresentou.

Novela não tem compromisso com a realidade – um exemplo positivo disso, na minha opinião, foi a divertida cena do casamento de Vicente (Rafael Cardoso). Enquanto esperava a noiva Maria Clara (Andréia Horta), quem apareceu foi a irmã dela, Cristina (Leandra Leal).

O problema é quando uma história com tintas realistas deixa de lado a lógica e a coerência, “traindo” o espectador que acompanhava cada lance acreditando no que o autor estava propondo. Foi o que ocorreu, por exemplo, com a revelação de que Silviano (Othon Bastos) era um grande vilão sob as ordens de José Pedro (Caio Blat), também conhecido como Fabricio Melgaço.

Abaixo a minha lista com sete personagens que mudaram para pior e três acertos em “Império”.

CLAUDIO 

Montagem/Reprodução

Casado, pai de dois filhos, o cerimonialista mantinha vida dupla, sendo amante de um outro homem. José Mayer trocou o eterno papel de galã para viver este personagem ousado, mas rapidamente Aguinaldo Silva recuou e fez Claudio desistir de Léo (Kleber Toledo) para viver com a mulher Beatriz (Suzy Rego). Na última semana da novela, sem explicação, Claudio resolver jogar tudo para o alto e não apenas voltar a viver com Léo como assumir publicamente a relação.

ENRICO 

Reprodução/Gshow

Filho de Claudio, o personagem de Joaquim Lopes se revelou homofóbico ao descobrir que o pai era gay. Por conta do seu preconceito, a vida virou um inferno. Perdeu a noiva, o restaurante em que era chef e a sanidade. Depois de um exílio na Europa, voltou para ver o pai quase ser assassinado por sua causa. O crime teve efeito incrível: de uma hora para a outra, por mágica, Enrico deixou de ser homofóbico.

MAGNÓLIA E SEVERO 

Estevam Avellar/TV Globo

Muito bem interpretados por Zezé Polessa e Tato Gabus Mendes, eles começaram a novela revelando como pais podem explorar de forma sórdida os próprios filhos. O ótimo tema, delicado e atual, provavelmente provocou repulsa do público. Para aliviar, o autor providenciou que a dupla ficasse milionária por acidente e protagonizasse cenas cômicas, em estilo “Zorra Total”. Na penúltima semana, Magnólia e Severo ficaram pobres. Sem nenhuma explicação, a mãe se tornou uma figura doce e legal, enquanto o pai foi punido com a perda da memória

TÉO PEREIRA 

Reprodução/GShow

Por meio do jornalista interpretado por Paulo Betti, Aguinaldo Silva quis denunciar o pior tipo de jornalismo ainda praticado, o de fofocas. O personagem também mostrou os efeitos nefastos da invasão de privacidade causada por sites de celebridades. Cansado, talvez, do seu vilão, o autor o repaginou. Repentinamente, Téo virou um jornalista sério, respeitado.

XANA SUMMER 

Globo/Divulgação

Mais um caso de personagem ousado que, no meio da novela, andou para trás e, no final, de forma súbita, sofreu outra transformação espetacular. O cabeleireiro vivido por Ailton Graça se vestia e se comportava como mulher e tinha interesse em homens. O recuo começou quando a questão da sexualidade de Xana foi tratada como algo sem importância e revelou-se que ele gostava de mulher. Depois, para conseguir adotar uma criança, abandonou o seu modo de ser e vestiu-se como homem. E, no fim, voltou a ser liberal, vivendo um triângulo com Naná (Viviane Araujo) e Antonio (Lucci Ferreira).

SILVIANO 

Reprodução/Império/Gshow

Por 180 capítulos, Othon Bastos interpretou um mordomo recatado, totalmente devotado à patroa, Maria Marta (Lilia Cabral). Sabíamos que havia um mistério entre os dois, mas a revelação pegou todo mundo de surpresa, inclusive o ator. Silviano foi, no passado, marido de Marta. Pior, alguns capítulos depois, a sua reviravolta foi ainda mais radical, ao se revelar que, na verdade, era um dos grandes vilões da história.

JOSÉ ALFREDO 

Paulo Belote/Globo

O melhor de “Império”. Um raro personagem com muitas dimensões, contraditório e carismático. O comendador era bom e mau, honesto e pilantra, cheio de esqueletos no armário, manias engraçadas. Um anti-herói, como reza a boa dramaturgia, nada retilíneo. Vivido com brilho por Alexandre Nero, o personagem levou a novela nas costas e mostrou que Aguinaldo Silva é capaz, ainda, de grandes momentos.

LORRAINE 

Reprodução/Gshow

Como sempre acontece em novela, a personagem ganhou vida e espaço muito em função do excelente desempenho de Dani Barros. Aguinaldo Silva recompensou o talento da atriz com inúmeros desdobramentos, incluindo uma decisiva participação na reta final da trama.

NANÁ 

Reprodução/Gshow

A personagem teve pouco destaque em “Império”, mas mostrou-se um grande acerto a escalação de Viviane Araujo (à esq.), outra aposta do autor. Curiosamente, parte da história de uma outra personagem, a sambista Juju Popular (Cris Vianna) foi inspirada na vida de Viviane.

Caio Blat sobre morte de José Alfredo: espero que as pessoas não me odeiem

jose-pedro-imperio-0402Nesta sexta-feira (13), chega ao fim a novela “Império“, na Globo.

Os últimos momentos da história são muito aguardados pelos telespectadores, fazendo a trama bater recordes de audiência.

Entre os desfechos, todos querem saber qual realmente será o fim de José Alfredo (Alexandre Nero). Tudo caminha para a sua morte, sendo assassinado pelo filho José Pedro (Caio Blat).

Porém, o autor Aguinaldo Silva segue mantendo o mistério em torno da cena.

Em conversa com o jornal Extra, o ator Caio Blat falou sobre a surpresa de descobrir que seu personagem é o grande vilão da novela, Fabrício Melgaço.

Cansado e com hematomas pelo corpo, por causa da agressividade das últimas gravações, Caio afirma que espera que o público não o odeie por matar o protagonista tão querido por todos.

Questionado sobre se ele sabia que era Fabrício Melgaço, Caio Blat revelou: “Não, soube em cima da hora, há poucos dias atrás, não contaram antes nada para gente. Foi uma grande surpesa. Estamos há 48 horas gravando a sequência final que vai ser emocionante. Acho, inclusive, que será muito marcante na minha carreira esse fim de novela”.

Depois, o ator tentou explicar este desfecho escolhido pelo novelista: “Ele recorreu aos clássicos. Essa coisa do amor e ódio entre pai e filho, segundo Freud, é o sentimento mais básico da humanidade desde Édipo, Hamlet… Então, ele fez o clássico do filho rejeitado que nunca teve o amor do pai e decide matá-lo para ocupar o lugar dele. Terminou em tom bem trágico”.

Por fim, deixou sua opinião sobre a morte do Comendador: “Espero que as pessoas não me odeiem (risos). Acho legal Aguinaldo encerrar o personagem, dar um fim a ele. Vai ser muito triste, mas também vai ser marcante. Foi um prazer fazer essa novela. Fazer vilão é muito divertido”.

Em tempo

Através de seu Twitter nesta quarta (11), Aguinaldo Silva tentou manter o mistério em torno da morte de José Alfredo.

“Vocês estão acreditando nessa história de morte? Não vou morrer nunca! Aguardem as cenas finais do último capítulo”, escreveu ele.

Os telespectadores estão revoltados com o desfecho do Comendador, por entenderem que ele sofreu a novela toda e merecia ter um final feliz.

O autor conta que escreveu mais dois finais, que estão guardados a sete chaves. Mas tudo até agora caminha para a morte do protagonista.

Confira outros finais de “Império”

No último capítulo de ‘Império’, José Pedro mata o pai: “Sou o homem que vai matar o rei”

Cena vai ao ar nesta sexta-feira (13), no último capítulo da novela

O último capítulo da novela Império promete ter muito suspense e tragédia. O vilão Maurílio (Carmo Dalla Vecchia) terá um final trágico e será morto por José Alfredo (Alexandre Nero). Após o confronto, o Comendador entrará no esconderijo para salvar Cristina (Leandra Leal) das mãos de José Pedro (Caio Blat). “Foi muita ousadia sua ter me desobedecido”, diz o filho ao ver José Alfredo à sua frente.

josé alfredo imperador

Zé Alfredo (Alexandre Nero) é morto pelo próprio filho.
(Foto: Ellen Soares/Gshow)

O homem de preto reage e garante que não vai cair na chantagem do filho: “Enquanto Josué cuida do Silviano, vou soltar a Cristina e lhe dar a lição que você merece”. Revoltado, Pedro ameaça atirar. “Regicida! Eu sou o homem que vai matar o rei!”, diz Pedro. Ao ver o filho com a arma na mão, Zé Alfredo se revolta: “Melhor dizer ‘parricida’… É assim que chamam o filho que mata o próprio pai. Um dos crimes mais bárbaros que um ser humano pode cometer”.

Zé Pedro (Caio Blat) aponta arma para o Comendador (Alexandre Nero) (Foto: Ellen Soares/ Gshow)

Zé Pedro (Caio Blat) aponta arma para o Comendador (Alexandre Nero).
(Foto: Ellen Soares/Gshow)

Mesmo amarrada em uma cabine de guindaste, Cristina tem uma jogada de mestre e mexe com a estrutura onde o irmão está. Com a queda, José Pedro perde o equilíbrio e vai parar no chão. José Alfredo age rápido, tira a arma de Pedro e o deixa desacordado com uma coronhada.

O Comendador socorre Cristina, enquanto Josué cuida de Silviano (Othon Bastos). “Comendador… É melhor a gente ir embora”, sugere o motorista se distraindo por um momento. É nesta hora que o ex-mordomo saca uma arma e atira no capacho de Zé. Mesmo ferido, o motorista revida e mata Silviano.

Cristina (Leandra Leal) fica desesperada (Foto: Ellen Soares/ Gshow)

Cristina chora diante do corpo de Zé (Foto: Ellen Soares/Gshow)

(Foto: Ellen Soares/Gshow)

Zé Alfredo se desespera ao ver o fiel escudeiro correndo risco de morte. “Melhor a gente ir, sim, tratar estes ferimentos, e mandar a polícia vir buscar José Pedro… Mesmo que ele acorde e fuja, vai acabar sendo encontrado”. Só que Zé é surpreendido por José Pedro, que atira no próprio pai. “Meu pai… Pai! Ele está morto”, grita Cristina aos prantos. A cena vai ao ar nesta sexta-feira (13), no último capítulo de Império.

Cinquenta cidades da Bahia ficam sem luz por problema em subestação

lampadaCinquenta municípios do Oeste da Bahia e na região da Chapada Diamantina ficaram sem luz por conta de um defeito na subestação de transmissão de energia “Bom Jesus da Lapa 2”.

De acordo com o Correio, os municípios ficaram sem energia por mais de duas horas, da noite de domingo (8), às 23h15, até a madrugada desta segunda-feira (9), à 1h41.

O desligamento afetou as seguintes cidades da região: Angical, Baianópolis, Barreiras, Bom Jesus Da Lapa, Boquira, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Caetité, Canápolis, Candiba, Carinhanha, Catolândia, Cocos, Coribe, Correntina, Cotegipe, Cristópolis, Feira Da Mata, Formosa do Rio Preto, Guanambi, Ibipitanga, Ibitiara, Ibotirama, Igaporã, Ipupiara, Iuiu, Jaborandi, Luís Eduardo Magalhães, Macaúbas, Malhada, Matina, Morpará, Muquém São Francisco, Novo Horizonte, Oliveira Dos Brejinhos, Palmas de Monte Alto, Paratinga, Riachão Das Neves, Riacho De Santanta, Santa Maria Da Vitória, Santa Rita De Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Tabocas do Brejo Velho e Wanderley.

O fornecimento de energia começou a ser normalizado às 23h40 deste domingo (8), sendo completamente regularizado à 1h41 da madrugada de hoje. Segundo informações da Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba), a subestação “Bom Jesus da Lapa 2” é de propriedade e responsabilidade da empresa Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa). A reportagem tentou contato com a empresa, mas não obteve resposta.

Confira desfechos dos principais personagens de “Império”

comendador1
A novela “Império” chega ao fim na próxima sexta-feira (13) na Globo, e vários mistérios ainda estão para ser revelados.

A TV NaTelinha mostra agora para você alguns desfechos da trama, que vem alcançando grande audiência na emissora.

Mas atenção! O autor Aguinaldo Silva escreveu finais diferentes para “Império”, sendo que  apenas um deles acabou sendo vazado, onde o protagonista José Alfredo acaba morto.

Acontece que isso gerou um clamor nas redes sociais, fazendo com que o novelista cogite colocar no ar outro desfecho, que está guardado a sete chaves.

Vamos aos principais finais?

Assista:

Em tempo

João Lucas (Daniel Rocha) vai assumir o comando da Império das Joias. Ele fica revoltado com a decisão de Marta de que apenas as mulheres irão se despedir do patriarca. O rapaz resolve ir ao monte, onde encontra o masbaha que Zé Alfredo perdeu no dia em que descobriu que tinham levado seu diamante cor-de-rosa. O rapaz passa a desfiar o masbaha do Comendador, como o pai, e vira o sucessor dele na empresa.

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
ecologicar
mineraz
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia