Jose-Aldo-Chora

Aldo é consolado por seus amigos de Nova União.

Brasileiro chegou com o rosto coberto aos vestiários e recebeu apoio dos colegas de Nova União, além da esposa Vivianne Oliveira

Como era de se imaginar, o brasileiro José Aldo ficou completamente arrasado após a derrota para Conor McGregor em apenas 13 segundos na luta principal do UFC 194. Após chorar copiosamente no octógono, o brasileiro apareceu ainda mais desolado nos vestiários e foi consolado por seus companheiros de equipe

Conor-Mc

McGregor cumpre ‘profecia’, fatura o cinturão com nocaute em segundos e deixa Aldo chorando

aldo

Dana descarta revanche entre Aldo e McGregor, mas põe outro brasileiro na mira

Aldo-mcGregor

Em vídeo divulgado pelo próprio UFC, que acompanhou os bastidores tanto de Aldo quanto de McGregor nos vestiários em ao vivo, Aldo chega com o rosto coberto por uma camiseta e rapidamente se senta no chão, onde volta a chorar. O primeiro a consolar o amigo é o também lutador Léo Santos, que havia vencido sua luta no mesmo UFC 194 horas antes do revés sofrido pelo ex-campeão.

O técnico Dedé Pederneiras e a esposa do lutador Vivianne Oliveira, que também chora, acompanham o momento, visivelmente nervosos. Ao longo de todo o tempo, é possível perceber os corners e colegas de Aldo repetindo os poucos movimentos realizados durante a luta e que lhe custaram o título dos penas.

Agora, José Aldo tem um cartel profissional de 25 vitórias e duas derrotas. O revés diante de McGregor encerrou um período de invencibilidade de Aldo que já durava uma década.

Assista abaixo aos momentos de Aldo no vestiário após a derrota: