O ex-jogador Daniel Alves devolveu o valor de 150 mil euros, aproximadamente 800 mil reais, à família de Neymar. O valor emprestado foi usado pelo atleta para reduzir a pena no caso de estupro a uma jovem em uma boate em Barcelona. A informação foi divulgada pela CNN, nesta quarta-feira (10), após confirmação de quitação, feita pelo estafe do ex-jogador.

A taxa conhecida como “atenuante de reparação de dano causado” foi transferida para a justiça espanhola, e posteriormente, destinado à vítima para a redução dos danos causados.  Daniel Alves estava sem acesso aos seus bens financeiros desde a prisão preventiva em dezembro de 2022.

Nesta quarta, o Tribunal de Justiça de Barcelona

rejeitou  os recursos que pediam a volta de Daniel Alves para a cadeia. O jogador seguirá em liberdade até que aconteça o julgamento final do caso. Os pedidos contra a liberdade provisória foi feito pelo Ministério  Público espanhol e pela defesa da jovem, que acusa o brasileiro de estupro.

RK