banner-130
engen22
mineraz
gerado por GADWP 

:: ‘Polícia’

Misericórdia: Jovem leva tiro na boca e sobrevive

tiro na bocaUm jovem de 23 anos sofreu uma tentativa de homicídio em Jequié na manhã deste sábado (27/2), sendo atingido por um disparo de arma de fogo que transfixou a boca, saindo o projétil do outro lado da face e outro disparo que lhe acertou a nuca.

De acordo com informações, o crime ocorreu na Rua 1º de Maio, no bairro Joaquim Romão, e não é a primeira vez que Felipe da Silva Andrade sofre tentativa de homicídio. Felipe já teria sido esfaqueado anteriormente.

A vítima recebeu socorro de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel, com encaminhamento ao Hospital Geral Prado Valadares. Não há informações sobre o estado de saúde do jovem. A autoria do crime também é desconhecida

Não me deixem morrer, diz homem baleado

JVAT

Um homem foi baleado no final da manhã deste sábado (27) na Praça Nilton Rique, em frente ao Shopping da Bahia, em Salvador. A vítima, de prenome Adaílson, de 18 anos, sofreu dois disparos que o atingiram na mão e na nádega. Conforme uma equipe do Bocão News que esteve no local, aflito, o jovem pedia para ser socorrido a qualquer custo. “Não me deixem morrer”, implorava. Ninguém quis comentar o fato.

JVAT1

Ele permaneceu no local até ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu 192). De acordo com policiais militares que estiveram no local, o homem foi atingido por disparos de revólver calibre 38 ou pistola. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

Jovem morre após ser atingido por bala perdida enquanto voltava de Igreja

400px-Pistola380Atirando1Incidente ocorreu durante a noite desta sexta-feira (26), quando o jovem voltava de um culto evangélico em São Tomé do Paripe. Vítima foi levada ao hospital, mas já chegou ao local sem vida

Um homem foi assassinado durante a noite desta sexta-feira (26) enquanto voltava de um culto em uma igreja evangélica. De acordo com as informações da Central de Polícia, o homicídio ocorreu na Estrada da Base Naval, no bairro de São Tomé de Paripe, em frente a empresa Premol, por volta das 21h40.

Givanilson Damasceno, 24 anos, foi atingido por uma bala perdida na coxa. Ainda segundo a polícia, o tiro foi proveniente de uma troca de disparos entre traficantes da região, que ocorria no momento em que Damasceno voltava para casa.

Quando perceberam que o jovem havia sido baleado, quatro dos envolvidos na troca de tiros obrigaram uma pessoa, ainda não identificada, que passava com um carro a socorrê-lo para o Hospital do Subúrbio. Apesar dos esforços, Damasceno já chegou à unidade de saúde sem vida.

Até o momento, não existem informações a respeito de quem eram os traficantes envolvidos na troca de tiros, ou quais facções eles representam.

:: LEIA MAIS »

Idoso de 89 anos é preso por abusar sexualmente de duas meninas

COROA12O aposentado José Menezes Lima, de 89 anos, foi preso por abusar de duas meninas em Aporá, a 191 km de Salvador. O crime teria acontecido em 2005 e as meninas teriam 9 e 10 anos. Ele foi preso na terça-feira, 23, por uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Aporá, que cumpriu mandado de prisão, em uma via pública da cidade. A informação só foi divulgada nesta quinta-feira, 25, pela Polícia Civil (PC).

Na época, as duas vítimas contaram à polícia que o idoso fez um convite para que elas fossem à sua residência, onde, após chegar, começou a tirar as roupas e pedir para que também fizessem o mesmo, acariciando-lhes as partes íntimas. Para que não contassem nada a ninguém, ele deu dinheiro para que comprassem doces.

José cumpriu pena de doze anos, em Salvador, por ter assassinado a própria mulher. Ele foi encaminhado à carceragem da DT/Alagoinhas, onde aguardará transferência para o Presídio de Feira de Santana.

APAIXONADA PELA POLÍCIA: Conheça a jovem que tem tatuagem da PM nas costas, defende os militares e prega “morte aos bandidos”

GuerrerinhoFoto: Taís Ribeiro com o colete a prova de balas da Polícia Militar – Reprodução/Facebook

“Hoje o amor da minha vida completa mais um ano de sua existência”.

Obviamente esta é uma frase recheada de sentimentos. Foi escrita por uma mulher de 21 anos. Ok! Até aí tudo bem. Nada surpreendente. Provavelmente você arriscaria como destinatário da locução apaixonada um namorado, um irmão, um pai ou mesmo um paquerinha.

Se a resposta foi uma destas opções acima lamentamos informar, mas o “chute” passou bem longe. A frase foi escrita por Taís dos Santos Ribeiro e é dedicada à uma instituição: a Polícia Militar do Estado da Bahia. A ocasião do deleite amoroso foi o aniversário da corporação, que em fevereiro de 2016 completou 191 anos de existência.

Mas esta não é a única demonstração de amor de Taís pelos policiais.

A mulher, que largou o curso de enfermagem e hoje trabalha como supervisora de uma loja de materiais de construção, diz não lembrar de onde surgiu a admiração pela PM. “Às vezes me questiono de onde vem esse amor. Nem eu consigo entender”, revela a jovem com os olhos em brilho, durante entrevista ao Aratu Online.

O amor dela pelos policiais vai além das declarações. Pode ser literalmente sentida na pele. Taís tem tatuada nas costas, pouco abaixo do pescoço, em letras bordadas a sigla: PMBA — conforme ostenta em publicações no facebook.

Guerrerinha

Talvez, por ironia do destino, Taís nunca possa servir à instituição. Ela acha que sua altura — apenas 1,48 m — é um impeditivo nas provas físicas.

“Não é certo o concurso desse ano, mas pretendo tentar. É um sonho e de sonho não se desiste. Vamos tentar todas as possibilidades para conseguir ingressar na Polícia Militar. Mas, mesmo não podendo envergar essa farda, me sinto um policial. A polícia está no nosso coração. Eu sou policial de alma e coração, disso pode ter certeza”, fala a menina, que nega andar armada.

Guerreirinha

Mesmo oficialmente fora da corporação, Taís Ribeiro parece fazer parte dela.

Quem já prestou atenção à linguagem policial sabe que os militares constantemente são chamados de “guerreiros”. Esse apelido foi adaptado para Taís pelos próprios agentes. “Foi o pessoal da 81 CIPM [Companhia Independente da Polícia Militar, que cobre a área de Itinga, Lauro de Freitas]. Eu chegava perto deles e falava: ‘e aí guerreiro’. Eles respondiam: ‘e aí guerreirinha’. Ficou até hoje. Tem uns cinco anos ou mais”, lembra.

A “Guerreirinha” afirma que a relação com os agentes da PM é “harmoniosa”. E nega veementemente ter tido algum tipo de envolvimento amoroso com um deles.

“Eles passam na viatura e, às vezes, param somente para falar comigo. Tem policiais que, onde eu estou, param só para me prestar continência [cumprimento militar]. Nunca busquei esse reconhecimento, mas é bom saber que eu amo e também sou amada”.

carinho

 

AMOR PROIBIDO?

Taís prefere não entrar no assunto, mas revela que está sofrendo um processo judicial por defender publicamente a PM baiana — e algumas de suas ações polêmicas, a exemplo do “Caso Cabula — nas redes sociais.

A sociedade me critica por defender a polícia, tem aqueles apelidos que eu recebo, como alemão, mulher de polícia”, lamenta.

Como não bastasse, a admiradora nata da PM diz que está sendo “perseguida pelo Estado”.

“Eu costumo dizer que sou a voz da tropa, porque posso aqui de fora falar o que esses policiais não podem. Imagine se toda sociedade defendesse sua polícia como eu defendo? Com certeza, o estado trataria melhor esses homens. O estado daria melhores condições de trabalho a esses homens. Sofro uma pequena perseguição”, reforça, sem revelar detalhes.

guerreirinha

Insisto em entender o processo sofrido por Taís. Tenho a ideia de questioná-la se a ação está sendo movida pelo promotor David Gallo, famoso por acusar policiais militares no “Caso Cabula”. Na oportunidade, 12 homens supostamente armados foram mortos em confronto com os militares.

“Ele como promotor deveria ter uma postura mais firme defendendo a sua polícia, que é o braço direito do estado. O ser humano David Gallo, eu desconheço, mas como promotor eu tenho esses questionamentos. A forma que ele trabalha, às vezes, amarra as mãos dos policiais militares. Os policiais tem medo de trabalhar, medo de que policial hoje pode ser punido, pode ser preso. Na verdade nossos policiais podem morrer, mas não podem matar. Eles podem levar tiro mas não podem revidar, isso que questiono sempre”.

“A policia é treinada para agir em determinadas situações da melhor forma possível, de forma legal, de forma competente. A nossa polícia trabalha dentro da legalidade, mas uma operação de cinco minutos é decisiva para colocar você no inferno ou tirar você dele”, completa.

IMG_8177[1]

SÉRIE DOZE

O Aratu Online veiculou, durante o mês de fevereiro, uma série de reportagens para falar sobre o “Caso Cabula” por memória de um ano do atentado. Parentes e vizinhos das vítimas, além do Capitão Tadeu (militar ingressado na carreira política) e o advogado dos PMs envolvidos foram procurados para falar.

Defensora dos policiais, Thaís revela que achou injusta a série de reportagens. Em sua página no facebook, que usa constantemente de tribuna para expressar suas opiniões, ela publicou um poema atacando o trabalho jornalístico.

Eis um trecho:

Se liga vagabundo…
Vc que se acha “homi”
Se ficar a RONDESP pega,
Se correr a bala come

Pode ter memorial,pode até ter seriado…
Mais o legado da RONDESP já foi eternizado!!

séérie

Questionada sobre o assunto, ela não fugiu do tema:

“Eu, por amar a Polícia Militar, por já ter enterrado milhares de policiais militares, já vi muita mãe de policial chorar. Não vemos a mídia fazendo homenagens a esses homens que saem de suas casas, que deixam seus filhos pequenos em casa, por toda bravura deles e morrer por uma sociedade que é ingrata, que condena sua polícia. Por que fazer uma homenagem para um bando de vagabundos? Por que bandido tem direito a uma série de reportagens e um policial não tem? O policial militar é o braço direito do estado. Acho injusto”, pontua.

EMOÇÃO

Durante a entrevista na redação da TV Aratu, a jovem, que não revela se tem interesse de ser candidata a cargos públicos, chega a chorar ao falar sobre a corporação. “Quando atiram no policial estão atirando na sociedade. Quando permitem que matem agente de segurança do estado é porque minha vida e sua vida como cidadão não tá valendo porra nenhuma”, diz, pouco antes de se desmanchar em lágrimas.

Fonte: Aratu Online

Veja vídeo:

 

Enquanto PF fazia buscas na siderúrgica, Jorge Gerdau estava no Palácio do Planalto

J GERDAU

Jorge Gerdau Johannpeter, do Grupo Gerdau

Enquanto a Polícia Federal fazia buscas e apreensões na siderúrgica Gerdau, no âmbito da sexta fase da Operação Zelotes, Jorge Gerdau Johannpeter estava no Palácio do Planalto. Ele participava de uma reunião na qual estavam presentes os ministros da Casa Civil, Jaques Wagner, e da Indústria, Comércio e Desenvolvimento, Armando Monteiro, além de outros empresários do setor de aço, para discutir formas de driblar a crise do setor. O ministro interino da Fazenda, Dyogo Oliveira, também estava no encontro.

Jorge Gerdau é um dos principais interlocutores do empresariado com o Planalto e integra o chamado Conselhão (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social), recriado pelo governo para propor medidas que visem o crescimento econômico em meio à recessão. O seu filho, André Gerdau, CEO da companhia, foi alvo de mandado de condução coercitiva na operação. Ele foi intimado a depor ontem em São Paulo sobre as suspeitas de que a siderúrgica tenha tentado sonegar 1,5 bilhão de reais pagando propina a integrantes do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, o Carf. Separado por um andar, Jorge Gerdau não chegou a se encontrar com Dilma.

Secretário analisa aumento de 170% da criminalidade em Conquista

SECRET. SEGU.A reunião da Região Integrada de Segurança Pública, nesta quinta-feira (25) em Vitória da Conquista, serviu como uma grande lavagem de roupa suja, onde Governo do Estado, polícias Civil e Militar, além do Judiciário e Ministério Público tentaram acertar as arestas. O encontro foi realizado a portas fechadas e contou com a presença da cúpula da Segurança Pública Estadual.

No entanto, antes da reunião, o secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, conversou com a imprensa e comentou o aumento de quase 170% no número de homicídios em Vitória da Conquista. “Sabemos que este mês de janeiro foi um mês atípico em detrimento ao mês de janeiro do ano passado, mas é bom que se diga que Vitória da Conquista foi um dos municípios que mais reduziram a criminalidade no ano de 2015 e temos alguns problemas relacionados a disputas entre traficantes”.

O secretário ainda ressaltou que há a necessidade de ter um melhor diálogo com a Justiça, no sentido de definir estratégias para retirar os principais criminosos de circulação. “Temos solicitado um apoio maior do Judiciário e do Ministério Público para que haja um engajamento maior de todas estas instituições no combate ao tráfico de drogas”, finalizou.

Em Vitória da Conquista, o número de pedidos de prisão acatados pela Justiça chega a 25%. Em contra ponto, a relação entre os pedidos apreciados e acatados pela Vara do Juri é alto, ultrapassando a casa dos 90%.

Fonte: Resenha Geral

Bandidos invadem velório em Jequié e abrem fogo

jequiéAs pessoas que se encontravam por volta das 13h30 de quarta-feira (24/2), no interior da Igreja Batista Belém nas proximidades da Avenida dos Operários, em Jequié, onde estava sendo velado o corpo de Bruno Nascimento Souza, 19 anos, assassinado no dia anterior, foram surpreendidas quando dois indivíduos adentraram à igreja e de armas em punho fizeram vários disparos.

Segundo uma testemunha que estava no recinto, um dos autores dos disparos teria pronunciado “Olha ele ali” direcionando os tiros para um determinado local. Ninguém foi atingido. As pessoas fugiram em disparada enquanto os dois indivíduos tomaram rumo ignorado.

No local onde o corpo estava sendo velado surgiram comentários de que um irmão de Bruno estaria jurado de morte. Logo após o ocorrido, foi encaminhado o sepultamento para o Cemitério São Lázaro, no Jequiezinho. Uma viatura da Polícia Militar acompanhou o cortejo e permaneceu em frente ao cemitério. Fonte: Jequié Repórter

Após tiroteio, traficante tomba em confronto com a policia ilheense

Trafica-Ilheus-05-500x511 (1)Após denúncias de populares, a polícia foi em busca de cerca de 10 indivíduos que embalavam drogas para venda no morro Santo Antônio de Pádua, no bairro Nelson Costa, nesta quarta-feira (24), em Ilhéus.

Os policiais foram recebidos a tiros pelos bandidos e revidaram. Rafael da Cruz, um dos maiores traficantes da zona sul de Ilhéus morreu na hora e outros dois homens foram presos.

Na ação, foram apreendidos 2 revólveres de calibre 38, 1 espingarda de calibre 12, além de 1 balança de precisão, significativa quantidade de drogas e material para embalagem. Os demais bandidos conseguiram fugir.

Briga entre estudantes de escola no Pará termina em cenas chocantes. Assista

BRIGA DE ESTUDANTESUm vídeo que mostra uma briga entre alunas de uma escola, em Belém, no Pará, tem chocado internautas após ter sido compartilhado em redes sociais.   Na sequência de imagens, uma jovem é atirada ao chão e agredida até sofrer uma convulsão.

De acordo com informações da Secretaria Estadual de Educação, as cenas de agressão, que aconteceram na última quarta-feira, foram protagonizada por adolescentes matriculados na Escola Estadual Santana Marques, localizada no bairro da Marambaia. Na gravação, duas adolescentes aparecem brigando, trocando tapas. Uma delas, inclusive, está usando o uniforme escolar. Em seguida, uma jovem derruba a outra no chão, monta sobre a rival e defere uma série de socos. BRIGA DE ESTUDANTES1

Outros adolescentes que estão no entorno tentam apartar a confusão depois de verem que a jovem ferida no chão sofre um convulsão. Há gritos. A sequência termina com alguns rapazes tentando prestar socorro à menina. Em redes sociais, internautas se impressionaram com as imagens. “Nossa! É de cortar o coração!”, disse um deles. Outro apontou: “Hoje a nossa sociedade está assim. Dá até nojo. Triste realidade”. Há também quem compartilhe o vídeo dizendo que a jovem que sofreu a convulsão morreu, porém, segundo a Secretaria Estadual de Educação do Pará, todos os envolvidos no caso “já estão em casa e passam bem”.

Ainda de acordo com o órgão, os parentes dos adolescentes já foram informados sobre o ocorrido e foram convocados a comparecer à instituição de ensino. O Conselho Tutelar também irá acompanhar o caso. O motivo da briga não foi informado. A reportagem tentou entrar em contato com os coordenadores da Escola Estadual Santana Marques para comentar o caso, mas não teve retorno. ATENÇÃO: IMAGENS FORTÍSSIMAS

Leia a nota, na íntegra, da Secretaria Estadual de Educação do Pará sobre o ocorrido

Quase 150 mil são convocados pelo Detran e podem ter habilitação suspensa

CNH12Foram só 15 minutinhos a mais no estacionamento Zona Azul e 28 km/h além do permitido na via que renderam uma dor de cabeça “sem precedente” para o servidor público aposentado Jaime Félix, 71 anos. Outro número sem histórico no estado é o de processos administrativos abertos para motoristas que perigam ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa. Jaime é um dos 149.975 motoristas baianos notificados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para comparecer ao órgão a fim de esclarecer o excesso de multas ou o cometimento de infrações graves.

“Eu tenho 34 anos de carteira, nunca bati o carro, nunca atropelei ninguém. Mas agora é assim, tem (câmeras) nos postes multando, na BR-324 o limite é 80 (km/h), aí em Bom Juá passa para 40 (km/h), me pegaram com 68 (km/h) e me multaram. Outro dia fui no banco, tinha 4 horas na zona azul, fiquei 4 horas e 15 minutos e  me multaram. Agora é me defender”, comentou.

Recorrer  

As cartas que notificam a abertura do processo começaram a ser enviadas no final do ano passado. Os condutores que não receberam a correspondência, por dificuldade em serem localizados, receberam o chamado através de uma publicação no Diário Oficial do Estado (DOE), no último dia 2.

E é justamente para isso que o Detran está convocando os condutores: para se defender. Eles têm 30 dias, a contar do recebimento da correspondência (ou da publicação no DOE), para apresentar a defesa por escrito — uma justificativa para cada infração.

Além da possibilidade de ter a carteira suspensa pelo Detran, os motoristas podem voltar à sala de aula para fazer um curso de reciclagem. “No processo, são julgados o tipo de infração, o histórico do condutor: se ele é reincidente, um infrator contumaz ou se houve uma excepcionalidade”, explicou o major Luide Souza, coordenador do Detran.

Dentro do período de 12 meses, o condutor pode acumular até 20 pontos na CNH. Segundo o major Luide, geralmente, as pessoas confundem o período de um ano com o ano em curso. “Tem quem ache que em janeiro os pontos zeram. Não. O ponto só deixa de ser contabilizado (dentro do limite) quando a infração faz aniversário, digamos assim”, detalhou.

Estão sendo chamados não somente os motoristas que “avançaram o sinal” dos 20 pontos no período de 12 meses. Quem cometeu infrações consideradas graves ou gravíssimas, as chamadas infrações diretas, ou seja, que podem gerar pedido de suspensão imediata do direito de dirigir, como participar de ‘pega’ ou conduzir sob efeito de álcool.

“Quem é pego em blitz de alcoolemia já pode ter um processo de suspensão do direito de dirigir aberto. No caso dos motociclistas, a infração direta mais frequente é não usar o capacete e a terceira mais recorrente é exceder o limite de velocidade da via em mais de 50%”, avisou o major.

Desencavados

O balconista Ítalo Santana Pires, 29, tomou um susto quando recebeu a notificação referente a multas de 2013. “Foram duas multas por não estar com o capacete. Uma não foi minha, foi de uma moto que eu havia vendido e já teve a transferência. A outra, eu já havia pago e achei que não havia mais problemas”, alegou.

E o expressivo número de notificados do final de 2015 é uma novidade. “Por ano, era mil ou duas mil notificações. Percebemos que este ano a diretoria pegou todos os processos do arquivo e botou à tona”, comentou Abelardo Filho, presidente do Sindicato das Auto-Escolas e Centros de Formação de Condutores do Estado (Sindauto-BA).

Esse processo de tirar a poeira do arquivo de processos também causou estranheza em alguns condutores que foram ao Detran, ontem. Alguns se queixavam de multas de 2013 e 2012, pois acreditaram que elas já haviam sido esquecidas. Questionado sobre o assunto, o major Luide afirmou que a abertura do processo é legal, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. “A lei prevê um prazo prescricional de 5  anos. Estamos fazendo o levantamento de quem está nesse perfil (desde 2011)”.

O que fazer

:: LEIA MAIS »

Menino fica desfigurado após ser usado em ritual de magia negra pela própria família

MAGIA NEGRAUm menino de cinco anos foi internado na Santa Casa de Campo Grande (MS) na noite desta terça-feira, 23, após visita do Conselho Tutelar.

Em nota, a Santa Casa de Campo Grande informou que a criança está consciente e será submetida a um procedimento para “drenagem cirúrgica de abscesso extenso na orelha esquerda”. O hospital também confirmou “sinais de comprometimento visual” e “extensa queimadura em face e pescoço”.

Segundo a polícia, os tios-avós confessaram o crime e disseram que utilizavam a criança em rituais de magia negra, para obter prosperidade. As duas filhas do casal não sofriam maus tratos.

À polícia, a tia contou que recebia “entidades” e “espíritos” e que batia na criança a mando deles. Entre as agressões cometidas estavam queimaduras com água quente no rosto, orelhas e pescoço e socos e pancadas.

COMARCA DE ITORORÓ: JUSTIÇA CRIMINAL DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE INDIVÍDUO QUE CONFESSOU TER ABUSADO DE PELO MENOS 12 CRIANÇAS…

ESTUPRADOR-DE-ITORORÓ-UEMISSONO Juiz da Comarca de Itororó Dr. Rojas Sanches expediu na manhã desta terça-feira, 23, o pedido de prisão preventiva em face da acusação de estupro de vulnerável cometida por Uemison Figueiredo Damaceno de 26 anos.

Uemison foi preso em um bar na região da Mantiqueira em Itororó na última segunda-feira, 22, por Dr. Frank Nogueira, delegado titular da 21ª Coorpin de Itororó e por agentes militares do 4º Pelotão após uma mãe ter afirmado que seu filho de 7 anos havia sido estuprado por Uemison. Um vídeo intimo feito pelo homem foi apresentado na delegacia como a prova do crime.

Ao ser ouvido por Dr. Frank, Uemison afirmou que abusou sexualmente de 12 crianças que residem em Itororó, Rio do Meio, Itati e Zona Rural. Além disso, afirmou também que se aproximava dessas crianças através das redes sociais (WhatsApp e facebook) e que depois de convencer esses menores a se encontrar com ele, Uemison consumava o ato. O homem que admitiu sentir desejo por crianças usava um perfil falso no facebook e em muitas conversas ele falava sobre pornografias e mentia a idade para atrair suas vítimas. Uemison que deverá responder pelos crimes de estupro de vulnerável e pedofilia está preso na carceragem da delegacia de Itororó e a disposição da Justiça.

Informações do Blog Itororó Já

Defensoria Pública denuncia superlotação dos presídios baianos

presos em cela
Minimizar a superlotação em diversos presídios da Bahia. Esse é o objetivo de uma força-tarefa iniciada pela Defensoria Pública do estado. Segundo o órgão, em grande parte das unidades, a quantidade de internos chega a ser três vezes maior do que a capacidade real do presídio, muitas vezes, porque inúmeros presos sentenciados estão misturados aos que ainda aguardam julgamento.

Essa situação é decorrente de dois fatores. O primeiro se refere ao grande número de processos parados na justiça, com detentos que não foram julgados, mas dividem celas com aqueles que já foram sentenciados. Em relação a isso, a ação da Defensoria Pública está buscando identificar os casos que estão parados.

O outro fator se refere ao fato de algumas unidades prisionais do estado estarem sem funcionar, como é o caso de Vitória da Conquista. “Enquanto muitos presídios estão superlotados, o estado está com vários espaços de detenção prontos e ainda não utilizados”, denuncia o coordenador das Defensorias Pública Regionais, Alter Fonseca Júnior, em entrevista ao Joral A Tarde.

Além da unidade de Vitória da Conquista, com capacidade para 533 homens e 286 mulheres, ainda não foram inaugurados o Centro de Detenção Provisória de Barreiras e presídio de Irecê, que vai oferecer 533 vagas masculinas.

:: LEIA MAIS »

MP quer saber por que marido de pastora também não foi assassinado

Pastor do BarraO caso que chocou a população de Vitória da Conquista está sendo acompanhado de perto pelo Ministério Público de Vitória da Conquista.

O assassinato da Pastora Marcilene Oliveira Sampaio, 38, e a prima dela, Ana Cristina Santos, 36, ainda não está totalmente esclarecido, segundo explica o promotor José Junceira, em entrevista coletiva concedida a imprensa na manhã de hoje (quarta-feira) e acompanhada pelo Blog do Rodrigo Ferraz.

Um dos pontos que ainda intriga o MP é o porque do marido da pastora, Carlos Eduardo, também não foi assassinado junto com as duas mulheres.

Ouça a entrevista na íntegra:

Fonte: Blog do Rodrigo Ferraz

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
ecologicar
mineraz
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia