banner-130
atacadao-tinao-170
engen22
beijo-gelado3
expor-flor2
sorveteria-pericles
frigosol170
ecologicar
mineraz
abril 2017
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
gerado por GADWP 

:: 15/abr/2017 . 14:57

O DEPUTADO PEDRO TAVARES DESEJA UMA FELIZ PÁSCOA A TODOS DE ITAPETINGA E REGIÃO

pedro páscoa

Odebrecht doou para Marina após encontro em hotel

marina

Um hotel perto do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, foi o local do primeiro encontro em 2014 entre Marina Silva (Rede), então presidenciável pelo PSB, e Marcelo Odebrecht, herdeiro e ex-presidente da empreiteira. Quem relata o encontro é Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais da empreiteira. O depoimento integra a delação do executivo à Lava Jato, divulgado na quarta-feira (12). “A partir daí, houve uma conversa de Marcelo com ela, onde foram colocados posicionamento e valores -valores culturais, não monetários-, e estratégias”, diz.

De acordo com a Folha, Alencar contou que, após as conversas, a empreiteira acertou doação de R$ 1,25 milhão à campanha, em recursos declarados à Justiça. “Não teve compromisso [com alguma contrapartida]. Nem Marcelo, nem eu [falamos disso]. Foi muito mais uma conversa de aproximação.” Ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, Alexandrino era responsável por acertar doações a políticos e a campanhas eleitorais. Ele conta que, antes de 2010, a empresa “minimizava” os depósitos declarados para não chamar a atenção para o nome do grupo. Mas também relatou que o fato de a empresa passar a depositar às legendas em doações contabilizadas não acabou com a existência do caixa dois.

Ainda segundo a Folha, em 2014, o executivo teve “atuação bem específica nas doações para as candidaturas da Presidência da República das duas candidatas”, Marina Silva e Dilma Rousseff (PT). Marina não é investigada na Lava Jato. Dilma é alvo de inquérito em primeira instância. :: LEIA MAIS »

O fim da alma mais desonesta – Revista Isto É

ELEI«’ES 2014 / 2∫ TURNO / VOTA«√O DE LUIZ IN¡CIO LULA

Revelações da Odebrecht arrastam Lula para o centro do esquema de corrupção e põem fim ao mito. A condenação em primeira instância, agora, é uma questão de tempo. A pá de cal será o depoimento de Leo Pinheiro, da OAS, ao juiz Sérgio Moro nesta semana. Sob os escombros das delações da Odebrecht, o personagem regente de nossas transformações políticas por quase 40 anos submerge ferido de morte. Luiz Inácio Lula da Silva nunca mais será o mesmo. Talvez, um Silva. Ou um Luiz Inácio. Nunca mais um Lula. Aquele Lula, nunca mais. Acabou. É como o Edson sem o Pelé. Para o petista, as delações dos executivos da Odebrecht foram acachapantes. Restaram claro que a autoproclamada “alma mais honesta”, a quem um dia milhares de brasileiros confiaram a missão de mudar radicalmente a maneira de fazer política no País, se beneficiou pessoalmente dos ilícitos – e estendeu as benesses aos seus familiares. Sem sequer corar a face, o petista abandonou ao léu sua principal bandeira, a da ética – se é que um dia foi verdade.

Os fatos –, e eles são teimosos, deles não há como escapar, – nos conduzem à crença na impostura lulopetista como uma espécie de dogma de ação. Senão vejamos: segundo Marcelo Odebrecht, Lula chegou a registrar um saldo de R$ 40 milhões de reais em sua conta-propina, administrada pelo ex-ministro Antonio Palocci. Desse total, Lula sacou, no mínimo, 30 milhões de reais. Em dinheiro vivo, conforme antecipou ISTOÉ com exclusividade em reportagem de capa de novembro de 2016. Gravíssimo. Como explicar tanto dinheiro na conta ante o povo sofrido do Nordeste? “Nós contra eles”? “Nós” quem, cara pálida? Também teve mesada em espécie para o irmão, o Frei Chico, pixuleco para o sobrinho, Taiguara Rodrigues, e pedido de apoio aos negócios do filho caçula, Luís Cláudio, em troca de azeitar a relação da Odebrecht com o governo de sua pupila, Dilma Rousseff. Sem falar no pagamento de despesas estritamente pessoais, como a reforma do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, a aquisição de imóveis para uso particular e do dinheiro para a instalação do Instituto batizado com o seu nome.

Mulher morre eletrocutada enquanto fazia chapinha no cabelo

Maria Kamylla Santana Silva, tinha 28 anos e era técnica de enfermagem.

Foto: Arquivo Pessoal | Facebook

                                            Foto: Arquivo Pessoal | Facebook

Uma mulher morreu na noite desta quinta-feira (13), em Olinda, Pernambuco, após levar um choque enquanto fazia chapinha no cabelo, com um aparelho que estaria com um fio desencapado. Maria Kamylla Santana Silva, tinha 28 anos e era técnica de enfermagem. O corpo foi encontrado pela mãe da vítima e foi imediatamente levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tabajara, mas já chegou sem vida ao local. Maria Kamylla era casada e deixou dois filhos, um de 10 e um de 14 anos. (VN)

Coreia diz estar pronta para guerra se Trump quiser

1710450

A Coreia do Norte está preparada para lançar ataques preventivos caso os Estados Unidos demonstrem qualquer sinal de agressão, disse nesta sexta-feira (14) o vice-chanceler do país, Han Song Ryol.

“Nós iremos para a guerra se eles escolherem”, disse Han em entrevista à agência de notícias Associated Press, acrescentando que o governo de Donald Trump nos Estados Unidos é “mais perverso e mais agressivo” que os anteriores.

“Trump está sempre fazendo provocações com suas palavras agressivas. Não é a República Popular Democrática da Coreia, mas os Estados Unidos e Trump que causam problemas”, afirmou o vice-chanceler, usando o nome oficial da Coreia do Norte.

Também nesta sexta-feira, o Exército da Coreia do Norte ameaçou “devastar impiedosamente” os Estados Unidos caso o país realize algum ataque. “Nossa ação mais dura contra os Estados Unidos e suas forças vassalas será tomada de forma tão impiedosa que os agressores não sobreviverão.”

A declaração do regime norte-coreano ocorre em meio a tensões crescentes na região. Ao longo da última semana, os Estados Unidos enviaram uma frota da Marinha para a península coreana e Trump afirmou que a Coreia do Norte é “um problema que será resolvido”. Além disso, imagens de satélite revelaramque o país está preparado para conduzir um novo teste nuclear.

Sobre a realização de testes nucleares, Han afirmou que “isso ocorrerá em um momento e local que nosso quartel-general considerar necessário”. O vice-chanceler também disse que a Coreia do Norte continuará desenvolvendo seu arsenal nuclear em “qualidade e quantidade”.

Book-Center-Itapetinga
UNOPA-LATERAL
cardioset
beijo-gelado1
tinao-lateral-blog-do-tarugao
expor-flor3
ótica-Itapuã
banner-12
banner--engenharia
frigosol231
ecologicar
mineraz
sorveteria-pericles
17022028_1650269021949219_7964221707426653921_n
mais acessadas
gerado por GADWP 


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia