dilma0001Se a manobra do governo federal em Brasília para minimizar a avalanche que pode terminar com um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) tem surtido efeito, na Bahia, entre os eleitores, a medida também teve seus reflexos. Em um estudo feito pelo instituto Paraná Pesquisas, 68% dos baianos são favoráveis ao impedimento da presidente, 0,3% a menos do que foi registrado em julho.

Segundo publicação da coluna Satélite, do jornal Correio, outros 23,7% são contrários ao impeachment da petista.

O levantamento foi feito entre os dias 9 e 14 desse mês de outubro.