banner-130
engen22
mineraz
gerado por GADWP 

:: ‘Polícia’

Ministério Público nega que tenha inocentado o pastor Edimar

DSC_0511Nesta quarta-feira (24), o promotor de Justiça José Junseira, responsável pelo caso envolvendo a morte da pastora Marciele e Ana Cristina, concedeu coletiva à imprensa para desmentir a informação de que tenha inocentado o pastor Edimar. A informação circulou por alguns blogs regionais, após a apresentação da denúncia dos três acusados pelo duplo homicídio.

“Saiu na imprensa que o Ministério Público teria isentado o pastor Edimar da responsabilização pelos crimes a ele atribuídos. Longe disso. Edimar, Fábio e Adriano foram denunciados pelo duplo homicídio de Marciele e Ana Cristina. O que o Ministério Público fez foi devolver os inquéritos, no que diz respeito a tentativa de homicídio de Carlos Eduardo [esposo da pastora Marciele].”, esclareceu o promotor.

Ainda segundo Junseira, há a necessidade de muitos laudos serem anexados ao processo. “Precisamos dos laudos cadavéricos, laudo do local do crime. Ainda há algumas perguntas que precisam ser respondidas. […] Não se identificou ainda o porquê dele [Carlos Eduardo] não ter sido morto pelos denunciados”, concluiu o promotor.

Mesmo com a devolução do inquérito referente à tentativa de homicídio de Carlos Eduardo, o Ministério Público acredita que os três acusados possam ser julgados ainda este ano. A pena pode chegar a 30 anos.

Vale ressaltar que o BLOG DA RESENHA GERAL divulgou trechos da denúncia apresentada pelo Ministério Público em primeira mão. Na reportagem, publicada no dia 17 deste mês, fica explícito que o promotor não inocenta nenhum dos três acusados. “Segundo o MP-BA, os denunciados agiram ‘em conjunto e com unidade de propósito’”, destaca a matéria.

Fonte: Resenha Geral

LADRÃO MORRE APÓS TOMAR MOTO DE ASSALTO E BATER EM GUARDRAIL

daniel-assaltante-morto-colisãoO suspeito, identificado apenas como Daniel, 19 anos, morreu após bater a motocicleta que tinha acabado de roubar. Ele e seu comparsa subtraíram o veículo da vítima na Av. Frei Benjamim. O roubo ocorreu por volta das 20h desta terça-feira, 23.20160223171709

A dupla fugiu em alta velocidade, mas acabou colidindo no guardrail [barreira de proteção que estabelece os limites da pista] próximo a rodoviária. O comparsa de Daniel conseguiu fugir. Ele não teve a mesma sorte e ficou gravemente ferido com fratura na perna e hemorragia interna grave.

Daniel chegou a ser socorrido pelo Samu 192, mas acabou morrendo após dar entrada no hospital de base.

Além da motocicleta, no local do acidente os militares encontraram alguns pertences da vítima.

Fonte: Blitz Conquista

POVO REVOLTADO: POPULAÇÃO JOGA LIXO NA CÂMARA DE VEREADORES

CÂMARA ITACARÉNesta terça-feira (23) os moradores de Itacaré, realizaram um protesto contra os vereadores da cidade jogando lixo na Câmara Municipal. O grupo, indignado com a falta da coleta de lixo, jogaram lixo na porta e dentro da câmara.

Por conta do protesto a sessão foi encerrada, sendo que a porta de vidro foi quebrada pelos manifestantes.

Segundo informações, já tem uma semana que os moradores estão se coleta de lixo, e o protesto foi para manifestar a insatisfação com a postura dos vereadores.

Fonte: Políticos do Sul da Bahia

careee

care

Jovem atira em ex-namorada e depois se mata no AC, diz polícia

Hanna

Hanna Júlia, à esquerda, e Itamila Souza, à direita, foram achadas feridas a tiros em apartamento em Cruzeiro do Sul (Foto: Reprodução/Facebook)

Crime ocorreu na noite desta segunda-feira (22) em Cruzeiro do Sul.
Hanna Júlia está na UTI e prognóstico é irreversível, informa hospital.

A jovem Hanna Júlia Oliveira, de 18 anos, está em estado grave na UTI do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, após ter sido atingida com um tiro na cabeça. De acordo com a polícia, Hanna teria terminado um relacionamento com Itamila de Souza, também de 18 anos, que não aceitou o fim e a manteve refém em um apartamento até o momento do crime nesta segunda-feira (22). Depois de atirar na ex-namorada, Itamila cometeu suícidio.

A polícia informou que Hanna recebeu uma mensagem de Itamila para que se encontrassem no apartamento de um amigo. Após uma discussão, os vizinhos chamaram a polícia ao ouvirem disparos de arma de fogo.

“A Itamila manteve a Hanna trancada em um quarto. Porém, em um determinado momento, a menina conseguiu avisar a um amigo, que chegou a ir no local, mas foi ameaçado por Itamila por uma arma. Quando a polícia entrou no apartamento, encontrou as duas com tiros na cabeça e muito sangue. Tudo indica que Itamila atirou em Hanna e depois se matou”, explica o comandante da PM na cidade, major Lázaro Moura.

As duas adolescentes foram socorridas ainda com vida, mas Itamila morreu ao dar entrada no hospital. Já Hanna Júlia permanece na UTI, mas, segundo o diretor do hospital, Marcos Melo, “o prognóstico é irreversível”.

A suspeita é que o crime tenha sido passional, segundo a Polícia Militar. “A Hanna tinha um caso amoroso com a Itamila e as duas tinham se separado.

:: LEIA MAIS »

Sete baianos estão sob investigação na Lava Jato

7bCom a decretação da prisão temporária do publicitário João Santana expedida, nesta segunda-feira, 22, na 23ª fase da Operação Lava Jato – intitulada Acarajé -, sobe para sete o número de baianos investigados sob acusação de terem recebido dinheiro de empreiteiras em contratos superfaturados da Petrobras. No caso de Santana, a suspeita é de que o publicitário teria sido pago pela Odebrecht, por serviços prestados ao PT, com propina oriunda de contratos com a petrolífera.

Os outros investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal (PF) são o vice-governador da Bahia, João Leão, o  ex-ministro das Cidades e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Município (TCM) Mário Negromonte, e os deputados federais Mário Negromonte Júnior e Roberto Britto – todos eles filiados ao PP.

Neste grupo também estão o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, preso em Curitiba desde junho do ano passado na Superintendência da Polícia Federal, e o ex-deputado federal  Luiz Argôlo (ex-PP e ex-SD).

Argôlo foi o único baiano, até agora, julgado e condenado a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele cumpre pena no Complexo Médico-Penal (CMP), na Região de Curitiba, desde novembro passado.

O juiz Sérgio Moro considerou que ele recebeu e ocultou (lavou) mais de R$  1,4 milhão em propina paga por empreiteiras fornecedoras da Petrobras à Diretoria de Abastecimento da estatal, então comandada por Paulo Roberto Costa.  O dinheiro foi repassado ao ex-parlamentar pelo doleiro Alberto Youssef, um dos delatores da Operação Lava jato.

Marcelo Odebrecht está  Preso em Curitiba (PR) desde junho de 2015. Ele é acusado de comandar uma organização criminosa que desviou, por meio de esquema de corrupção na Petrobras, R$ 300 milhões. O ex-presidente da Odebrecht depôs, nesta segunda, no caso João Santana, já que a polícia suspeita que ele teria controle sobre supostos pagamentos feitos ao marqueteiro no exterior.

O vice-governador e secretário de Planejamento da Bahia, João Leão, é uma das lideranças e parlamentares acusados de terem recebido dinheiro do Petrolão. Leão nega as acusações e diz ser leviano envolver seu nome sem provas.

Em depoimento de delação premiada à Justiça Federal, Youssef afirmou que o ex-ministro das Cidades, Mário Negromonte, e outras lideranças do Partido Progressista – caso de Leão  – recebiam, por mês, entre R$ 250 mil e R$ 500 mil.  Negromonte nega as acusações contra ele.  Já a bancada do PP na Câmara Federal, entre os quais Roberto Britto, receberia entre R$ 1,2 milhão e R$ 1,5 milhão por mês.

O filho do conselheiro do TCM também  é investigado. Em dezembro de 2015,  o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal , incluiu o deputado federal Mário Negromonte Júnior  no rol de investigados.

Sete mandados de busca :: LEIA MAIS »

Bahia é o estado com maior número de homicídios do país, aponta estudo

400px-Pistola380Atirando1

Cerca de 5,5 mil pessoas foram assassinadas no estado em 2014

Um estudo realizado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais apontou a Bahia como o estado que computou o maior número de mortes por arma de fogo no Brasil em 2014. O estudo objetivava a construção de um Mapa da Violência no país e apresentou um crescimento de 400% nos homicídios nos últimos 30 anos. As vítimas, em sua maioria, são homens, jovens e negros.

“Todos nós nos horrorizamos com o massacre do Carandiru, onde no fim do século passado morreram 111 detentos fuzilados no presídio do Carandiru. Foi um escândalointernacional, mas em nosso país, todos os dias acontece um Carandiru e meio, exatamente um Carandiru e meio, e ninguém se preocupa”, explicou Júlio Waiselfiesz, coordenador dos estudos sobre a violência.

De acordo com dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), 5.450 homicídios ocorreram na Bahia em 2014, 840 a mais que o Rio de Janeiro. No estudo coordenado por Waiselfiesz, o estado do Sudeste aparece na terceira colocação, enquanto o Ceará, outro nordestino, é o segundo.

FUNCIONÁRIO DE EMPRESA DE ÔNIBUS DENUNCIA SUPOSTO ASSALTO E ACABA PRESO COM PARTE DO DINHEIRO…

preso na rotaApós o registro de roubo qualificado de um malote contendo a quantia de R$ 12.000,00 (doze mil reais) da empresa de ônibus intermunicipal Rota Transportes e Cidade Sol, o SI (Serviço de Investigação) da DT – Delegacia Territorial de Itapetinga investigou o fato, elucidando o crime, comprovando que o gerente José Reis Neto Ribeiro, se apropriou da referida quantia, bem como noticiou falsamente o crime para acobertar seu desfalque.

A equipe do delegado titular Roberto Júnior ainda conseguiu recuperar a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), parte do valor subtraído, uma vez que o restante foi utilizado pelo autor.

José Reis Neto, recebeu voz de prisão e foi conduzido para a DT de Itapetinga, onde foi lavrado o APF (Auto de Prisão em Flagrante)  por infração ao art. 168, parágrafo primeiro, inciso III c/c art. 340, ambos do CP.

Art. 168 – Apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a detenção: Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.  Art. 340 – Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado: Pena – detenção, de um a seis meses, ou multa. Auto-acusação falsa.

Dr. Roberto Júnior – delegado titular de Itapetinga que estava na DT, responsável pelo plantão da Unidade Policial, não mediu esforços e mobilizou a equipe do S.I da COORPIN para conseguir efetuar a prisão de José Reis Neto Ribeiro, em flagrante.

Fonte: Itapetinga na Mídia!

APF ROBERTO JÚNIOR (1)APF ROBERTO JÚNIOR (3)

 

MÃE DA JOVEM QUE MORREU, DEPOIS DE TER 80% DO CORPO QUEIMADO, PEDE INVESTIGAÇÃO NA MORTE DE LUANA…

Luaninha1Faleceu na madrugada da última sexta, 19/02/16, no HGVC – Hospital Geral de Vitória da Conquista a moradora do Distrito de Bandeira do Colônia – pertencente ao município de Itapetinga, a jovem Luana Almeida dos Santos, 19 anos.

Luana sofreu um AVC e foi encaminhada para a UTI da unidade hospitalar, porém, não resistiu e veio a óbito. A primeira notícia é que Luana teria tentado cometer um  suicídio, ateando fogo em seu próprio corpo e por isso estava internada desde o último sábado, 13.

O CASO…

Segundo os familiares Luana estava em casa por volta das 23:30hs, acompanhada do seu esposo e dos seus 3 filhos quando despejou um frasco inteiro de acetona em seu corpo e ateou fogo. O fato aconteceu na cozinha da casa enquanto o marido assistia televisão na sala.

Desesperado, o esposo de Luana tentou apagar o fogo e acionou o SAMU local, que após realizarem os primeiros socorros encaminharam a vitima para o Hospital de Base de Vitória da Conquista.

Após avaliação médica a família de Luana soube que a jovem teve grande parte do seu corpo queimado e por isso o estado dela era considerado gravíssimo. A princípio Luana seria transferida para a capital do Estado, mas, o corpo clínico do Hospital de Base conseguiu um leito que se adeque às necessidades da jovem e neste momento ela passa por exames e procedimentos médicos.

Muito abalada a mãe de Luana afirmou que a jovem não apresentava sinais de depressão e que também não sabe afirmar o motivo da tentativa de suicídio cometido pela filha.

Colaboração: Blog Itororó Já / 21ª COORPIN…

MÃE DE LUANA PEDE INVESTIGAÇÃO DE SUA MORTE…

Na manhã desta segunda-feira, 22/02/16, a mãe de Luana, ainda muito abalado, chorando muito, acompanhada de outros familiares, esteve no Complexo Policial de Itapetinga (Delegacia Territorial) para comunicar oficialmente a morte de sua filha, fato que ocorreu na última sexta-feira, 19/02/16, em Vitória da Conquista, como também esteve no Cartório da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde solicitou que a Polícia Civil instaurasse Inquérito Policial para apurar as circunstâncias da morte de sua filha Luana Almeida, mãe de três filhos.

D. Luciene Almeida foi interrogada pelo escrivão de polícia Walmir Freitas, a qual alegou que não aceita o fato de sua filha ter tentado contra a própria vida, pois não era depressiva e não apresentava nenhum distúrbio mental, psicológico, que era uma boa mãe.

Existem outros detalhes no Interrogatório de D. Luciene Almeida que por enquanto, não podem ser divulgados para não atrapalhar as investigações. De imediato, Dr. Roberto Júnior baixou Portaria para instauração de Inquérito Policial que vai apurar o fato…

Reportagem: Sizinio Neto…

URGENTE: Ministério Público Estadual isenta “pastor” Edimar do duplo homicídio em Conquista

Pastor conInvestigações do MPE apuraram que os executores foram Adriano Silva dos Santos e o ex-pastor Fábio de Jesus Santos.

Apontado por comparsas como mentor e executor do assassinato a pedradas de duas evangélicas no dia 19 de janeiro de 2016, em Vitória da Conquista, o pastor Edimar da Silva Brito, 37, ficou isento da autoria do duplo homicídio na denúncia feita pelo MPE (Ministério Público do Estado) à Justiça.

As investigações policiais levaram o MPE a apontar como autor do crime o vigilante Adriano Silva dos Santos, 36. O outro envolvido no duplo homicídio é o ex-pastor Fábio de Jesus Santos, 34, dono do veículo usado para cometer os assassinatos.

A denúncia foi feita no dia 12 de fevereiro e até esta sexta-feira (19) a Justiça ainda não havia decidido se a aceitaria ou não. Caso aceite, Edimar, Fábio e Adriano, atualmente presos no presídio Nilton Gonçalves, em Conquista, responderão por duplo homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e com recurso que impossibilitou a defesa das vítimas). O vigilante Adriano ainda responderá por porte ilegal de arma. Quando foram presos, ainda em flagrante, Fábio e Adriano colocaram a culpa, diante da imprensa, no pastor Edimar, como mentor e executor do crime.

Segundo a denúncia do MPE, no dia do crime ele aproveitou que estava sozinho com as vítimas – a pastora Marcilene Oliveira Sampaio, 38, e a prima dela, Ana Cristina Santos, 36 – para executá-las. “O denunciado Adriano, que portava um revólver, determinou que elas deitassem no chão, momento em que, aproveitando-se da impossibilidade de defesa das vítimas, deferiu-lhes vários golpes na cabeça e na face, com um bloco de concreto”, afirma a denúncia do MPE, assinada pelo promotor José Junceira.

De acordo com a denúncia, o crime ocorreu por vingança, após a pastora Marcilene e o marido, Carlos Eduardo de Souza, 50 (também pastor), saírem da igreja de Edimar por desentendimento e fundarem um novo templo. Edimar perdeu vários fiéis e, consequentemente, muito dinheiro do dízimo. Carlos Eduardo de Souza era outro alvo dos criminosos, mas conseguiu escapar após ser espancado. O que aconteceu realmente na noite do crime ainda está confuso. O blog tentou contato com o promotor José Junceira durante a semana, mas ele estava em viagem.

Segundo o blog da “Resenha Geral”, a denúncia do promotor fez o seguinte relato sobre o caso: “Após abordar as vítimas, Edimar saiu no veículo pertencente a Fábio – um Versa – com Carlos Eduardo e Fábio seguiu com a L200 de Carlos Eduardo, ambos em direção ao município de Barra do Choça. Fábio abandonou a L200 [numa área de zona rural] e retornou em direção a Conquista dentro do veículo em que estava Edimar e Carlos Eduardo. Já Adriano ficou na estrada com as vítimas Marcilene e Ana Cristina”. À Polícia Civil, Carlos Eduardo relatou que era a todo momento espancado por Edimar.

Mas porque ele não reagiu quando estava sozinho dentro do carro com o pastor, que não estava armado, já que a arma estava com Adriano? Por que ele só fez algo na volta, com três pessoas dentro do carro, quando, mesmo espancado, teve forças para desviar a direção do veículo e provocar uma batida? Outra pergunta: a defesa de Edimar afirma que em todo momento Adriano intimidava o pastor preso com revólver. E por que Edimar voltou ao local do crime para pegar o vigilante, na volta para Conquista? Este fato, por si só, demonstra um conluio entre os três.

Segundo o G1, O promotor José Junceira solicitou à Polícia Civil uma investigação mais detalhada para entender o por quê do marido da pastora também não ter sido morto junto da companheira e da prima dela. “No caso do Carlos Eduardo, eu devolvi o inquérito para a polícia para saber por que ele não foi morto também. Também falta a conclusão de alguns laudos para esclarecer por completo o que ocorreu no dia do crime. Mas que os três [suspeitos presos] têm participação na ação não resta dúvida” afirmou.

Fonte: G1

Mulher é presa após amante mandar matar marido: ‘Ela sabia’, diz polícia

MULHER CA esposa de um carteiro da cidade de Itamaraju, no sul da Bahia, foi presa na quinta-feira (18) após a polícia descobrir que o amante da mulher mandou matar o marido dela. Segundo a polícia, a situação é um triângulo amoroso e a mulher sabia da intenção do mandante do crime de matar o carteiro.

A vítima foi atingida por dois tiros, um no rosto e outro no abdômen. Ele foi encaminhado para o Hospital Geral de Teixeira de Freitas, também no sul do estado, e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O autor dos disparos confessou o crime e está preso em Itamaraju. O suposto mandante está foragido.

Conforme o delegado que investiga o caso, Marco Antônio Neves, a mulher havia saído da casa do marido, mas ainda mantinha a relação com ele e também com o amante, um ex-presidiário acusado de tráfico de drogas. De acordo com a polícia, o atirador foi colega de cela do mandante do crime.

“O amante pediu que ela deixasse o marido, que não seria capaz de aceitar ela com outro homem. Ainda assim ela manteve os dois. O amante disse que se ela não deixasse o marido, o mataria. Ela continuou com a dupla relação e, enquanto isso, o marido dela recebia ameaças. Ela sabia que o crime aconteceria porque o mandante dizia o tempo inteiro que iria matá-lo”, relatou Neves em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (19).

De acordo com a polícia, a mulher foi presa enquanto acompanhava o marido no hospital. Em depoimento à polícia, a mulher informou que estava casada há 14 anos com a vítima e, juntos, tinham uma filha de 12 anos. O suspeito de ser o mandante do crime permanece foragido.

Polícia investiga se jovem foi morto em ritual satânico

stA delegacia do município de Alcobaça, no extremo sul da Bahia, apura a morte de um jovem de 23 anos que foi encontrado em uma zona rural, na madrugada de quarta-feira (17), cercado de simbologias que podem estar vinculadas a rituais satânicos.

O caso ocorreu no distrito de Pedra D’Água II. De acordo com o delegado Marco Antônio Neves, que atua no município, ao lado do corpo da vítima foi encontrado escrito no chão o nome “Satanás”. Além da palavra, Neves detalha que o homem estava com os braços abertos, em posição de crucificação, como também com galhos de árvores cravados no olho e no ouvido. “Estamos procurando informações sobre a existência desses rituais naquela região.

Essa possibilidade [de ter sido um ritual satânico] é uma hipótese, mas não descartamos nada. Há a possibilidade de alguém querer disfarçar a cena do crime”, alerta o delegado. Conforme Marco Antônio Neves, o jovem encontrado morto já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas, como também por tentativa de assalto contra um policial. Ele chegou a ser preso e libertado em agosto de 2015. O corpo do jovem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas, onde foi necropsiado e reconhecido por familiares. O caso continua sob investigação. Ninguém foi preso.Fonte: G1

Três irmãos são mortos a tiros dentro de casa

irmãosTrês irmãos foram mortos a tiros dentro de casa em São João do Cabrito, na noite desta quarta-feira (17). As vítimas, Elias Nascimento Brito dos Santos, 19 anos, e os dois irmãos adolescentes, João Mateus Brito dos Santos, 17, e Tiago Nascimento Brito dos Santos, 16, foram surpreendidos dentro da residência onde moravam com o pai e foram alvejados diversas vezes.

O triplo homicídio aconteceu na Travessa Noroeste, transversal à Rua dos Ferroviários, por volta das 20h. Segundo informações da Central de Polícia, as três vítimas foram baleadas dos pés a cabeça, e não foi possível contar a quantidade de perfurações nos corpos.

Fragmentos de projéteis ficaram espalhados pelos cômodos da casa, mas a quantidade de sangue não permitiu que a polícia identificasse de imediato qual tipo de arma foi utilizado no crime.

Testemunhas informaram à polícia que cinco homens chegaram ao local e três deles invadiram a casa e dispararam contra os jovens. Segundo a polícia, apenas o adolescente de 16 anos tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Os outros dois irmãos não teriam envolvimento com a criminalidade. Nenhum deles tinha passagem pela polícia.

O adolescente de 16 anos estudava, mas os outros dois não estudavam, nem trabalhavam. Por meio de nota, a Polícia Militar informou que uma guarnição da 14ª CIPM foi encaminhada para o local e socorreu as vítimas para o Hospital do Subúrbio, mas elas não resistiram aos ferimentos e já chegaram à unidade sem sinais vitais. Os policiais fizeram buscas pelo local, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Disputa

:: LEIA MAIS »

Parabéns PM-BA: PM completa 191 anos de serviços prestados à população baiana

PM-BAA Polícia Militar da Bahia (PMBA) completa 191 anos de serviços prestados à sociedade baiana nesta quarta-feira (17). Presente nos 417 municípios do estado, a corporação vive o dia a dia dessas cidades representada pelos seus policiais militares que atuam diretamente nas comunidades.

Acompanhando as transformações da sociedade, a preocupação da corporação se estendeu ao desenvolvimento de ações sociais, através de projetos educacionais em escolas, a exemplo do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), e atividades de inclusão social (esporte, lazer e cultura) como as desenvolvidas nas bases comunitárias de segurança.

“PM e comunidade na corrente do bem resume o sentimento e desejo da corporação em construir uma polícia, cada vez mais próxima e participativa”, destaca o comandante-geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão. A solenidade comemorativa acontece em abril, mês de homenagem a Tiradentes, patrono das polícias militares do Brasil. Fonte: Ascom/Polícia Militar da Bahia (PMBA).

Com muita satisfação, faço relembrar a todos que a exatos 191 anos foi criada, pela Majestade Imperial, a nossa briosa Polícia Militar.

Bafafá: Suposto ladrão é agredido por populares e obrigado a correr nu em rodovia. Assista

nuO vídeo de um suspeito sendo obrigado a andar nu por uma estrada de Rondônia tem repercutido na internet. Assista:

Segundo informações de usuários nas redes sociais, o homem teria roubado algumas pessoas no distrito de Jaci-Paraná, em Porto Velho, e acabou sendo agredido por moradores do local.

Na gravação postada nesta segunda-feira (15), o suspeito é seguido por motociclistas em uma rodovia. Na ocasião, ele é obrigado a repetir a frase de que o local não é lugar para bandido e que nunca mais irá voltar. Em outro vídeo, várias pessoas agridem o homem com um facão. Após o flagrante ser postado no Facebook, várias pessoas comentaram o post defendendo a atitude dos moradores. “Tem gente com pena leva essa desgraça pra casa e cria ele: chega de bandidos, noiados tacale pau”, disse um homem sobre a agressão do suspeito.nu1

Comentários na internet defenderam atitudes de moradores. Em outro comentário, um homem escreveu: “vagabundo tem que educar assim”.  Na postagem, uma mulher incentivou que outras pessoas agredissem infratores: “vamos começar pelo governo, depois prefeito e assim sucessivamente. O que vcs acham? Ia ser muito legal”, afirma.

Segundo a Polícia Civil e Polícia Militar, nenhum boletim de ocorrência foi registrado sobre os furtos e roubos relatados pelos usuários em Jaci-Paraná. O homem que aparece sendo agredido e depois obrigado a andar sem roupas pela estrada ainda não foi identificado.

Investigação

O secretário Estadual de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Antônio Carlos, disse não ter assistido o vídeo ainda, porém determinou uma investigação sobre a tentativa de linchamento. “Uma investigação sobre esse vídeo será feita para que possamos identificar quem agrediu esse rapaz, para que então essas pessoas possam ser punidas pela Justiça”, informou Antônio. O secretário disse ainda que esse tipo de comportamento é repudiado por ele e pelas autoridades. “Não apoiamos esse tipo de situação, pois existem instituições que podem aplicar a punição necessária, é crime fazer justiça com as próprias mãos”, esclareceu Antônio.

ITAPETINGA: DELEGADO DA POLÍCIA CIVIL DR. ROBERTO JUNIOR SERÁ O ENTREVISTADO DO JORNAL DA CIDADE (CIDADE FM 94,3) DESTA QUARTA (17)

DR. ROBERTO JUNIOR

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
ecologicar
mineraz
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia